Como transformar conteúdo em faturamento

Não tem como discutir. O conteúdo é o que move a internet. Se você quer vender usando a internet você precisa de conteúdo.

Conteúdo te ajuda a gerar mais visitantes, mais leads e  mais vendas.

Porém, existem conteúdos que geram visitantes qualificados, leads qualificados e faturamento de verdade.
Continue lendo

Natanael Oliveira
Natanael Oliveira é publicitário, Criador do Programa de Formação Expert em Vendas Online, Co – fundador do portal Marketing Com Digital Cursos e autor do livro Seja o Empresário da Sua Ideia.

Mistério resolvido: Quantos artigos você deve publicar no seu blog e qual o tamanho ideal

Existe algo que eu, você e todo ser humano que acessa qualquer meio de comunicação faz todos os dias: seleciona informação.

Nunca se teve tanto acesso a informação como temos hoje, porque estamos tão conectados ao mundo que as vezes essa enxurrada de conteúdo dói, e nós não gostamos de sofrer.

Continue lendo

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

Como atrair o seu cliente ideal e parar de falar com o vento

Marketing não é apenas sobre atrair pessoas, ele É sobre pessoas.

Sobre encontrar o melhor meio de se comunicar com alguém de uma forma que ele perceba que você tem algo importante para oferecer.

Continue lendo

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

3 dicas rápidas para ter ideias de conteúdos para os artigos do seu blog

Como ter ideias de conteúdo para os artigos do meu blog?

Essa é uma pergunta que vem assombrando muito produtores de conteúdo, mas não precisa ser assim e eu quero te mostrar o por quê.

No vídeo de hoje eu vou compartilhar com você 3 dicas rápidas e que podem ser colocadas em prática agora mesmo.

Continue lendo

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

Como reciclar seus artigos antigos e aumentar o número de visitantes do seu blog

Quando você leu o título desse artigo deve ter imaginado que essa é uma proposta um tanto que audaciosa, mas não se preocupe, ela não é apenas completamente possível como bem surpreendente.

Continue lendo

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

O que os melhores conteúdos que você já leu na vida tem em comum

Seja a receita de um bolo ou o release de um filme, um artigo sobre e-mail marketing ou dicas de como manter sua casa arrumada todos os dias, os melhores conteúdos que você já leu na sua vida foram construídos com base em 3 pilares, por isso você gostou tanto deles.

Continue lendo

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

Como criar um cronograma de pautas para clientes [Planejamento de conteúdo]

Uma dúvida muito frequente entre os consultores de Marketing Digital é sobre como criar um cronograma de pautas para clientes.

Durante 4 anos eu criei planejamento de conteúdo para diversos segmentos, que vão desde acessórios para carros até empresa de mudança internacional.

Nesse processo eu pude atestar que não importa o negócio de um cliente, ele sempre tem mais de um assunto para compartilhar com o público.

Já conversei com consultores que compartilharam comigo o negócio de seus clientes perguntando como seria possível falar sobre aquilo.

Eu sempre respondo que é possível e faço uma atividade para abrir a mente do consultor fazendo com que ele enxergue as possibilidades.

Criar pautas é uma atividade que requer pesquisa e um pouco de trabalho, especialmente se é sobre um assunto que você não domina, porém quanto mais você realizar essa atividade, mais fácil ela vai ficar.

Eu falo por experiência própria, já fiz isso tantas vezes que hoje consigo enxergar uma linha editorial com facilidade em qualquer negócio.

É muito importante que o consultor de marketing digital tenha essa habilidade.

Se você consegue no primeiro contato com o cliente mostrar como você poderia trabalhar o negócio dele, apresentar como faria isso com aquele tema,  as suas chances de fechar um contrato aumentam consideravelmente.

Em um mundo ainda pouco explorado e desconhecido pela maioria dos empresários, que é a internet brasileira, é muito importante apresentar projeções.

Fazer com que o cliente entenda como a roda gira, mostrar que você é bom no que faz.

Nesse artigo eu vou compartilhar com você todos os passos para criar um planejamento de conteúdo e como você deve estruturar a informação e enviar para o cliente.

Vamos lá?

Passo nº 1: Criando a linha editorial

Antes de começar qualquer coisa, você precisa criar a linha editorial. Definir os assuntos que vão ser tratados no blog.

Se você pular essa parte, vai começar a falar sobre assuntos aleatórios e no final não estará falando de nada.

Lembrando que essa linha editorial também vai ser usada para definir os assuntos dos e-books e das redes sociais.

A linha editorial vai ser seu pequeno guia.

Liste os assuntos e use como categorias do seu blog, tudo que for produzido deve caber dentro de alguma daquelas pastas.

Para te ajudar a realizar esse passo eu criei um pequeno checklist de linha editorial, siga o checklist para criar as pautas e depois avance para o próximo passo. Baixe clicando no botão abaixo:

 

Se você é aluno do Expert em Vendas Online, sugiro que assista as 5 aulas que eu disponibilizei na parte de bônus, elas são bem detalhadas.

Passo nº 2:  Crie as pautas

criar-pautas

Agora que sua linha editorial está pronta, você precisa criar as pautas.

Liste as palavras-chaves que você já tem conhecimento e comece a fazer várias buscas sobre o conteúdo relacionado.

Acesse o mini curso pesquisa de palavra-chave assertiva para te ajudar nessa jornada.

É importante que você procure variar as categorias, tentando seguir uma lógica onde os assuntos não sejam repetitivos.

Imagine um blog sobre saúde com três categorias, alimentação,  exercícios e receitas,  uma ordem interesante seria:

Segunda: Alimentação

Quarta: Exercícios

Sexta: Receitas

E quantos artigos por semana?

No mínimo 2. Mas isso vai depender muito da capacidade de produção do cliente, ou a sua, se esse for o seu caso.

O ideal seria um conteúdo por dia.

O interessante de produzir pautas variadas é também a possibilidade de trabalhar estratégias diferentes.

Enquanto você vai escrever artigos que tem mais capacidade de viralizar, artigos mais “pop´s” também é importante criar artigos com foco em termos importantes para o seu negócio.

  • Dentista em Campo Grande
  • Onde encontrar uma boa academia em Santo André
  • Rodizio de Sushi em São Paulo
  • Troca de óleo em Minas Gerais

O objetivo desse artigo é fazer com que o cliente te encontre através dos mecanismos de busca.

Depois disso ele pode te conhecer melhor, ler outros artigos, pegar os seus contatos, deixar o e-mail.

O seu blog sempre vai precisar desse tipo de conteúdo, mas ele nunca deve se resumir a esse tipo de conteúdo.

Passo nº 3: Estruture o cronograma

organize-o-cronograma

Esse é o momento de organizar as informações. O cronograma deve ter uma estrutura de acordo da sua necessidade.

Eu já criei cronogramas bem detalhados, outros bem simples.

Dependendo do cliente existe a necessidade de detalhar todas as informações, como se diz: deixar tudo bem mastigadinho.

cronograma-de-pautas

Alguns clientes que já tem uma produção de conteúdo vão precisar apenas de um cronograma simples, então a escolha da estrutura vai ser sua.

cronograma-de-pautas-exemplo

O mínimo que um cronograma precisa ter é o título e a palavra-chave.

Um cronograma detalhado vai ter mais informações, inclusive a data da postagem que pode ser definida por você.

Definir os dias de postagem é uma atividade importante não apenas pela organização, mas também para o público saiba o que esperar de você.

Outro ponto importante são os mecanismos de busca, que vão identificar que o seu blog é alimentado com frequência,  ponto positivo para o seu blog.

Você também pode deixar detalhado em qual categoria aquele conteúdo deve ficar, para você isso pode ser simples de entender, para o cliente, não.

Se você vai produzir o conteúdo e quer apresentar o cronograma de postagens, elabore um planejamento mensal e detalhe:

–  Frequência de postagem e o dia da postagem

– Palavra-chave

– Título

– Espaço para inserir o link do conteúdo postado ( as vezes o cliente quer acompanhar)

Após realizar a postagem você cola o link do artigo no espaço para o cliente verificar que foi produzido.

Isso também é um atividade que o cliente pode fazer caso ele produza o conteúdo, assim você pode acompanhar se o artigo foi estruturado corretamente.

Minha plataforma favorita para compartilhar planejamento de pautas é o DOCS.

Além de muito simples pode ser editado em tempo real por todas as pessoas que tem acesso ao arquivo.

Mas você também pode utilizar outras plataformas, o importante é que seja prática e simples, paara você e para o cliente.

Para facilitar a sua vida, estou disponibilizando um modelo de cronograma de pautas pronto, você só precisa baixar e preencher as suas informações.

Clique aqui para baixar o cronograma.

Agora mãos a obra, sua missão é começar a colocar todas as dicas em prática e se tiver alguma dúvida, não deixe de me perguntar nos comentários. Tudo bem?

Bom trabalho e até o próximo artigo.

 

Forte abraço!

 

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

24 modelos de títulos criativos para usar em seus conteúdos

Não julgue o livro pela capa.

Essa é uma frase que você já deve ter escutado, eu já, mas não adianta, eu julgo.

Se a capa não for bonita e o título não me chamar atenção eu passo direto. E você?

Eu parto do pressuposto de que algo que é bom foi bem feito do começo ao fim, é a mesma coisa de um produto, quanto mais bonita for a embalagem, mais eu julgo que aquele produto é melhor.

Claro que as empresas sabem disso.

Sabem tanto que quando querem aumentar o preço do produto elas diminuem a quantidade e criam uma nova embalagem.

Ou seja, o produto permanece com o mesmo preço, a embalagem muda, mas a quantidade do produto agora é menor, mas é uma diferença pequena e você não percebe que está pagando um pouco mais porque a embalagem mudou.

Você deve estar pesando “caramba, que absurdo”.

Claro que eles devem comunicar devidamente a redução na embalagem, é muito errado reduzir sem comunicar, mas o ponto aqui que eu quero que você entenda é a sensação que o consumidor quer evitar: o aumento do preço.

A verdade é que as empresas dançam conforme a música, e quem escolhe a música é o consumidor.

Elas se reinventam, se adequam, elas descobrem como podem crescer e manter o consumidor feliz, e então com base no comportamento de consumo, elas o fazem.

A questão é, o seu consumidor escolheu um ritmo, você quer aprender a dançar?

Escrever títulos criativos e atrativos é tão importante quanto escrever conteúdos de qualidade, porque são aquelas palavras que você escolheu para encabeçarem o seu texto que vão decidir quem vai e quem não vai ler o que você escreveu.

É exatamente nesse ponto que muitos são deixados para trás..

Você pode decidir continuar escrevendo seus títulos de qualquer jeito, ou criar títulos que vão realmente chamar a atenção do seu leitor.

Nesse artigo eu quero compartilhar com você não apenas alguns modelos de títulos que eu tenho testado e utilizado com sucesso, mas eu também quero te mostrar como pequenas falhas de comunicação podem comprometer toda a estrutura da sua mensagem.

Você alguma vez na sua vida parou diante de uma página de resultados do Google após fazer uma pesquisa e ficou decidindo em qual link clicar?

Provavelmente não.

Isso acontece porque quando fazemos uma pesquisa nós levamos segundos para decidir em qual link clicar, e segundos para sair daquela página caso ela não resolva o nosso problema.  Simples assim.

Se você está rolando o seu feed de notícias do Facebook, você provavelmente não clica em tudo o que vê, o seu cérebro filtra aquela enxurrada de informação e você clica em algo que realmente chame a sua atenção, algo que de alguma forma te entregue algum valor, mesmo que esse valor seja matar a sua curiosidade.

Seja criativo, mostre que você vale a pena

A questão principal é que você só está aqui porque o título desse conteúdo te chamou atenção.

A primeira lição que eu quero que você aprenda é que não é porque você dedicou horas do seu tempo escrevendo um bom conteúdo que as pessoas vão correr para ler.

Se o seu conteúdo é bom de verdade, comece demonstrando isso no título, em vez de se preocupar apenas com a palavra-chave, lembre-se de ser criativo, de despertar vontade no seu leitor, só assim você vai chamar a atenção dele .

Só assim vocês estarão dançando no mesmo ritmo.

conteudo-titulo

Agora que você entendeu que o título não é apenas a cereja do bolo e sim a cobertura inteira, vamos aos modelos de conteúdo.

 

1. Como + benefícios

O termo  “Como” além de muito prático é com certeza um campeão de buscas no  Google. Mas a grande sacada de utilizar esse termo é não apenas utilizar o termo que as pessoas pesquisam, mas ir além, mostrando quais os benefícios que ela vai ter quando ler o seu conteúdo e aprender aquele como.

Se as pessoas pesquisam:

Como criar um currículo

Você não deve simplesmente usar esse termo para o seu título e ensinar a criar um currículo, você precisa ir além , apresentando os benefícios.

Exemplos:

  • Como criar um currículo campeão e conseguir o emprego dos seus sonhos
  • Como criar um currículo que se destaque em qualquer entrevista de emprego

 

Você percebe o impacto que o benefício cria no título?

 

2. Pergunta + questionamento

Esse tipo de título desperta  curiosidade no leitor porque questiona o conhecimento dele sobre algo.

Se você quer escrever um conteúdo sobre “estresse” e como ele pode afetar a saúde de qualquer indivíduo, em vez de usar a chamada:

10 sintomas comuns do estresse

Você deve usar:

  • Você reconhece os 10 principais sintomas do estresse?

E você? Reconhece?

 

3. X maneiras

O segredo desse tipo de título é mostrar que você é um especialista no assunto. Sem enrolação você precisa entregar as maneiras mais eficientes de fazer algo, vender algo, enfim, você precisa encurtar o caminho do leitor em uma estrada que você já conhece.

Exemplos:

  • 10 maneiras de criar títulos sem parecer chato
  • 10 maneiras diferentes de fazer arroz
  • 10 maneiras de superar o fim de um relacionamento

Você pode trocar o termo “maneiras” por outros sinônimos, vai funcionar também.

 

4. Apresente os fatos

É isso mesmo, apresente os fatos. Entregue a solução no seu conteúdo, além de despertar a curiosidade para os fatos  o seu público também ficará interessado na solução.

Exemplos:

  • 5 doenças hereditárias comuns
  • 3 países que qualquer pessoa pode conhecer

 

 

5. Identificação

Use esse tipo de conteúdo para se conectar ao seu público de uma forma que ele se identifique com o que você escreve.  Ser pessoal nesse tipo de pauta é fundamental, fale com o seu leitor como se você estivesse escrevendo exclusivamente para ele.

 

  • 9 tipos de empreendedores: Em qual grupo você está?
  • 15 desenhos antigos: Qual deles marcaram a sua infância?
  • 8 características de um verdadeiro líder: Quais delas você tem?

6. Como + números

Nessa categoria você vai usar o bom e velho como, só que em vez de utilizar os benefícios, como no modelo do título nº 1 deste artigo, você vai adicionar os números para potencializar o seu título.

 

Exemplos:

  • Como ter um dia extremamente produtivo seguindo 3 regras básicas
  • Como fazer atividade física sem comprometer o seu tempo: 4 maneiras eficientes

 

7. X razões para alguma coisa

Nesse tipo de pauta você deve criar uma lista de razões para alguma coisa. A ideia é mostrar para o leitor porque ele deve tomar alguma ação, como iniciar uma atividade, comer algo, comprar algo.

Exemplos:

  • 50 razões que provam porque todo mundo deveria ir para a Disney ao menos 1 vez na vida
  • 10 motivos para inserir a Yoga como uma atividade semanal na sua rotina
  • 7 razões que apontam porque pessoas que tem insônia precisam fazer atividade física

 

8. O segredo para alguma coisa

Esse modelo de título parece passado, mas realmente funciona. A ideia de compartilhar algo secreto, algo que não é de conhecimento geral, desperta nas pessoas não apenas a curiosidade de saber o que é, mas a resposta única para algo que até então era desconhecido.

O único erro que você não pode cometer nesse tipo de conteúdo é não entregar o segredo. Tentar criar um título usando esse termo para chamar a atenção do seu público e não entregar o que é prometido pode gerar uma frustração muito grande no leitor.

Adaptando a frase do Tio Ben:

Grandes títulos trazem grandes responsabilidades.

responsabilidade-conteudo

Eu sempre estou falando sobre isso com os meus alunos, se você realmente quer ser uma autoridade na sua área de atuação e ganhar dinheiro com o seu conhecimento, você precisa ser real. Comece entregando conteúdo na medida da promessa dos seus títulos.

 

Vamos aos exemplos:

  • O segredo dos conteúdos de sucesso
  • O segredo para emagrecer com saúde e sem precisar fazer dietas malucas
  • O segredo nº 1 das pessoas de sucesso

 

9. Você não precisa ter isso para fazer isso

As pessoas têm crenças sobre algumas coisas que muitas vezes as impedem de realizar coisas que elas desejam muito. Eu tenho visto que esse tipo de crença tem sido objeção em inúmeras áreas. Deve ser sua missão desmitificar alguns conceitos para quebrar a objeção e fazer com que as pessoas sintam-se a vontade para comprar o seu produto ou serviço sem ter medo de que aquilo não é para elas.

Certa vez vi um empresário que ensinava como arrematar imóveis em leilão, o que mais me chamou a atenção na abordagem dele foi o que ele dizia na hora de quebrar a objeção sobre que tipo de habilidade alguém precisava ter para arrematar um imóvel em leilão, ele dizia o seguinte:

– Você sabe ler? Então você pode arrematar imóveis em leilão.

Se uma pessoa sabe ler, ela tem completa capacidade de estudar todas as regras do edital, e aprender com o curso dele como arrematar os imóveis, então quando tudo parecia complicado, ele foi lá e simplificou.

Exemplos:

  • Você não precisa ser rico para fazer viagens internacionais
  • Você não precisa parar de comer tudo o que gosta para emagrecer
  • Você não precisa acordar cedo para ter um dia mais produtivo

 

10. Erros

Esse tipo de título desperta no leitor a atenção para coisas que ele não sabia que poderia estar fazendo errado.

Exemplos:

  • 8 erros que tem levado centenas de empresas a falência todos os anos: Você comete algum deles?
  • 9 alimentos que podem ser considerados veneno: Você consome algum deles?
  • Os 10 erros de inglês mais cometidos por brasileiros.

 

11. Esse método tem ajudado ( esse grupo de pessoas) a ( resolver esse problema)

Identificação é o ponto mais importante desse tipo de conteúdo. Se você tem algo relevante que tem ajudado dezenas, centenas ou milhares de pessoas a resolverem algum problema, compartilhe com o seu público.

Exemplos:  Esse método tem ajudado vários empresários a vender todos os dias mesmo com a crise

Lembrando que você pode brincar com os modelos e adicionar informações relevantes. Eu adicionei uma objeção ao problema, pois eu sei que essa objeção é importante. Você pode adicionar informações relevantes em qualquer parte do template.

12. Aprenda a ( fazer isso ) como ( esse profissional)

Quando você conhece os desejos e metas do seu público é mais fácil criar conexão com ele, então se o sonho dele é ter o talento de alguém que ele admira, use para chamar atenção dele.

Exemplos:

Aprenda a fazer bolos profissionais como Buddy Valastro (Cake Boss)

Aprenda a desenhar com a mesma técnica dos profissionais de Hollywood

13. Porquê eu ( tenho feito isso) e porque você deveria fazer também

Mais uma vez, técnica de identificação, as pessoas seguem e admiram pessoas, quando você compartilha seus técnicas, falhas, acertos, elas se espelham em você.

Exemplo: Por quê eu parei de treinar com pesos e porque você deveria tomar a mesma decisão

14.  Como ( esse grupo de pessoas) conquistou (esse resultado) em (período de tempo)

Identificação com grupos, todo mundo faz parte de uma ou várias comunidades. É mais fácil tomar uma decisão baseado no que já vem dando certo para a comunidade, esse tipo de título tem o propósito de criar essa conexão do indivíduo com a comunidade.

Exemplo:  Como estudantes de publicidade tem conquistado o primeiro emprego no primeiro semestre de faculdade

15. Se você não ( fizer isso ) você vai ( consequência)

Esse tipo de título foca no problema e na dor, no caso na consequência.

Exemplo: Se você não consegue guardar dinheiro você provavelmente esta na corrida dos ratos

16. X grandes erros que tem acabado (com isso)

Foque nos grandes vilões do seu mercado, nas informações que tem sido ensinadas erradas durante anos ou que as pessoas nunca aprenderam verdadeiramente porque não tinham que os ensinasse.

Exemplo: Os 10 grandes erros que os novos empresários comentem e que tem quebrado seus negócios nos primeiros 2 anos

17. Finalmente o segredo para (conquistar isso) foi revelado

Esse tipo de conteúdo só deve ser usado quando você realmente compartilhar algo importante e inovador. Alem disso, não pode ser usado com frequência, ninguém tem um segredo pra compartilhar todo dia, as pessoas sabem disso.

Exemplo:  Finalmente o segredo para aprender um novo idioma em menos de 1 ano foi revelado.

18. Porquê ( esse grupo de pessoas) (tem conquistado isso)

Esse tipo de conteúdo tem como propósito expor fatos e deixar que o leitor escolha a qual grupo ele quer pertencer.

Exemplo:  Por quê os empresários que tem utilizado a técnica do pomodoro conseguiram dobrar o tamanho de seus negócios.

19. Quando você ( fizer isso ) (mais rápido você vai conquistar aquilo)

Esse tipo de artigo apresenta uma atitude que pode trazer algo que o leitor deseja muito. Você pode modificar a estrutura e usar variações:

Quando você ( entender )

Quando você ( aprender )

Quando você ( parar de)

Exemplo: Quando você entender essa técnica financeira seu salário vai sobrar todos os meses

20. Como construir ( isso) e conquistar (desejo)

Ensine algo que automaticamente resolva um problema ou realize um desejo.

Exemplo: Como construir uma equipe de vendas sólida que gere resultados excepcionais todos os meses

21. Aqui x maneiras simples de (resolver esse problema)

Apresente a relação direta de como algo simples pode resolver um problema especifico.

Exemplo:  A maneira mais simples de construir uma horta dentro do seu apartamento

22. As principais respostas para x perguntas sobre (isso)

Esse tipo de artigo é excelente para tratar de temas polêmicos ou que divida opiniões entre profissionais. Outro ponto importante é utilizar esse tipo de conteúdo para falar de um assunto que esteja sendo pauta no momento. Algo que tenha gerado muitas dúvidas e discussões.

Exemplo: As 12 principais respostas sobre diástase pós gravidez que ninguém nunca te explicou

23.  Se você faz (isso) esse texto/vídeo definitivamente é para você

Apresente um fato, ação ou comportamento para chamar atenção do seu público, ele vai se identificar na hora. Quanto mais especifica a ação, melhor. É como se você estivesse dizendo: Esse texto é apenas para pessoas que adoram fazer maratonas de series, ou esse texto é apenas para aqueles que acreditam que natal sem passas não é natal.

Exemplo:  Se você toma mais que 3 xícaras de café por dia esse texto definitivamente é para você

24. Descubra como pode ser fácil ( realizar isso)

Esse tipo de artigo tem como grande missão quebrar objeções. Se você uma lista de objeções para quebrar, trate cada uma em um conteúdo rico, mostrando e provando para o leitor que é possível e derrubando uma barreira e ele e a sua empresa.

Imagine o seguinte conteúdo para uma agencia de turismo:

Exemplo: Descubra como viajar para Disney pode ser muito mais fácil e barato do que você imagina

Variação:

6 fatos que provam que viajar para Disney pode ser muito mais fácil e barato do que você imagina

Descubra o segredo das viagens internacionais e aprenda como viajar para Disney gastando pouco 

Agora que você tem 24 tipos diferentes de títulos para as suas pautas, você não tem mais desculpa para não criar chamadas criativas, use-as ao seu favor e com sabedoria.

Como eu disse anteriormente, não esqueça de ser real, as pessoas gostam de pessoas reais, então se você quiser ser autoridade na sua área de atuação, seja útil, seja real.

Quer se tornar um especialista em marketing de conteúdo?

Eu acabei de lançar a certificação especialista em marketing de conteúdo. Ela definitivamente não é uma certificação para pessoas que querem aprender a escrever artigos, mas para aqueles que querem criar conteúdo de valor e gerar vendas reais.

Você terá nas suas mãos um método claro para aumentar o engajamento com sua audiência e preparar o seu público através do conteúdo para a oferta do seu produto ou serviço.

Se você está realmente interessado em se tornar um Especialista em Marketing de Conteúdo essa é sua grande oportunidade.

Quais desafios que você está enfrentando na hora de criar os seus conteúdos? Não deixa de compartilhar comigo, me fala sobre qual a sua maior dificuldade com produção de conteúdo que eu quero te ajudar.

Forte Abraço.

Nota da autora:  A versão original desse artigo foi publicada no dia 29 de fevereiro de 2017.

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

Você tem um blog ou um panfleto online?

No mundo digital ter um blog é fundamental, isso é um fato, mas o que acontece na realidade é que a maioria das empresas pensa que tem um blog, quando na verdade, elas só têm um panfleto online.

Existem algumas características básicas que diferenciam um blog de um panfleto online, e é sobre elas que eu vou falar nas próximas linhas.

Se ao final do conteúdo você deduzir que tem um blog, parabéns, esse é o caminho! Se descobrir que o seu “blog” não passa de um panfleto online, é hora de mudar essa situação, chega de perder tempo e dinheiro.

Para descobrir se você tem um blog ou um panfleto online, eu preciso que você responda 3 perguntas.

Vamos lá?

1- Você tem uma linha editorial?

linha-editorial

 

Ter uma linha editorial é o primeiro grande passo para ter um blog.

Diariamente eu recebo várias perguntas sobre produção de conteúdo, mas existem duas que são muito frequentes:

1- O que escrever para o meu público?

2- Como escrever para o meu público?

Antes de questionar as pessoas sobre o que a empresa delas vende, ou quais as dificuldades que elas têm em criar pautas para os seus clientes, eu primeiro pergunto se elas têm uma linha editorial. A cada 10 blogs, 1 tem uma linha editorial.

Antes de postar o seu primeiro conteúdo na internet você precisa criar a linha editorial e definir sobre o que você vai escrever para os seus leitores. Esse deve ser o primeiro passo.

  • Como você pode criar pautas para os seus conteúdos se você nem sabe sobre do que o seu blog trata?
  • Como os leitores vão saber o que encontrar no seu blog se você não definir?

Um blog precisa ter objetivos e a linha editorial é a sua missão. Depois de definida, seu trabalho fica muito mais fácil. Ela é como um alicerce, depois de encaixar os blocos você começa a construção.

O time da Beach Body, uma empresa americana que vende vários programas de emagrecimento, faz isso muito bem. Se você olhar o blog deles perceberá que os conteúdos sempre giram em torno do mesmo alicerce.

– Treinos

– Alimentação

– Dietas

– Receitas

– Testemunhos do programa

– Emagrecimento

-LifeStyle

 

thebeachbody

 

Todos os dias eles postam conteúdo, mas você não vai encontrar nada que fuja desse alicerce. Eles simplesmente seguem a linha editorial. Quando você entrar no blog deles, já sabe que tipo de conteúdo encontrar, simples assim.

Seu blog não tem uma linha editorial? Comece agora mesmo.

Se você é aluno do Expert em Vendas Online, eu criei um pequeno treinamento sobre como criar uma linha editorial em 5 passos, basta acessar o portal e começar hoje mesmo.

 

2-Você entrega o que promete?

entregar-valor

 

Entregar o que você prometeu no título é obrigação, ir além é excelência, fazer menos, incompetência.

Escrever um bom título não é uma missão impossível, mas também não é tão fácil. Títulos que convertem não são criados do além, eles são muito bem articulados.

Eu tenho visto muitas pessoas extremamente preocupadas em criar títulos de impacto, e isso é ótimo, contanto que o seu conteúdo tenha a mesma qualidade e cumpra a promessa do título. Se você não é capaz de cumprir o que prometeu no título, não prometa.

Imagine que um amigo convidou você para uma grande festa. Você ficou ansioso por aquele momento, se preparou a semana inteira para o evento que prometia ser incrível. Ao chegar no local o seu amigo te recebe de bermuda e chinelos, te chama para sentar no sofá e tomar uma cerveja.

Você permanece no local esperando o tempo passar, na esperança de o seu amigo ir se arrumar e vocês poderem finalmente ir para a festa.

Duas horas depois você entende que a festa era aquilo. Você vai pra casa frustrado e provavelmente nunca mais vai aceitar um convite desse amigo, é cilada.

Quando você faz um título incrível e entrega um conteúdo ruim é  a mesma coisa. Você pode até receber o visitante, mas ele nunca mais volta.

Que tipo de conteúdo você entrega em seu blog? Se você não é capaz de cumprir ao menos o que promete, bem, você precisa mudar sua estratégia.

3- Como você vende o seu peixe?

vender-seus-produtos

 

As pessoas não gostam que você venda para elas. Mas lembre-se que elas adoram comprar.”

 

O blog é uma poderosa estratégia de vendas, mas é preciso saber vender. A maior característica de um panfleto online é a venda direta.

Você passa o conteúdo inteiro dizendo como o seu produto é maravilhoso e como ele vai resolver qualquer problema do seu leitor. Coloca vários links de venda caso ele não queira perder aquela oportunidade de comprar o que você vende, e para finalizar o conteúdo, reforça a venda.

Vender sem vender, essa é a melhor estratégia. Em primeiro lugar você entrega algo muito superior à expectativa do seu consumidor.

Você ajudou ele,  totalmente de graça, agora ele gosta de você, pode não comprar de você no primeiro momento,  talvez ele ainda não esteja pronto, mas você ganhou um seguidor.

Ele vai te acompanhar porque você tem qualidade, porque o seu conteúdo grátis é bom, porque o seu pago é bom, porque você tem excelência.

Ele não vai se tornar apenas o seu cliente, ele vai se tornar um cliente fiel. Essa é a lei da semeadura, plante sua semente, colha seus frutos.

Meu primeiro emprego foi como vendedora em uma loja de biquínis de luxo, adorava o meu trabalho, além do dinheiro, que pagava minha faculdade, eu aprendi lições preciosas, não apenas sobre vendas, mas sobre pessoas.

Quando uma cliente entrava na loja para fazer uma troca, ninguém gostava de atender, era uma venda que não tinha comissão, pois mesmo quando tinha diferença na troca, era muito pouco.

Eu não me importava em fazer trocas, pois cada troca era uma oportunidade de fidelizar um cliente, essa foi uma das lições que aprendi muito cedo com minha gerente na época, Ana Paula.

Muitos clientes de troca chegavam acanhados, quando fazia um bom atendimento eles ficavam extremamente gratos, mesmo que fosse minha obrigação atender bem, eles não esperavam por isso, logo aquele cliente voltava e me procurava para uma nova compra, se eu atendi bem sem ganhar nada, ele imaginava que eu atenderia ainda melhor ganhando.

Além disso, o ser humano tem algo chamado reciprocidade, uma forma de agradecer meu bom atendimento era me dando prioridade na próxima compra.

Um dia uma moça entrou na loja para trocar um biquíni de 100 reais, saiu com 5 mil reais em compras.

Lei da semeadura.

Blog ou Panfleto Online?

blog-panfleto-online-duvida

 

Se você não tem uma linha editorial, se você não entrega conteúdo excelente e, principalmente, se você  só procura vender em seus conteúdos, eu sinto muito, mas você não tem um blog.

Um blog tem uma missão, tem conteúdo de qualidade e vende, mas sem vender.

Talvez você tenha até conteúdo de qualidade, mas precisa vender melhor. Ou talvez você apenas não tenha uma linha editorial. Eu não sei exatamente em que categoria você se encaixou, mas meu conselho é que você se encaixe nessas 3 áreas.

Siga as dicas que eu deixei em cada uma delas, procure estabelecer um padrão de qualidade para tudo o que você entrega, depois disso vender fica muito fácil, se torna quase um processo natural, porque faz parte da estrutura do seu texto.

Case Locadora de Veículos

Há alguns anos prestamos consultoria para uma locadora de carros. Eles tinham uma site e recebiam 3 pedidos de orçamento por semana.

Nos primeiros 2 meses de trabalho conseguimos apenas com SEO levar o site para a primeira página e aumentar os orçamentos de 3 por semana para 30 por dia.

Paralelo a isso começamos uma série de postagens no blog sobre dicas de turismo em Fortaleza, cidade em que a locadora estava, e depois disso o blog virou mais uma fonte de orçamentos.

Um certo dia um cliente comentou com o dono que tinha conhecido a locadora através do blog. Ele estava procurando dicas sobre as barracas de praia na Praia do Futuro e achou um conteúdo no blog com todas as informações que ele precisava.

Praia-do-Futuro-Fortaleza

Nesse conteúdo nós colocamos 5 dicas de barracas com todas as informações que um turista iria precisar.

No final do conteúdo dissemos que se ele precisasse de um carro para chegar na Praia do Futuro, bastava fazer uma simulação online, e foi exatamente o que leitor fez, e que muitos outros fizeram.

Tenha um blog, gere valor para as pessoas e mostre que você é o especialista naquilo que faz, faça uma boa plantação que você irá receber os frutos na colheita.

E então, você tem um blog ou um panfleto online?

Iaponira Oliveira
Publicitária, Gestora de conteúdo e Co-fundadora do portal Marketing Com Digital. Realizou projetos de Marketing de Conteúdo em diversas empresas e é responsável por vários treinamentos sobre produção de conteúdo.

Escrever o primeiro parágrafo nunca foi tão fácil

Escrever o primeiro parágrafo de um texto é difícil? Acredite, você não é o único que sofre com esse problema. No entanto, já imaginou quantas horas você continuará perdendo se simplesmente ficar encarando uma folha em branco no editor de texto?

Você pode esperar pela geração espontânea, que segundo evidências históricas não é algo recomendável, ou pode aprender uma técnica prática e funcional que ajuda produtores de conteúdo no mundo inteiro.

Escolheu a segunda opção? Ótimo, pois a gente precisa conversar… Continue lendo

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.