bônus cliente marketing digital vendas

Como criar um bônus para seu público e aumentar as vendas do seu negócio com isso

O que você faria se alguém lhe dissesse que pode te ajudar, de graça, a conseguir uma informação que você quer muito saber?

Você ficaria muito satisfeito e grato, não é?

É esse tipo de relacionamento que você está perdendo com a sua audiência quando você não usa ímãs digitais.

Quer melhorar a relação com o seu público, aumentar o número de inscritos em sua lista de email e ver um crescimento nas vendas? Continue lendo.

O Poder de Atração do Ímã Digital

Muitos negócios estão apenas gastando tempo e dinheiro com a produção de conteúdos que só servem de enfeite em blogs.

Se você ainda não sabe como isso acontece, veja por que os conteúdos que você publica não geram vendas.

Caso você já conheça os problemas abordados no texto acima, como a falta de uma boa oferta e chamada para a ação, deve estar se perguntando:

Como é que eu faço o meu ímã digital?

Como fazer um ímã digital que realmente funciona

imã digital atrair clientes

Além de ser gratuito e resolver um problema/tirar uma dúvida importante do seu público-alvo de forma rápida e prática, um Ímã Digital precisa ser super específico, e há um motivo para isso:

Você deve chamar a atenção de cada parcela do seu público.

Veja um exemplo:

Se você tem um blog sobre alimentação saudável em geral, você terá diferentes tipos de pessoas lendo seus artigos.

Há quem coma carne, há quem seja vegetariano e até mesmo os veganos.

Você pode ter um ímã digital, como um E-book, que ensine 20 receitas rápidas de almoço saudável, mas será que todas elas poderão ser consumidas pela sua audiência?

Se não forem, isso pode fazer com que a pessoa que não se enquadra na sua dica não sinta o valor que o seu ímã digital oferece, ou seja, o ímã digital perde toda a força e significado. É inutilizado.

É nessas horas que você deve adotar a filosofia do provérbio romano “Divida e conquiste” e fazer 3 ímãs digitais diferentes, um para os que comem carne, outro para os vegetarianos e outro para os veganos.

É claro que você não é obrigado a fazer todos os ímãs digitais ao mesmo tempo. Tudo depende do seu cronograma.

O mais importante é que você escolha uma parcela do seu público e desenvolva um ímã digital especialmente para ela.

Escolha o assunto do ímã digital

Assuntos genéricos podem não chamar tanta atenção do seu público de maneira geral, mas tudo pode mudar de figura quando você segmenta os assuntos para atrair uma parcela específica do seu público.

Um corretor de imóveis, por exemplo, pode escolher a parcela idosa do seu público para promover um novo empreendimento:

10 Razões Para Aposentados Morarem em Condomínios de Casa

E com este exemplo entramos em mais um ponto muito importante da criação do seu ímã digital. Ele deve ter alguma relação com um de seus produtos ou serviços.

O corretor de imóveis do exemplo analisou as vantagens que os idosos teriam com um condomínio de casas e montou seu ímã digital a partir disso.

Você deve fazer o mesmo. Ao escolher um segmento você precisa saber quais são as dores e desejos dessa parcela do público e fazer uma promessa que atraia essas pessoas.

Uma pessoa que quer uma barriga de tanquinho com certeza ficará interessada em conferir um ímã digital com o título: 25 Exercícios Praticados Por Atores de Hollywood Para Definir a Barriga.

Escolhendo a mídia do ímã digital

plataforma marketing digital bônus vendas

Você já escolheu o público-alvo e o assunto. Agora é a hora de definir em que tipo de mídia o ímã digital será publicado.

As opções mais comuns são:

– E-book
– Vídeo
– Infográfico
– PDF

Cada uma tem suas vantagens.

O Infográfico, por exemplo, pode ser divulgado de uma forma muito atrativa nas redes sociais. Basta você embaçar parte da imagem e divulgar um link para quem quiser ver a imagem completa.

O Vídeo pode ser assistido diretamente de uma landing page…

Você deve analisar cada uma das vantagens e ver qual delas é mais atrativa para os seus objetivos.

Como o conteúdo precisa ser rápido e eficaz, você deve focar em fazer ímãs digitais de fácil produção.

Alguém que tenha habilidades com design pode criar um infográfico com mais facilidade, enquanto uma pessoa que conhece técnicas de edição de vídeo conseguiria fazer rapidamente um ímã digital em formato de vídeo.

O bônus correto no conteúdo correto

A última coisa que você precisa saber é uma dica muito simples. Da mesma forma que o seu ímã digital deve fazer uma propaganda de um produto que tenha a ver com ele, você precisa promovê-lo em um conteúdo que tenha algum tipo de relação com o ímã.

Imagine promover um e-book sobre “10 Vantagens de Condomínios de Casas Para Idosos” em um texto sobre “Dicas de Apartamento Para Solteiros”

É por isso que seguir uma linha editorial ajuda bastante a desenvolver uma grande estratégia campeã de vendas para um negócio online.

Recapitulando

Neste texto você viu que:

– Um imã digital só será útil se for rápido, prático e voltado especificamente para um determinado público-alvo.

– É por isso que muitas empresas possuem mais de um ímã digital: elas segmentam o seu público-alvo em grupos e tentam captar os leads separadamente.

– Um ímã digital pode ser publicado de diversas formas, cada uma com as suas devidas vantagens e desvantagens

– Um ímã digital deve ser relacionado a um produto e a um conteúdo com assuntos semelhantes para conseguir, de fato, atrair o público-alvo desejado.
Quer aprender a gerar vendas com a ajuda de conteúdos? Faça parte da nossa área de membros do Marketing com Digital e confira ainda mais dicas.

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *