Como Eliminar a Procrastinação no Marketing Digital

Recentemente um dos meus alunos do Programa de Formação Expert em Vendas Online me fez uma sugestão de tema:


O Luis falou sobre uma palavra que eu escuto há muito tempo no mundo do marketing digital que é a “Procrastinação”.

Nesse artigo eu não quero falar sobre técnicas de produtividade ou como mudar sua maneira de pensar, muito menos sobre como você pode continuar motivado.

Quero apresentar uma visão prática de como você pode conseguir colocar seus projetos em prática de uma maneira muito mais rápida, inteligente e eficiente.

O procrastinar ou “deixar para depois, adiar” é uma das principais causas de prejuízo financeiro não só no mundo do marketing digital mas em todas as áreas.

Eu vou compartilhar com vocês o modelo usado no Vale do Silício por grandes Startups para conseguir colocar projetos em prática em um curto espaço de tempo.

Espero que você aproveite essa leitura e comece a colocar em prática esse método ainda hoje.

Então vamos lá

A Palestra que eu terminei às 2h da manhã

O comentário do Luis foi nessa publicação que fiz 2:10 da manhã.

Eu tinha acabado de gravar uma nova palestra, feito toda a configuração da transmissão automática, criado a página de convite, ou seja, estava tudo pronto para ser enviada para nossa base.  (Esse é o link da página com a palestra)

Eu comecei a trabalhar nessa palestra às 22h e terminei cerca de 2:10 da manhã.

Eu vou te explicar o porquê eu fiz isso, mas antes preciso te levar para o livro “Startup Enxuta”. e para o livro “O Mito do Empreendedor”.


Não saber o que fazer é diferente de Procrastinação

Antes de compartilhar com você os métodos apresentados nessas duas obras, vamos entender o verdadeiro vilão da história.

A procrastinação leva a culpa mas ela não é a verdadeira culpada.

Quando eu comecei a namorar com a Iaponira Oliveira, junto com outro casal de amigos fomos sair para jantar. Foi a primeira vez que iriamos sair juntos como namorados.

Eu perguntei: Para onde você gostaria de ir?
Ela respondeu: Qualquer canto…
Eu respondi: Ok… Então vamos parar nesse restaurante aqui?
Ela respondeu: Ah! Esse não.
Eu disse: Mas não era qualquer lugar?
Ela respondeu: É… mas esse não.

Cerca de 40 minutos depois e vários Km´s rodados, finalmente chegamos no “Qualquer lugar”. Rsrsrs.

Nós estávamos procrastinando? Não. Estamos sem saber para onde ir.

É o mesmo cenário de muitos profissionais e empresários no Brasil. Eles ficam rodando, rodando, rodando e não fazem a mínima ideia para que destino estão indo.

Por isso essa sensação de “travamento”, incapacidade e uma clara frustração.

O Empreendedorismo não precisa ser um filme de Hollywood

No livro o Mito do Empreendedor ele fala sobre alguns mitos que as pessoas criam sobre o empreendedorismo.

Um deles é o mito que o empreendedor é um super gênio criativo, desbravador, inovador e ultra-mega-blaster inteligente.

Empreendedorismo tem mais relação com observar uma oportunidade e saber como tirar proveito daquilo. Simples assim.

Nada mais que isso.

Bill Gates começou a ideia da Microsoft depois de ver um anúncio falando sobre o lançamento de um computador.

Steve Jobs teve a “ideia” da Apple depois de ver a criação do seu amigo Steve Wozniak.

Larry Page e Sergey Brin do Google não inventaram os mecanismos de busca. O projeto deles da faculdade tinha como objetivo melhorar algo que já existia, no caso o buscador do Yahoo.

Henry Ford NÃO inventou o carro. Ele apenas criou uma maneira mais inteligente de produzir carros em massa.

Isso significa que a maneira mais inteligente de empreender é partindo de algum lugar, de preferência algo que já esteja funcionando e você simplesmente quer fazer melhor.


Você Precisa de um MODELO Validado Para Seguir

Aproveite o trabalho que outros fizeram na sua frente e ganhe tempo. Use o que outras pessoas já descobriram como uma ponte para você ir de um lado para o outro mais rápido e com mais segurança.

No Livro “O Mito do Empreendedor” ele fala sobre o Técnico, que é aquele que sabe como fazer as atividades do seu negócio.

Por exemplo, imagine que você é um consultor e você sabe como criar um blog do zero.

Você é um  técnico.

Lá ele explica de maneira bem simples o seguinte.

Técnico: Aquele que faz as coisas
Administrativo: Aquele que administra o negócio
Empreendedor: Aquele que sabe o DESTINO

Quando você está sozinho na jornada, precisa exercer um pouco de cada um dos papéis.

Técnico, Administrativo e Empreendedor.

Para eliminar completamente a procrastinação você precisa deixar o Empreendedor assumir a tomada de decisões.

Para ser um Empreendedor que sabe para onde está indo, você precisa de modelos para seguir. Simples assim.

E é aqui que entra o Modelo da Startup Enxuta.


Siga Processos Para Eliminar a Procrastinação

Se eu puder te dar um único conselho, apenas um seria: Por favor, não fique inventando a roda.

Se já existe um caminho que foi trilhado, entre nele. Lá na jornada você pode encontrar melhores maneiras mas comece de algum lugar.

Não fique tentando inventar tudo do zero.

Quando eu decidi me tornar um Consultor de SEO, logo no começo da minha carreira de marketing digital eu comprei o livro “A Arte de SEO”.

Lá eu encontrei processos para seguir.

No livro fala sobre “Como fazer uma auditoria SEO” e de maneira lógica ensinava a criar um projeto de SEO.

Aquilo foi o meu pontapé inicial para começar a prestar o serviço de Consultoria.

Porém, ficava faltando várias e várias peças de organização de projetos, precificação, cronograma, rotina.

Foi nessa época que eu vi a oportunidade de comprar uma Franquia de Marketing Digital.

O problema era que naquela época o valor de uma franquia era muito alto. Mas eles tinham a solução que eu precisava, um manual de como conduzir uma empresa de consultoria.

Como cobrar, como entregar, como promover o negócio, como criar cronogramas, várias perguntas que estavam me travando e eu precisava de respostas para avançar.

Nessa época comecei a participar de eventos e comecei a fazer inúmeras perguntas para donos de agências que acompanhava.

Esse modelo estava dando muito certo e a minha agência na época chamada Nordeste SEO estava indo muito bem.

Eu tinha modelos claros que outras agências de SEO no Brasil e nos EUA de como fazer os projetos.

Até que duas coisas começaram a acontecer.

01 – Os resultados estavam ficando cada vez mais demorados.
02 – A concorrência de outras agências aumentava a cada dia.

Foi quando as agências de SEO no Brasil começaram a fazer um movimento de “eliminar o SEO” e se tornarem uma agência Full Service.

Ou seja, começar a oferecer TUDO para o cliente, aumentar o valor dos contratos e entregar uma solução completa para os clientes.

Não fiquei confortável e relutei bastante para fazer essa mudança.  Ou seja, fiquei procrastinando.

Mas acabei mudando. Deixei de oferecer apenas SEO e me tornei uma agência Full Service.

Sem Modelo Você Estará Sempre Perdido e Vai Proscrastinar

Logo que fiz a mudança aumentamos os valores dos nossos contratos e tivemos um BOOM no faturamento. No primeiro momento pensei: “Uau! Acertei”.

Mas não demorou muito tempo e comecei a ver que a conta não fechava.

Comecei a aumentar muito a equipe e a cada contratação a falta de processos e modelo aumentava a bagunça e a confusão.

Eu não tinha uma documentação clara de processos, o nosso SEO tinha todos os modelos mas as outras atividades estavam bem desorganizadas.

Aos trancos e barrancos e com muita garra fomos tocando os projetos e ajudando os nossos clientes.

Nessa época trabalhava os 4 turnos. Manhã, tarde, noite e madrugada.

Aqui eu me sentia um grande procrastinador, mesmo trabalhando feito um louco. Eu sabia que eu não estava trabalhando de maneira inteligente.

Pense sobre isso.

Imagine uma pessoa que tem um carro na garagem que está precisando trocar um Pneu. Mas ele fica procrastinando para trocar o Pneu e prefere ir a pé para o trabalho.

Era assim que eu me sentia.

Eu sabia que precisava parar e fazer uma mudança, começar um novo projeto, reformular aquele modelo, mas estava pagando as contas, gerando faturamento, depois eu resolvo isso.

Eu engordei 10kg, estava preocupado em gerar resultados para os clientes e fazer as coisas bem feitas e vivendo um dia a dia altamente stressante.

Os clientes me ligavam para perguntar: “Natanael, hoje só vi 2 postagens no Facebook, algum problema? Não eram para ser 4?”

Ser cobrado por coisas operacionais era irritante.

Um dia depois de trabalhar de 7h até às 3h da manhã. Fui dormir e acordei 5h da manhã me sentindo muito mal.

Senti uma palpitação forte no peito e  fui para o hospital.

O médico falou: “Você gosta da sua esposa?
Eu disse: “Claro.
Ele disse: Por que você quer deixar ela viúva tão nova?

Fiquei bravo com ele na hora. Mas depois ele explicou que eu estava com todos os meus níveis alterados e stress poderia causar complicações.

Isso aconteceu em Setembro de 2014.

Em dezembro de 2014 peguei um avião e fui para os EUA em busca de um novo modelo.

Não dava mais para procrastinar.


Os Processos Para Vender Todos os Dias irão eliminar sua Procrastinação

Cheguei nos EUA e descobri que existia um modelo de fechar contratos de alto valor sem precisar ter uma equipe gigante e sem precisar ficar fazendo coisas operacionais.

Na hora decidi que aquele seria o modelo que eu iria seguir e que eu iria investir o quanto fosse necessário para ter acesso a todos aqueles processos. Foi isso que eu fiz.

Transformei minha agência Full Service em uma Agência Enxuta.

A melhor decisão de todas. Sem comparações.

Nessa palestra eu mostro os detalhes dessa história e também explico quais são os processos que você precisa seguir para vender todos os dias.

Apenas siga esse modelo sem tentar inventar nada e você verá como sua produtividade irá para um outro nível.

Os 3 Níveis do Crescimento de uma Empresa e o Mínimo Produto Viável

Lendo o livro Startup Enxuta eu aprendi que a maneira mais inteligente de criar processos é primeiro validando algo com uma primeira versão.

Qual a coisa mais rápida que você pode fazer para testar se aquele modelo irá funcionar?

E aqui entram os 3 níveis ou 3 fases para crescer qualquer tipo de negócios.

As 3 fases são: 

01 – Validação
02 – Tração
03 – Escala

A maioria das pessoas que se sentem travadas estão tentando escalar algo que ainda não foi validado. É loucura.

Depois de validar você precisa fazer a fase da tração para então buscar escalar.

Não vou me aprofundar nesses conceitos pois não é o propósito do artigo mas quero dar uma visão geral de planos de ação para evitar que você fique procrastinando os próximos passos.

Vou usar meu exemplo para facilitar.

Quando eu fui para os EUA eu conheci os Funis de Vendas e as Campanhas de Vendas.

Eu precisava validar. 

Fechei um primeiro contrato e entreguei um funil para o cliente, o resultado foi excelente e o cliente ficou muito feliz.

Eu fiquei muito feliz porque fiz tudo sozinho, sem precisar da equipe.

O primeiro contrato que eu fechei de alto valor foi com um cliente que eu já atendi e eu apresentei um novo escopo para ele.

Agora eu precisava de uma tração, ou seja, aumentar os canais de resultados, conseguir clientes que não me conheciam.

Eu defini uma meta de cerca de 10 clientes pagando R$10.000

Nessa época fui convidado para fazer uma palestra e lá, apresentei o novo modelo que estava trabalhando e fechei 7 novos contratos de R$10.000.

Depois fechei outros contratos.

Agora eu tinha feito uma tração. Tinha criado um indicador financeiro e consegui alcançar.

O próximo passo seria escalar. 

Agora eu tinha uma equipe bem menor, um modelo totalmente enxuto.

Foi quando eu comecei a passar as atividades que eu fazia sozinho, fui passando para os membros da equipe.

Nesse momento comecei a encerrar todos os meus contratos antigos de Full Service.

Quando você tem um modelo para validar, tracionar e escalar, tudo fica mais fácil.

Existe um outro conceito chamado de “Pivotar”.

Foi o próximo passo que eu dei.

Comecei a criar grupos de negócios, isto é, ao invés de atender clientes individualmente começamos a montar grupos.  (Veja aqui um exemplo de como eu vendo esses grupos)

Conclusão:

No mundo do Marketing Digital existem muitas pessoas procrastinando parar e fazer as coisas do jeito certo.

Muitas pessoas procrastinando parar de inventar.

Muitas pessoas procrastinando começar a fazer as coisas que precisam ser feitas.

Muitas pessoas procrastinando investir o que precisa ser investido

Porém, o que muitas vezes você considera como “Procrastinação” na verdade é o efeito de não saber o que fazer.

É uma pura relação de causa e efeito.

Causa: “Me sinto perdido”
Efeito: “Estou procrastinando fazer alguma coisa”

Existem pessoas procrastinando lançar um blog, pois não tem certeza se estão fazendo do jeito certo.

Alguns estão procrastinando gravar vídeos, pois não tem certeza se vai dar certo.

E assim por diante.

Se você está procrastinando começar o seu negócio de marketing digital ou mudar para o modelo de agência enxuta, eu quero te apresentar um caminho que já foi trilhado e validado.

É o caminho da formação do nosso Programa de Formação e Certificação Expert em Vendas Online.

Você terá acesso ao nosso método, processos, templates, modelos, orientação, acompanhamento e principalmente respostas para quando você não souber o que fazer.

Procrastinar agora é uma questão de opção.

Você já sabe o que fazer e qual caminho seguir, correto?

Se você quer vir comigo nessa jornada, faça sua aplicação e seja entrevistado por nossa equipe.
Eu terminei a palestra às 2h da manhã porque naquele dia eu coloquei na minha agenda que iria gravar a palestra. Mas durante o dia acabei demorando mais que o previsto em algumas reuniões.

Mas eu tinha colocado no meu planejamento do dia que eu iria gravar aquela palestra naquele dia.

Eu não precisava gravar exatamente naquele dia mas eu tinha me comprometido a fazer e isso me motivou a ir lá e terminar.  A sensação de gratificação é muito boa.

Quando você cria o hábito de cumprir o que você promete para você mesmo, além de você saber o que irá fazer você vai fazer.

Algumas pessoas até já sabem o que fazer mas não conseguem colocar em prática. Por isso é tão importante compartilhar suas metas com grupos e fazer parte de uma comunidade.

Mas isso é um assunto para outro artigo.

Grande abraço e vamos em frente.

Deixe o seu comentário e vamos conversar sobre o tema. 🙂

Natanael Oliveira
Natanael Oliveira é publicitário, Criador do Programa de Formação Expert em Vendas Online, Co - fundador do portal Marketing Com Digital Cursos e autor do livro Seja o Empresário da Sua Ideia.

Comentários

  1. Natanael, parabéns pelo artigo. Bastante esclarecedor e, acima de tudo, motivador. A procrastinação é um grande mal que afeta muitos empreendedores, principalmente pela falta de um norte. E é mesmo o que você disse: “Por que reinventar a roda se já temos tudo pronto?”
    Basta arregaçar as mangas e implementar! Vamos em…. frente!

    Responder

  2. Natanael, é incrível como você constrói a informação, uma leitura rápida e muito, muito simples de entender. Conteúdo simplesmente maravilhoso! Obrigado por compartilhar!!

    Responder

  3. Olá Natanael, show de bola o artigo, lembro na aula online quando você deu a sugestão “coloque no papel o que vai fazer HOJE” e faça independente da hora. Adotei este sistema, então por mais que eu me envolva com outras coisas, não vou dormir sem terminar tudo que me propus a fazer. E com certeza posso dizer que esta me ajudando muito, de repente estou trabalhando mais, mas estou tranquila. Vamos em frente!!

    Responder

    1. Natanael Oliveira

      É isso ae Simone! Você começa a ser mais racional naquilo que você se compromete a fazer e quando não faz…sente o peso daquilo.

      Isso te ajuda a sempre ter em mente o propósito do dia e faz com que você siga que está andando para frente. rs

      Vamos em frente
      Grande abraço

      Responder

  4. Muito obrigado Natanael, você me ajudou demais. Eu vou ser um dos seus melhores alunos e estarei no Evento EVO 2017 apertando sua mão e sua equipe e contando minhas cases de sucesso para a platéia. ” Se Posso Sonhar, Então Posso Fazer.”

    Responder

  5. Ótima observação.

    Sempre me pego nessa “desculpa” da procrastinação.

    Penso que uma palavra-chave é buscar sempre Clareza sobre o que fazer.

    Agradeço !

    Responder

  6. Maravilha de conteúdo Natanael, atualmente passo por isso e muitas vezes tentei buscar em livros de produtividade, cursos e vários outros lugares. Fez bem para mim, estou colocando em prática e vejo que minha perfomance em questão de ter mais energia e disposição aumentou, porém mesmo assim ainda me sinto procrastinado as vezes, eu sempre achei que o problema seria resolvido como: “Bruno, você precisa fazer mais um curso de produtividade ninja.” Porém essa não é a chave e ficou muito claro para mim através do artigo. Procrastinamos porque não tem processos, modelos e cronograma validados para seguirmos, então por não sabermos o que fazer, acabamos “enrolando” para fazer aquilo que deveria ser feito! Obrigado por essas orientações Nata, nesse momento estarei mudando a direção do meu foco e estarei me concentrando realmente em aprender o que ainda não sei. Afinal o que não tenho é porque ainda não sei, porque se eu soubesse eu já teria! 😀 Vamos que vamos! Gratidão

    Responder

  7. Artigo Fantástico esclarecedor me identifiquei bastante e vou divulgá-lo para ajudar outras pessoas Estou pensando até em escrever um artigo no meu blog e vou mencionar o seu me motive também a fazer um vídeo para o meu canal.

    Responder

  8. Aqui a gente sempre encontra os melhores artigos e informações, validadas, tracionadas e escaladas!!! Obrigado!!!

    Responder

  9. Olá Natanael.

    O que tem me feito procrastinar é a questão da automatização do processo.

    Poderia haver um blog de baixo custo com as automatizações básicas para quem está começando, sem precisar configurar nada , só colocarmos os nossos conteúdos . Até existe mas o valor na faixa de R$1.000

    Sabe se existe um serviço desse mais barato? Tipo R$200 , R$ 300,00 , pois para o iniciante as ferramentas ficam caras

    Responder

  10. Mais um excelente conteúdo. Meu obstáculo tem sido o bloqueio de vender meus serviços, foi ótimo encontrá-lo nesse período. O curso PCD tem sido um divisor de águas. Em setembro estarei no evento EVO. Parabéns Natanael e equipe.

    Responder

  11. Muito bom seu artigo! Sou designer gráfico e realmente me enquadro nessa situação, não saber seguir um processo, método…
    Assim que eu puder e ter condições, irei participar do evento.
    Abraço Natanael!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *