5 Razões para ficar preocupado com o Marketing Digital em 2018

Particularmente não gosto de fazer previsões ruins ou ser pessimista com relação ao futuro do marketing digital no Brasil e no mundo. Esse artigo não tem como propósito trazer “Más notícias” ou criar algum tipo de de sensacionalismo.

O meu único objetivo é apresentar alguns pontos chaves que você precisa se pré-ocupar em 2018 e colocar um esforço maior em cuidar de cada um desses pontos o mais rápido possível.

Há mais de 7 anos eu trabalho diretamente com marketing digital e a cada ano vejo de perto os bastidores de todas as mudanças, porém, nada se compara ao volume de desafios que 2018 irá trazer para todos nós que trabalhamos nesse mercado tão repleto de oportunidades mas ao mesmo tempo tão desafiador.

Confesso que por muitas vezes eu passo dias e noites conversando com profissionais do mercado, acompanhando discussões fora do Brasil, lendo pesquisas, acompanhando diversos bastidores, sempre com o mesmo objetivo “tentar prever o futuro”.

Não falo de tentar identificar tendências ou novidades, mas me proteger o máximo possível de perder de vista as grandes regras “80/20” do mundo digital.  Existem áreas específicas capazes de gerar grandes impactos nos nossos negócio, são esses pontos cruciais que precisamos ficar atentos.

Felizmente, existe muita coisa que podemos ignorar sem grandes riscos, no entanto, existem alguns pontos que precisamos ficar muito, muito atentos.

São esses 5 pontos que quero conversar com você hoje.

01: O Facebook está com “Sangue nos Olhos” para proteger sua reputação 

Muitas pessoas estão completamente alheias ao que está acontecendo nos bastidores do Facebook, principalmente quando o assunto é a intensa discussão sobre a capacidade da equipe de Mark Zuckberg de vencer as “Fakes News”

As investigações sobre a influência das “Fake News” com conteúdos políticos que foram promovidos através da plataforma Facebook Ads na última eleição americana foi um duro golpe na reputação do Facebook.

A mídia americana tem apresentado exaustivamente os dados relacionados as atividades feitas a partir da Russia. A discussão é se as ações geradas a partir da Russica, alcançaram êxito no  objetivo de causar algum tipo de impacto na opinião pública através de notícias falsas sendo promovidas com verbas bastante significativas.

Algumas materias falam de $100.000 em investimento (

Fake Russian Facebook Accounts Bought $100,000 in Political Ads

Matéria no NY Times (https://www.nytimes.com/2017/09/06/technology/facebook-russian-political-ads.html

A cada notícia o Facebook fica mais “frágil” na sua capacidade de vencer a invação das Fake News, mensagens ódio, etc.

Os números mostram que o impacto das postagens no Facebook foram extremamente elevados e é exatamente nesse ponto que o Facebook não está conseguindo provar que os seus algoritmos sejam realmente capazes de combater as Fake News com verdadeira eficiência.

Qual o impacto disso tudo na Publicidade Online?

Hoje o Facebook ao lado do Google ainda fica com boa parte da verba investida em publicidade online ao redor do mundo. Boa parte desse investimento que o Google e o Facebook recebem vem de grandes empresas.

Apesar das pequenas e médias empresas investirem no Facebook e Google, não se compara ao montante do investimento publicitário das grandes companhias. E é exatamente aqui que as coisas começam a ficar mais sérias.

Assim como aconteceu no caso do Youtube, quando algumas empresas decidiram “boicotar” a plataforma de vídeos do Google, porque suas marcas apareçam em anúncios em vídeos que promoviam ódio.

O Facebook provavelmente foi alertado pelas grandes empresas que essa situação precisa ser resolvida em definitivo. Pense um pouco sobre isso.

O Facebook a cada dia está mais poluído com nóticias falsas, vídeos sensacionalistas, títulos sensacionalistas e várias coisas do tipo. Além disso impactar negativamente na qualidade da experiência dos usários, isso prejudica a qualidade e o resultado dos anunciantes.

Por que deixar seu anúncio ao lado de notícias falsas? 

É nesse cenário que o Facebook seguindo o exemplo do Youtube, começa a dificultar e a aumentar suas Diretrizes de qualidade não somente de conteúdo mas também de publicidade. Isso aumenta a exigência do Facebook para os tipos de anúncios que são publicados na rede social.

Em outras palavras, o que o Facebook já estava bastante exigente, em 2018 será ainda mais. Por essa razão que muitas contas estão sendo bloqueadas ao longo dos últimos meses. Qualquer pequeno indício que possa gerar algum tipo de desconfiança do Facebook será motivo para bloqueio.

Infelizmente, ainda é grande o número de empresas que simplesmente NÃO TEM nenhuma presença online. Apenas tem uma página de vendas e compram tráfego direto para essas páginas de vendas.

O fato de sua empresa não ter um blog, conteúdos publicados, publicações orgânicas na página ou uma verdadeira atuação nas mídias, pode representar um risco para sua conta de anúncios.

Se você simplesmente compra tráfego direto para uma página de vendas, muito cuidado com os seus anúncios e com suas promessas, a rigidez do Facebook será cada vez maior, afinal, ele depende disso para manter seu faturamento.

02: O Facebook já não tem mais como aumentar seu porftólio de anúncios. Você vai pagar mais caro se não fizer algo diferente.

Continuando no Facebook.

O Facebook não tem muito o que fazer quando o assunto é aumentar as possibilidades de anúncios na plataforma. Uma das GRANDES apostas para 2018 será a possibilidade de publicidade no Messenger e variações desse tipo.

Sem dúvida os ChatBots são uma ótima ferramenta para criar um novo ponto de conversão com o público e criar novas possibilidades de interação entre as empresas e os clientes, mas muita calma nessa hora.

Particularmente eu não acredito que o Messenger tem potencial para subsitituir o Email Marketing. Mesmo que você use o argumento que a taxa de abertura e cliques sejam altamente superiores, ainda é muito cedo para qualquer comemoração.

Há alguns anos anunciar no Facebook era algo extremamente lucrativo, algo acima de qualquer média normal que um dia o Google Adwords foi capaz de gerar. Apesar do Facebook ainda ter o melhor custo-benefício da atualidade, a realidade é bem diferente.

Esse é um processo natural. Quanto mais popular, mais anunciantes, mais concorrência menor o resultado.

O Facebook está longe de se tornar uma fonte de tráfego saturada, não importa qual seja o seu nicho, no entanto, em 2018 você vai precisar MUDAR a forma de anunciar no Facebook.

Se você tentar continuar com as mesmas mensagens, o mesmo formato que todos estão usando exaustivamente, você verá todos os seus números serem prejudicados.

Custo por clique, custo por lead, custo por venda.

Particularmente eu não recomendo que você saia desesperado começando a investir em outras mídias sem um verdadeiro plano estratégico, calma, relaxa um pouco. rs

Algumas pessoas estão indo para todas as possíveis outras mídias sem de fato entender os princípios de uma PUBLICIDADE que funciona. Mas isso é um assunto para outro post.

O fato é que está todo mundo procurando novas fontes de tráfego para 2018. Eu também estou nessa pesquisa e recomendo que você comece a se mexer, PORÉM, antes de qualquer decisão, é preciso que você pense em uma NOVA MANEIRA de investir em publicidade usando o Facebook.

Isso poderá te dar mais alguns anos de bons resultados.

Os usuários estão mais ativos, mas eles NÃO QUEREM ver os nossos anúncios

Verdade seja dita. NINGUÉM GOSTA DE PUBLICIDADE.

Você está aqui navegando de boa, assistindo um vídeo no Youtube, de repente vem aquele anúncio. Você está aqui fazendo uma pesquisa no Google e aquele mundo de anúncios.

Olhando alguns Stories no Instagram e lá está, mais anúncios. A maior briga de todas as mídias sociais é encontrar um equilibrio entre a experiência dos usuários X venda de espaço publicitários.

O Facebbok tem tentando continuar fiel a esse princípio básico, apesar da pressão enorme dos anunciantes. rs

Os portais de notícias já “chutaram o balde” há muito tempo, muitos por questão de sobrevivência. O Facebook levou a verba publicitária de muitos blogs e portais de notícias. Isso obrigou eles a partirem para um “próximo nível” da publicidade com banners, pop-ups, exit-page e o que mais você conseguir imaginar.

Talvez você não saiba disso, mas ao contrário do modelo de anúncios do Google Adwords e Facebook Ads (Custo Por Clique) a grande maioria dos portais de notícias vendem campanhas cobrando pelo chamado CPM (Custo por Mil impressões), em outras palavras, você paga para APARECER.

Eles trabalham na ideia da sua marca ser vista pelos leitores, etc, etc…

Agora imagine que você comprou 10.000 impressões.  Você não faz ideia de como essas impressões serão geradas, APESAR de você escolher exatamente os locais e formatos.

Talvez algum conteúdo viralizou e você está lá aparecendo com o seu banner, mesmo que ninguém esteja realmente prestando atenção em você. rs

Esse é o modelo de publicidade dos banners. Alguns são mais agressivos e vão na linha do pop-up, altamente invasivo também e irritante, enfim, a coisa não tá fácil.

Dá uma olhada nesse print acima, conta quantos anúncios você consegue encontrar no “meio do conteúdo”.  Eu confesso que essa é uma situação engraçada para mim, um homem da publicidade e das vendas, no meio de uma discussão sobre o equilibrio entre a publicidade e a experiência do usuário. rsrs

Sejamos honestos mais uma vez, PUBLICIDADE é CHATA? Demais.

Porém, existe um EQUILIBRIO e uma maneira mais inteligente de gastar dinheiro promovendo seu produto ou serviço. Felizmente a maioria dos profissionais de marketing fazem de uma maneira pouco eficiente, digo felizmente porquê fica mais fácil fazer algo diferente.

Mas honestamente, isso me deixa preocupado e eu quero compartilhar isso com você. A maioria das pessoas estão fazendo publicidade de uma maneira “automática” sem pensar, refletir ou realmente se esforçar para criar algo BEM FEITO.

Infelizmente, eu não tenho boas expectativas que em 2018 será diferente, por isso precisamos ficar preocupados.

As pessoas estão DESISTINDO de ler CONTEÚDO Online e isso nos leva para a preocupação número 03.

03 – Seu Conteúdo Pode Ser De Qualidade. Mas Sem Dinheiro Ele Vai Continuar Escondido e Perdendo para o Big Brother Brasil 

Você pode ler 10.000 tutoriais de “Como conseguir mais engajamento orgânico, mais visitantes ou qualquer outra coisa do tipo”. Dificilmente você conseguirá superar o seu concorrente que está colocando dezenas de milhares de reais por mês em publicidade.

Não importa o quão maravilhoso seja o seu conteúdo, se o seu concorrente colocar dinheiro para promover, ele terá mais visitas, comentários, compartilhamentos que o seu.

Eu sei que eu estou sendo bastante exagerado em alguns aspectos, mas invariavelmente isso é uma verdade.

Eu sou um fiel defensor do conteúdo de qualidade, comecei minha carreira no marketing digital como especialista em SEO, continuo estudando bravamente todas as mudanças dos algoritmos mas a verdade precisa ser dita, NÃO DÁ para depender somente do tráfego orgânico.

Sim, é CRUCIAL que sua empresa também tenha esse olhar para o orgânico, isso sempre será uma verdade, mas o ponto é que no curto prazo não existe nada mais rápido e poderoso que a PUBLICIDADE PAGA.

Você vai lá, coloca dinheiro e como mágica as visitas começam a acontecer.

“O meu conteúdo é muito melhor do que tem pela internet”

Você provavelmente está com 100% de razão, mas não adianta ter um ÓTIMO conteúdo se as pessoas não estão encontrando ele. Para cada pessoa que pesquisa no Google por um termo ou outro, existem centenas de outras pessoas que estão no Facebook e simplesmente o conteúdo aparece na sua frente PATROCINADO.

Então não adianta reclamar que o seu conteúdo é melhor do que o seu concorrente se ele está colocando mais dinheiro para promover a mensagem dele, o produto, o conteúdo, vídeo, imã digital, o que seja.

Você PRECISA de uma estratégia de aquisição de clientes e uma maneira de investir em publicidade com LUCRO, caso contrário, seu conteúdo ficará abandonado em alguma página qualquer.

Mas o que o BIG BROTHER tem com isso?

Então vamos lá. Como se não bastasse o seu concorrente promovendo o conteúdo dele, criando várias peças de conteúdo e deixando você comendo poeira, ainda tem todo o conteúdo inútil amplamente compartilhado nas mídias sociais semanalmente.

TODA semana tem “treta” nova, novas polêmicas e discussões (em sua grande maioria não tão produtivas assim”. Tudo isso disputando o feed de notícias do seu cliente. O seu conteúdo maravilhoso e altamente relevante, acaba de ser publicado na sua página, mas ao mesmo tempo vários outros vídeos inúteis estão “bombando” na timeline.

Basta olhar no Google Trends 2017e você irá entender como o Brasileiro tem distrações online. Isso acontece no mundo todo mas parece que nós brasileiros somos mais curiosos. rs.

A verdade é que sua estratégia de produção de conteúdo, seu investimento em câmera, estúdio, roteiro, telepromt, tudo isso não vai adiantar muita coisa, SEM uma estratégia bem feita para transformar anúncio em vendas.

Graças ao meu conhecimento em SEO eu criei um Funil Orgânico com o Youtube, com ele eu consigo transformar algumas poucas centenas de views em um lucro limpo para nossa empresa. MAS isso representa menos de 15% das nossas vendas.

O verdadeiro DINHEIRO vem dos nossos anúncios e principalmente construção de LISTA DE EMAILS. Sem minha lista de emails, minhas vendas sem dúvida iriam cair em 90%.

A cada email que eu envio, eu consigo ter quase que “certeza absoluta” que as vendas irão começar a acontecer alguns minutos depois. Mas se você depender apenas do seu conteúdo gratuito para ganhar dinheiro, em 2018 as coisas não serão fáceis para você.

04 – O Whastapp, ManyChat ou os Bots podem te fazer perder muito dinheiro em 2018

Eu não sei se você já colocou uma LUZ brilhante na frente de um Gato. Ele irá acompanhar essa luz quase que cegamente, se você mover a luz para a esquerda, o gato vai para a esquerda, se você mover a luz para a direita, lá vai o gatinho para a direita.

Sabe o que dificilmente o gato irá fazer?

Olhar para você, andar em sua direção e tomar a lanterna de você. Se bem que tem gato que faz cada coisa. rs.

Mas você entendeu o meu ponto. Infelizmente, as “NOVIDADES” DO MUNDO digital faz com que muitos empresários fiquem como gatinhos bobos, olhando para o lado e para o outro, distraidos, perdidos e sem foco no que realmente importa.

Eu não posso falar que o Zap zap, Bots e todas essas novidades que surgiram nos últimos anos não funcionem, seria infantil da minha parte e nada coerente, afinal, eu uso todos esses recursos.

O ponto chave aqui é que algumas empresas acham que o Bot vai “salvar” sua empresa, quando na verdade é apenas mais uma ferramenta para potencializar uma estratégia de vendas que sua empresa tem.

É delicado ver alguns empresários que ficam pulando de galho em galho, ferramenta em ferramenta, como se isso fosse o mais importante.

Existem inúmeras ferramentas chegando no mercado em 2018, principalmente na área de coleta e leitura de dados, se você acompanhar as Startups que estão recebendo grandes investimentos, muitas delas estão na área da tecnologia, intenligência artificial, Big Data, tudo o que facilmente chama nossa atenção, concorda?

Em 2018 você precisa se concentrar nos BÁSICOS primeiros.

Como está o POSICIONAMENTO da sua empresa?
Como está sua OFERTA?
Qual sua estratégia de aquisição de clientes?
Qual sua abordagem de vendas?
Quais seus PROCESSOS?

Enfim, são muitos tópicos básicos que precisam ser trabalhados ANTES de começar a ficar apaixonado por novas ferramentas.

05 – Não fazemos IDEIA do que pode acontecer em 2018. Além disso, você deveria ficar “quieto” em alguns casos. 

Particularmente não gosto de ficar procurando previsões para os anos futuros. Por muitos anos eu fui convidado por revistas, sites e programas de rádio para falar sobre “previsões para o próximo ano”.

Eu nunca acertei nada. Todas as previsões vão falar do óbvio, aquilo que já estamos vendo se aproximando mas a verdade é que NUNCA teremos certeza do que pode acontecer.

Nada é 100% certo, você precisa testar e ver o que aconteceu.

Vou te dar um exemplo PRÁTICO.

Nós decidimos fazer uma mudança no layout do BLOG, algo mais moderno, etc, etc, etc…

Bom, vamos aos números.

Com a mudança do layout a taxa de rejeição do site aumentou em 172,13%. Um DESASTRE total.

Mas, brasileiro não desiste nunca. Continuamos tentando fazer algumas melhorias e novos “testes”.

A taxa de rejeição significa que o usuário não continou navegando no blog, a mesma página que ele entrou ele saiu.

Como consequência disso, a quantidade de páginas visitas começou a diminuir também. Isso começou um efeito em cascata que também impactou alguns conteúdos posicionados e agora começou a impactar no volume de visitantes.

Saldo final. Conseguimos aumentar um pouco o tempo  médio na página mas derrubamos todas as outras métricas. Resultado DESASTROSO.

Mesmo o tempo médio precisa “avaliar a precisão”, pois como temos algumas páginas de campanha com muitos acessos no meio do bog que são páginas de captura, isso impacta todos os números.

Por exemplo: http://marketingcomdigital.com.br/entrevista-expert-em-vendas-online/

Como está na mesma conta do analytics, essas páginas de cadastro acabam derrubando o tempo médio. Quando eu quero ter os números reais eu analiso por grupo de artigos para saber o real tempo médio de leitura.

Enfim, o resultado foi péssimo. Em outras palavras, era melhor ter ficado QUIETO.

Outro ponto a destacar é que aqui estamos falando basicamente de estratégias para tráfego orgânico, por isso “arriscamos” tanto nas mudanças.

Boa parte do nosso tráfego acontece na variação marketingcomdigital.com.br/LP que  são nossas campanhas de tráfego pago.

Ex: http://marketingcomdigital.com.br/lp/precificacao-consultoria/

Então são métricas completamente diferentes. Orgânico X Pago. Fica a dica.

Bem que a Iaponira me avisou. rs

Talvez você não saiba disso, mas a minha esposa Iaponira Oliveira, é nosso gestora de conteúdo. Ela não concordou com o meu teste, mas eu quis fazer assim mesmo, afinal, era uma “tendência” lá fora.

Pois é. As vezes é melhor ficar quieto.

CALMA! 2018 será um ÓTIMO ano. Mas você precisa cuidar da sua DEFESA

Esses são alguns dos pontos que eu recomendo uma preparação maior no ano de 2018, como diz no livro a arte da guerra: “A invencibilidade está na defesa”

Quanto mais PROTEGIDA e SEGURA sua empresa, melhor. 

Algumas recomendações para 2018.

“Informação é crucial. Nunca vá para a batalha sem saber o que pode estar contra você.”

“A vitória está reservada àqueles que estão dispostos a pagar o preço.”

“A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar.”

“Guerreiros vitoriosos vencem primeiro e, em seguida, vão para a guerra, enquanto guerreiros derrotados vão à guerra em primeiro lugar para depois buscarem a vitória.”

Por isso eu decidi escrever esse artigo. Não quis falar sobre tendências, novidades ou coisas do tipo, meu objetivo foi apresentar áreas de ATENÇÃO para você proteger o seu negócio, suas vendas, seu faturamento e o seu lucro. 🙂

Espero que você tenha curtido.
Compartilhe esse material com os seus amigos empresários/empreendedores.

Se você quer fazer parte de um GRUPO avançado de empresários que serão acompanhados em 2018 pessoalmente por mim e orientados na proteção de suas empresas, você precisa conhecer a Sala da Mente Mestre.

Minha grande recomendação é que você se PLANEJE em 2018 para CRESCER, levar sua empresa para o próximo nível mas faça isso com SEGURANÇA, cuidando das áreas que precisam de sua MÁXIMA atenção.

Um ótimo ano e Vamos em Frente!

Natanael Oliveira
Natanael Oliveira é publicitário, Criador do Programa de Formação Expert em Vendas Online, Co - fundador do portal Marketing Com Digital Cursos e autor do livro Seja o Empresário da Sua Ideia.

Comentários

  1. Natanael obrigada por nos alertar acerca do cenário que já estamos vivendo. Sinto -me privilegiada por fazer parte do seu grupo.

    Responder

  2. Você realmente acha que esse post tem algo verdadeiro?
    Bom… eu acho..
    Na verdade é uma das verdades mais claras sobre o que está acontecendo na nossa Atualidade no Mercado Digital.

    Temos que cada vez estar mais inteligentes em nossa forma de trabalhar.

    Vemos 2 linhas de empreendedores surgindo nesse momento.

    a 1 linha são os que vão “dar um jeitinho”…
    Vejo isso constantemente..
    Formas de burlar o face, formas de ter várias e várias e várias contas de anúncios no nome do pai, da tia, da prima, ou as vezes até contas compradas…

    E o outro tipo é o tipo que está hoje tentando entender o que está acontecendo na verdade com o Facebook, com o mundo digital num todo, e vai se adaptar…

    Creio que quem se adaptar andando pela linha certa, vai ter um caminho mais duradouro, mas além disso, creio que esses irão ter MENOS DOR DE CABEÇA..
    e mais paz…

    O segundo ponto a ressaltar, é que realmente as pessoas estão cegas com as novas estratégias..

    E por experiência própria posso te dizer, VÁ NA ESSÊNCIA DA COISA…

    3 anos atrás quando comecei a me aventurar no mkt digital..
    O que funcionava e o que ensinavam a fazer, era tão básico..
    o próprio conceito do tripwire, que ninguém… NINGUÉMM queria fazer..

    Eu fui um deles..

    3 anos se passaram, várias ferramentas lançadas, várias dores de cabeça, várias superações, mas no final de 3 anos hoje.. e SÓ HOJE, descobrimos que técnicas ensinadas lá atrás, hoje estão dando um resultado absurdo de forma segura..

    Mas antes nunca demos ouvidos… nunca aplicamos..

    É muito importante SAIR DA CAIXINHA DO MARKETING DIGITAL e entender que tudo se trata do basicão la que sempre ouvimos falar…

    Marketing
    Vendas
    Conceito
    Empresa
    Valor

    Então se posso contribuir com algo aqui é dizer:
    Não pensem como empresários digitais, pensem como empresários..
    O básico funciona, o resto é upgrade..
    Mas sua base tem que estar firme na rocha..
    E leiam a central de ajuda do facebook rsrs

    Valeu Galera.. Vamos em frente

    Responder

  3. Quando comecei no marketing digital em 2009 tudo era novo, e muitos erros e amadorismo eram permitidos, de lá pra cá eu vi o mercado amadurecendo e a nova realidade separando os homens dos meninos ou os que realmente tem um negócio online dos que tem um “site” na internet. E eu agradeço ao Natanael por me ajudar a construir um negócio de verdade. Em meio às “previsões” para 2018 podem passar despercebidos coisas como: aquisição, monetização, posicionamento, copy e oferta só pra começar a falar e se você não sabe exatamente o que é isso, esse é o meu desejo para que 2018 seja o melhor ano da sua vida. Transforme seu negócio online em um negócio de verdade e tenha um feliz 2018.

    Responder

  4. Eu realmente espero que ano de 2018 seja ótimo para quem trabalha com Marketing Digital Natanael, mas temos que ficar muito atentos com certeza. Esse ano que está acabando deixei de planejar muitas coisas e acabei não saindo do lugar e agora se quiser decolar em 2018 preciso de um planejamento logo no início do ano.

    Responder

    1. Ronaldo planejar é muito importante… Aqui na Marketing com Lucro o planejamento para 2018 começou a ser desenvolvido no comecinho de novembro de 2017 e ficou pronto no dia 23.

      Nosso planejamento ficou tão minucioso e realista, que desenvolvi um conteúdo sobre como fazer um planejamento estratégico passo a passo…

      Você pode acessar ele neste link: marketingcomlucro.com/blog/como-fazer-planejamento-estrategico-passo-passo/

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *