4 maneiras inteligentes para uma empresa usar as mídias sociais em 2016

4 maneiras inteligentes para uma empresa usar as mídias sociais em 2016

Compartilhar

De um lado do ringue você tem pessoas que dizem: Se você tem 100.000 fãs, você passa a ser considerado uma autoridade, pois esse número impressiona qualquer um e sua empresa com toda certeza irá vender muito mais.

D outro lado temos pessoas que dizem, fãs não querem dizer nada, o que vale é dinheiro na conta, vendas sendo realizadas.

E então? Qual será o resultado final dessa luta?

Nesse artigo você irá ver o MEIO termo entre a popularidade nas mídias sociais e os resultados em vendas.

Hoje você irá aprender 4 maneiras inteligentes de usar as mídias sociais para aumentar as vendas de uma empresa em 2016.

Vamos começar pelo começo?


Você lembra do conceito de Redes Sociais?

A primeira informação que você precisa ter para conseguir criar um plano estratégico através das mídias sociais consiste em parar para entender o conceito do termo “Redes Sociais”.

Hoje é comum as pessoas falarem: “Estamos vivendo na era das redes sociais”.

Mas a verdade é que uma Rede Social sempre existiu, desde o início da humanidade, quando as pessoas se reuniam em volta de uma fogueira para conversar, interagir. (Não sei quais os assuntos da época) mas o fato é que nós somos seres sociais, vivemos em comunidade e sempre foi assim.

Uma rede social consiste em um grupo de pessoas com interesses em comum, interagindo em comunidade.

As pessoas que estão na sua sala na faculdade, fazem parte daquela rede social. Seus amigos da igreja, trabalho, representam outro exemplo de rede social.

Entenda rede social como uma tribo.

Antes da internet, os grupos já se formavam e se agrupavam com base em seus interesses, ou seja, isso não é algo que surgiu através da internet, apenas foi potencializado.

O movimento das Mídias Sociais 

Com a chegada da internet, esses grupos passaram a se expandir e se organizarem de maneira muito mais intensa. Além disso, os participantes dessas redes passaram a compartilhar conteúdo e é nesse cenário que começamos a usar o termo Mídias Sociais.

Basicamente é o movimento onde cada indivíduo passa a se tornar um canal de Mídia sem precedentes. Hoje o que uma pessoa posta no Twitter vira notícia.

Você já deve ter visto isso várias vezes. O vídeo que uma pessoa publica no Youtube, tem o mesmo impacto de uma notícia que passa no jornal em uma TV aberta.

Chegamos então na fase do indivíduo se transformando em uma Mídia, logo, temos as Mídias Sociais.

Acompanhou até aqui?

Então vamos falar sobre Business.

As empresas se tornando mídias sociais

Até alguns anos atrás, uma empresa se limitava simplesmente em fazer propaganda de seus produtos.

“Compre meu produto, porque ele é bom e você vai adorar”.

Não tinha segredo, as empresas precisavam fazer anúncios no rádio, TV, jornal, panfletos e uma série de outras coisas que até hoje continuam acontecendo.

MAS, com o BOOM da internet e esse comportamento dos indivíduos se transformando em canais de mídias, surgiu uma tremenda oportunidade para as empresas.

Se você é um leitor atento, já deve ter entendido qual é essa oportunidade.

As empresas agora podem se transformar em um canal de MÍDIA, ou seja, os donos de negócios tem a oportunidade de através da internet criar redes sociais, que significa atrair pessoas com interesses em comum e informar essas pessoas.

Hoje uma empresa ao invés de simplesmente fazer propaganda, existe a oportunidade de se tornarem um canal de mídia para o seu público.

Imagine uma empresa que vende cursos de inglês, existe a oportunidade que ela se transforme em um portal de notícias sobre o Inglês.

Entregar conteúdo relevante, maneiras inteligentes de estudar inglês, exercícios, atividades e uma série de outros conteúdos especializados no ensino do inglês.

É como se existisse a Globo.com do Inglês. Imagine que o cliente dessa empresa começa a entender que quando ele precisa de informações relevantes sobre inglês, ele sabe aonde tem que ir.

Hoje quando você quer saber alguma notícia sobre determinado tema, existem blogs de nicho ou portais de notícias que automaticamente você procura.

Resumindo: Hoje as empresas em todo o mundo tem a incrível oportunidade de se enxergarem como canais de mídia através da internet.

Como todo canal de mídia, você é capaz de atrair uma audiência específica. Bom, é aqui que você irá fazer negócios.

Como dono desse canal de mídia, quais os produtos você irá promover? Exatamente, os seus produtos.

Em outras palavras, você está criando um “canal de tv” para sua empresa anunciar, porém, esse canal é criado na internet. 🙂

Agora que você entendeu o conceito principal, vamos as 4 maneiras que uma empresa pode usar as mídias sociais de maneira inteligente.


Maneira número 01: Criando uma comunidade 

Quando uma empresa coloca uma página no Facebook ou um canal no Youtube no ar, o objetivo não deve ser de simplesmente acumular a maior quantidade de fãs ou assinantes possíveis.

O objetivo número deve ser o de criar uma comunidade, ou seja, uma Rede Social com indivíduos com interesses e metas semelhantes.

Como você é o dono dessa nova comunidade, naturalmente você assumirá a posição de líder desse grupo.

Os grupos sociais se fortalecem através dos chamados laços sociais, que são fortalecidos por algo muito simples que é a recorrência.

Imagine o programa da Ana Maria braga, por exemplo, todos os dias no mesmo horário, há vários anos, ela está lá, conversando com sua comunidade.

Imagine uma pessoa que durante 2 anos, assiste todos os dias o programa da Ana Maria Braga, será que ela passa a admirar a apresentadora?

Será que ela se sente parte daquela comunidade? Do programa em si? É claro que sim.

Quando a Ana Maria Braga indica algum produto, será que o público fiel irá acreditar em sua recomendação? SIM!

A boa notícia é que você não precisa saber cozinhar, muito menos, ter um programa matinal na TV GLOBO para construir sua comunidade.

Basta você ter uma página no Facebook, Canal no Youtube, ou uma conta em qualquer mídia social.

Porém, se você está sério em criar uma comunidade, você precisa ter CONSISTÊNCIA na sua aparição e produção de conteúdo.

Não dá para criar comunidade publicando 1 vez por mês. Esquece.


Maneira número 02: Gerando Engajamento diário 

As mídias sociais mudaram completamente a maneira como acontece o jornalismo no mundo, mas nos EUA, esse impacto aconteceu de uma maneira ainda mais forte.

Basta você assistir qualquer noticiário para você ver que a todo instante o Twitter do apresentador aparece em destaque.

Os jornalistas americanos são seguidos por milhões de pessoas em suas contas no Twitter e a maioria continua atuando como jornalista entregando notícias e opiniões sobre os temas mais importantes do momento.

Aqui no Brasil você não vê isso acontecendo nos noticiários e se você seguir o Bonner, verá ele falando de sua vida pessoal na maior parte do tempo.

Mas eu acredito que essa tendência ainda chegará forte no Brasil.

Porém, algo que você precisa entender é que as pessoas gostam, AMAM, expressar suas opiniões.

A maioria dos temas mais comentados no Twitter e Facebook, por exemplo, na grande maioria das vezes são assuntos que estão sendo transmitidos na TV aberta, como foi o caso recente do Oscar e a Glória Pires.

Se você quer que sua comunidade se torne ATIVA, permita e estimule o engajamento diário.

Deixe que as pessoas participem da conversa, é isso que elas querem.

Vários programas de TV já deixam os comentários feitos através do Twitter aparecendo no rodapé em tempo real. Esse é um comportamento que nunca mais irá mudar.

A internet deu voz para o público e eles querem falar e compartilhar suas opiniões e sentimentos.

Diariamente permita que seu público comente suas publicações, peça que as pessoas falem, perguntem, respondam.


Maneira número 03: Colete Feedbacks sobre seu produto/serviço

Um dos grandes benefícios da construção de uma comunidade para sua empresa está na formação dos “Advogados da marca”.

É muito comum eles entrarem em ação quando algum cliente insatisfeito deixa alguma reclamação ou comentário negativo.

Falando sobre comentários negativos, eles sempre irão aparecer, então relaxa.

Porém, uma das coisas mais importantes sobre as mídias sociais que poucas empresas prestam atenção nisso, está exatamente na mensuração do sentimento do público, ou seja, o que está na mente e no coração das pessoas?

Qual o sentimento delas com relação ao seu produto/serviço ou até mesmo as dificuldades que eles estão enfrentando.

A verdade é que a grande maioria das pessoas tratam as mídias sociais como um livro aberto. Elas simplesmente contam tudo, abertamente.

Se estão tristes com algo ou alegres, as informações serão compartilhadas.

Toda empresa deveria ter na sua equipe alguém dedicado em monitorar o comportamento do seu público nas mídias sociais, eu não estou falando de simplesmente monitorar menções de marca ou algo do tipo.

Estou falando para acompanhar abertamente o que as pessoas estão compartilhando sobre seus problemas de maneira específica.

Por exemplo, quando nós criamos o nosso programa de Formação Expert em Vendas Online, ele surgiu como uma solução para o que eu chamo de Ciclo da Falência, que consiste basicamente no ciclo onde as pessoas ficam comprando vários e vários cursos e mesmo assim, não conseguem ter bons resultados.

Por um longo período, monitoramos grupos no Facebook, postagens no Twitter, comentários em anúncios e conteúdos publicados em blogs.

A coleta desses dados nos permitiu traçar um sentimento de frustração e incredulidade acerca de algumas áreas do marketing digital.

Outro sentimento que identificamos foi o desconforto que as pessoas tinham com a maneira com que muitos conteúdos eram compartilhados.

Comentários recorrentes como: “Enrola muito, fala logo o que precisa ser feito” entre outros.

Isso nos deu um sinal que as pessoas tinham pressa em receber a informação, elas queriam saber como resolver seus problemas e não estavam confortáveis em esperar muito tempo para descobrir algo.

Essa descoberta feita através das mídias sociais, nos ajudou a iniciar uma série de processos que buscam não somente gerar vendas diárias, mas reduzir o tempo de compra.

Foi nesse momento que descobrimos que quanto mais intenso fosse o contato com o público, mais rápido a venda aconteceria.

Se você quer usar as mídias sociais de maneira inteligente, colete feedbacks diariamente.

Está gostando do conteúdo?

membro-vip-3


Maneira número 04: Fale sobre Problemas e Soluções 

Ok. Agora que você aprendeu como:

01 – Criar uma comunidade
02 – Engajar essa comunidade
03 – Coletar feedback e conhecer o público

Chegou o momento de VENDER MUITO e com muito mais facilidade.

Se você fizer os 3 passos anteriores, o seu público no mínimo já se sente parte de uma comunidade, está engajado com sua empresa/marca/nome, admira você, confia em você e sabe que você é um canal de ajuda para o seu problema.

Se você criar uma comunidade engajada para um tópico que você não tem nada para vender, você não irá vender nada.

Conheço muitas empresas que por não obedecerem essa regra, estão acumulando fãs, assinantes que nunca, jamais irão comprar seu produto/serviço.

A razão é simples, eles estão falando sobre outros assuntos que não tem relação com o problema que eles ajudam a resolver.

Imagine que eu criasse um blog falando sobre como aprender espanhol, começo a dar dicas, entregar um excelente conteúdo, gravo vídeos, áudios e começo a atrair milhares de pessoas.

E então eu chego para essas pessoas e falo: “Gente, vocês que estão comigo aprendendo espanhol, tenho uma novidade para vocês. Vou lançar um curso de marketing digital, ensinando como aumentar as suas vendas através da internet”.

Percebe a LOUCURA?

Pois é. Tem muita gente fazendo isso.

Falando sobre assuntos aleatórios que chamam atenção das pessoas, mas que NUNCA, JAMAIS, NEVER, irá gerar vendas para sua empresa.

Por que? Porque não tem relação com o problema que eles ajudam a resolver.

Você precisa falar sobre a solução para um problema que você ajuda a resolver, simples assim. Faça isso e você verá o poder das mídias sociais para o seu negócio.


Conclusão: 

As mídias sociais são uma poderosa ferramenta para aumentar as vendas de qualquer empresa, desde que seja utilizada de maneira inteligente.

Coloque isso em prática: 

01 – Crie uma comunidade
02 – Engaje com essa comunidade
03 – Colete feedbacks
04 – Fale sobre problemas que sua empresa resolve

Simples assim.

O primeiro passo para você começar a construir uma comunidade nas mídias sociais consiste em criar uma linha editorial, esse treinamento já está disponível no nosso Portal de Membros VIP.

Além desse treinamento, mais de 30 outros planos de ação para você implementar no seu negócio ou para os seus clientes.

Deixe o seu comentário aqui abaixo e participe ativamente dessa conversa.

Grande abraço!

membro-vip-3