Como gerar mais tráfego e leads usando o Marketing de Conteúdo

Como gerar mais tráfego e leads usando o Marketing de Conteúdo

Compartilhar




Você está tendo dificuldades para criar estratégias de geração de leads para o seu negócio ou para os seus clientes? Neste artigo eu quero te mostrar um caminho para facilitar as coisas para você, ensinando a estratégia do Conteúdo de Alta Qualidade.

Você irá aprender Como gerar mais tráfego e leads, usando o Marketing de Conteúdo. Neste artigo eu vou te ensinar coisas muito, muito importantes… Sugiro que você pare tudo o que você está fazendo e dedique os próximos minutos aqui comigo… Pegue um papel e caneta para anotar os insights que irão surgir. Combinado?

Então vamos lá.

Primeira coisa que eu preciso explicar para você é que o SEO mudou… Mais uma vez.

Se você já trabalha a algum tempo com marketing digital já deve ter ouvido isso diversas vezes, mas eu posso dizer que agora é sério…

Não que nas outras vezes as mudanças não aconteceram de fato, elas realmente aconteceram, porém, todas as mudanças anteriores foram pequenos avanços para onde estamos chegando agora, que muitos estão chamando de SEO Moderno.

Vou compartilhar aqui um Infográfico que explica isso em detalhes.

Novo-SEO
Deixa eu explicar rapidamente alguns dos principais pontos que você precisa entender sobre esse Infográfico.

01 – As coisas técnicas vão ficando para trás

Quando eu comecei a trabalhar com SEO há 5 anos, confesso que me assustei no começo e pensei que isso era coisa de TI, programadores, etc… Mas depois de olhar com atenção tive a certeza que SEO era puro marketing e a tendência era que isso se tornasse realmente presente em todas as empresas no mundo. Isso está de fato acontecendo hoje.

No passado, o FOCO do SEO era simplesmente alcançar a tão sonhada primeira página do Google. Era como se a empresa que conseguisse ficar na primeira posição automaticamente recebesse um depósito de 1 Milhão. (Doce ilusão).

No antigo SEO, os profissionais estavam prestando atenção somente nos algoritimos e nos fatores de ranqueamento, um verdadeiro festival de assuntos técnicos que por muito tempo “prejudicou” a reputação do SEO como sendo algo para programadores e a turma da TI.

Foi nesse contexto que vivemos a época “negra” do SEO, com inúmeros profissionais “técnicos” concentrados puramente em manipular os resultados, descobrir atalhos, macetes, técnicas ninjas e toda essa baboseira…

O SEO Moderno, por outro lado, não se CONCENTRA em simplesmente ranquear um site nos Mecanismos de Busca. Aqui o assunto é Qual o retorno financeiro gerado através dos mecanismos de busca?

Qual a qualidade do tráfego que estamos gerando?

Qual a experiência que as pessoas estão tendo com nossa marca e conteúdo, elass estão felizes com isso?

02 – Não se preocupe tanto com as palavras, mas com as intenções

Antigamente, o foco do SEO estava em simplesmente gerar um relatório das palavras-chaves mais buscadas e então “produzir conteúdo de qualidade”. Um processo muito superficial para explicar o que exatamente significa pesquisa e planejamento de conteúdo.

No passado (e até hoje na maioria das empresas), utilizar ferramentas para listar palavras-chave era a principal atividade que os profissionais de SEO realizavam. Porém, no SEO moderno o foco está em descobrir qual a intenção das pessoas no momento da busca.

É uma busca com a intenção de compra? Uma busca com intenção de mais informações? Analisar combinações de palavras-chaves se tornou uma importante atividade para definir em qual momento o usuário está quando ele realiza uma determinada combinação de buscas. É por isso que saber produzir o conteúdo com o direcionamento correto faz toda a diferença no resultado final de conversão.

Vamos para a terceira mudança?


03 – Conteúdo para as pessoas, não para os robôs 

No antigo SEO, as perguntas de alguém que iria iniciar a produção de um conteúdo eram “Quantas vezes eu posso repetir a palavra chave?” “Tenho que usar o H2 com palavras-chaves específicas, mesmo que não faça muito sentido no texto?”

A preocupação não estava em entregar algo de valor, útil e verdadeiro para as pessoas, mas simplesmente manipular os mecanismos de buscas, adicionando elementos que indicavam um reforço a determinadas palavras-chaves. Por muito tempo (e até hoje também) foi isso que foi ensinado e semeado quando se fala sobre produção de conteúdo para os mecanismos de busca.

Quando na verdade, o conteúdo deve ser pensado, planejado e dedicado para o seu público.  No SEO moderno o conteúdo assume o papel de gerador de valor para sua audiência e precisa ser pensado com uma estratégia não somente de atração, isto é, chamar atenção simplesmente, mas fazer com que as pessoas possam ter uma genuína interação com o seu conteúdo.


04 – Menos links e Mais Indicação de Conteúdo

O Link building, na minha opinião, foi uma das piores influências que o antigo SEO recebeu, pois ele atraiu Spammers, estratégias pobres para gerar links, compra ilegal de links e uma série de outras ações “interesseiras”, tudo em troca de um link.

No SEO moderno não é mais a quantidade de links que funciona, mas a QUALIDADE que realmente importa. Essa é uma excelente notícia. Conheço estudo de casos de sites com apenas 27 backlinks, acima de sites concorrendo com a mesma palavra-chave com mais de 30.000 backlinks.

Para os “espertinhos” que ainda conseguem manter um bom posicionamento para algum termo em específico devido suas estratégias “Inteligentes” de geração de links, eu começaria a produzir conteúdo rápido, pois a festinha está mais perto de acabar a cada dia que passa.

05 – Não é mais questão de posicionamento, mas de confiança em você

O resumo de todas essas grandes mudanças é que no final de tudo, o que realmente importa é que seu site/blog se torne uma fonte verdadeira de confiança, primeiramente pelo seu público e em segundo lugar pelos mecanismos de busca. Um está totalmente ligado ao outro.

Se existem fatores que indicam que seu site gera confiança, autoridade e credibilidade, isso irá ser transmitido para os mecanismos de busca e, consequentemente, você irá gerar mais tráfego. Ponto final.

Agora vamos voltar para a geração de leads.

Não importa qual seja o seu tipo de negócio, você PRECISA produzir conteúdo, isso não se discute mais.
É muito comum alunos e clientes me perguntarem: “Mas meu negócio é diferente… Acho que isso não se aplica para mim”…

Um estudo realizado ainda em 2013, mostrou as metas das empresas B2B em aumentarem cerca de 50% seu investimento em geração de Leads.  Mas o grande desafio de muitas empresas hoje em 2015 é: “Como gerar mais leads para o meu negócio?”.

É nesse cenário que a publicidade nativa vai abrindo cada vez mais espaço no mundo da publicidade online. Para você entender o que é uma publicidade nativa, é uma publicidade que NÃO parece publicidade.

O conceito da Publicidade Nativa surgiu com o próprio Google Adwords. Que consiste na apresentação de uma publicidade que se pareça com o próprio conteúdo nativo e não atrapalhe a experiência do usuário. Somente o termo Anúncio indica  que o link é resultado de uma publicidade.

publicidade-nativa

Outro exemplo é o próprio Youtube, onde sutilmente o anúncio aparece no topo dos resultados, mantendo o mesmo formato nativo da plataforma (vídeo), apenas com uma discreta marcação (Anúncio).

publicidade-nativa-youtube

Ou seja, nas novas estratégias de marketing de conteúdo a publicidade NÃO deve se parecer com uma publicidade. E você pode fazer isso para gerar leads e vendas enquanto você promove o seu conteúdo. Porém, ele obrigatoriamente precisa ter ALTA qualidade.

Como gerar mais tráfego e leads na pratica?

Então vamos a um exemplo prático. Você chegou até aqui para ler o conteúdo, ok? Agora eu vou fazer um “anúncio” no meio do conteúdo… Algo mais ou menos assim.

Se você quer aprender mais sobre publicidade nativa e produção de conteúdo, seu próximo passo ideal é conhecer o nosso portal de membros VIP, onde nós temos diversos treinamentos sobre o assunto. (Pronto, é assim que você gera leads e vendas dentro do seu conteúdo).

Uma estratégia que funciona MUITO bem é enviar os seus artigos para a sua lista de emails, e então trabalhar com publicidade nativa para direcionar para ofertas específicas. A taxa de abertura e cliques para artigos é sempre bem maior. Além de entregar algo de relevante para o seu público, você continua gerando vendas.

Em outros casos, você irá levar o usuário para realizar o download de algum conteúdo específico, e-book, pdf, vídeo-aula, etc.

Assim como também existem tipos de conteúdos diferentes que você pode produzir para o blog da sua empresa.

Então, agora iremos começar com o passo a passo para você gerar mais leads para o seu negócio, utilizando o marketing de conteúdo.

Passo 01: Pesquisa de Mercado

Essa é, sem dúvida, uma das etapas mais ignoradas na hora de criar uma estratégia de marketing de conteúdo eficiente. Não realizar uma boa pesquisa de mercado e então tomar as melhores decisões possíveis.

Em muitos casos, muitas empresas estão produzindo conteúdo sem sequer conhecer de fato quem é o seu público-alvo e o que ele realmente está procurando, ou seja, qual o real problema que precisa ser resolvido.

Um dos pontos mais importantes que você precisa definir antes de iniciar qualquer produção de conteúdo, seja em áudio, vídeo ou texto, é para quem você está escrevendo e em qual estágio de compra esse público se encontra.

É totalmente diferente uma conversa com um cliente que já está decidido a comprar algo, e está apenas tirando dúvidas, daquele que ainda está pensando se essa é a melhor hora ou não. Uma pesquisa de mercado é sempre útil para ajudar sua empresa a tomar melhores decisões. Essa é a grande vantagem.

Nos últimos 6 meses, nós começamos a oferecer o nosso Programa de Formação Expert em Vendas Online, nesse programa eu ensino exatamente como eu comecei minha empresa de consultoria, como eu fecho contratos e também mostro como nós criamos estratégias para ajudar nossos clientes a aumentarem suas vendas.

Hoje, sei exatamente qual tipo de conteúdo é o ideal para atrair a atenção e despertar o interesse sobre o assunto. Conseguimos chegar nessas informações começando por uma pesquisa de mercado, depois realizando testes, coletando os dados e então mensuramos os resultados e tomamos as melhores decisões.

Eu descobri que muitas pessoas não estão necessariamente pesquisando no Google por “Quero ser um consultor de marketing digital”, mas a maioria está em busca de “Começar o seu próprio negócio”, “Criar uma empresa do zero”, “Criar um negócio digital” ou até mesmo estão pesquisando por “Melhores profissionais do momento”.

São pessoas que estão em busca de novas oportunidades, muitos deles já investiram em diversos treinamentos que não geraram resultados reais, e por isso estão procurando algo mais sério, que seja mais parecido com uma empresa e não apenas “ganhar dinheiro online”.

Com base nessas informações, é possível criar um imã digital e uma promessa bem específica, para atrair exatamente o público que nós identificamos como o nosso público alvo perfeito.

exemplo-pagina-expert-em-vendas-online

Essa mesma análise precisa ser feita antes de você produzir um artigo no seu blog, um vídeo para o seu canal no youtube, um treinamento em vídeo ou um áudio para o seu podcast. Quem é o público? E o que ele quer?

A internet permite coletar inúmeras informações sobre o comportamento das pessoas, porém, a maioria desses dados são completamente desordenados e aleatórios.

A grande evolução tecnológica do momento é o chamado Big Data. Diariamente milhares de informações são geradas. Somente uma única pessoa com acesso ao Facebook, Google e Email, é capaz de gerar milhões de dados por dia.

Existem alguns desafios com o Big Data, começando pela capacidade de armazenamento dessas informações, que precisa ser cada vez maior e seguindo pela organização e visualização de todas essas informações.

Hoje, é possível descobrir milhares de informações sobre as pessoas, o que elas pesquisam, o que elas curtiram e uma infinidade de outras coisas, mas como transformar isso em estratégia?

Essa é a grande dificuldade que o ser humano enfrenta também quando o assunto é gerar leads e vendas online. São tantas estratégias, tantas variáveis e tanta “técnicas ninjas” diferentes, que é muito fácil se perder. Por isso, durante sua pesquisa de mercado, cuidado para não se perder.

O ideal é que você inicie seus projetos criando um Plano de Negócios Digital, que pode ser algo bem simples, porém, irá te ajudar a economizar muito tempo, além de direcionar suas ações com mais inteligência e eficiência.

No nosso portal de Membros VIP, nós temos um curso somente sobre criação de planos de negócios. Clique aqui para assinar agora o nosso Portal.

Vamos dar uma olhada em algumas buscas e tentar “decifrar” o que as pessoas querem, quando o assunto é “Festa Infantil”

Como-gerar-mais-trafego-leads-busca-sugestoes

Reparem nos dois termos: “Simples e Com Pouco Dinheiro”

Isso representa uma intenção muito clara de fazer uma festa, porém, sem muitos gastos, ou seja, com economia.
Quando você começa a observar essas informações, começa a criar um primeiro quadro de uma mãe ou pai, que estão planejando o aniversário do filho, porém, não querem acumular novas dívidas nesse momento, ao mesmo tempo que não querem deixar a festa passar em branco.

Sabendo disso, uma empresa que trabalha nesse segmento deve utilizar em sua comunicação chamadas que envolvam não necessariamente “Faça sua festa gastando pouco”, mas algo que comunique diretamente com essa intenção.

Por exemplo: Você sabia que é possível organizar uma festa infantil de altíssima qualidade, sem precisar extrapolar o seu orçamento? Isso mesmo. 

Imagine a festa do seu filho com o melhor cardápio, as melhores opções de brinquedo, tudo da melhor qualidade e sem você precisar se preocupar com o limite que você combinou para o orçamento da festa. Deixa eu te explicar isso melhor. 

Quando você cria uma festa personalizada e organizada, você consegue ter um evento de alto nível, sem precisar extrapolar seu orçamento. Muitos pais erram na hora de planejar a festa infantil e acabam tomando decisões erradas, porque não se atentam a todos os detalhes sobre a festa. Mas fica tranquilo, nós preparamos um checklist de 15 perguntas que você deve fazer ANTES de fechar os valores da sua festa infantil. 

Algumas dessas perguntas irão te ajudar a economizar mais de 50% somente na escolha dos pratos. Faça o seu download agora e veja as dicas completas.

Pronto. Eis uma chamada específica que pode ser publicada no Blog da empresa e no final leva a pessoa para realizar o Download do PDF: “15 Perguntas para você fazer antes de realizar a festa infantil do seu filho que irão te ajudar a economizar no mínimo 50%”.

 

como-gerar-mais-trafego-leads
Exemplo de busca para criação de estratégia de conteúdo

Nessa segunda imagem nós temos um outro tipo de intenção, mais voltado para uma quantidade específica de pessoas no evento.

Se a empresa por exemplo, tem um espaço para 50 pessoas, ela deve construir sua estratégia para orientar esse público. Seguindo a mesma linha do exemplo anterior, o mais importante é criar uma comunicação que seja DIRETA no ponto de intenção.

Se existem pessoas procurando por “Como organizar uma festa infantil para 100 pessoas” a empresa que vende esse serviço, precisa produzir um conteúdo INCRÍVEL sobre isso.

Isso significa ensinar TUDO o que for necessário para que a pessoa possa sentir que aprendeu com alguém que entende do assunto, ou seja, uma autoridade.

Eu poderia passar horas e horas criando exemplos para diversos tipos de empresas, mas acredito que você já conseguiu entender qual o X da questão.

De fato, não é tão simples quanto parece, porém, criar essa abordagem e realizar essa busca não é nada de outro mundo.

Em nosso trabalho de consultoria em vendas online essa é uma das principais atividades que realizamos para os nossos clientes, que consiste em dizer sobre QUAL assunto eles devem falar e COMO eles devem falar.

Esse é um dos serviços de consultoria extremamente valorizados pelas empresas, e hoje nós temos pouquíssimos profissionais que sabem fazer isso do jeito certo. Uma excelente oportunidade, tanto para as empresas que têm poucos concorrentes, como para os profissionais que querem vender esse serviço para as empresas através de consultoria em vendas online.

Passo 02: Crie páginas de Captura com Altas Taxas de Conversão

Toda a construção de lista, ou seja, geração de leads, passa por uma página de captura. É aqui que muitas, muitas empresas tem errado desastrosamente. A página de captura é extremamente importante para QUALQUER negócio, pois é nela que se inicia o Funil de Vendas e a primeira qualificação do seu potencial cliente.

Uma página de captura com altas taxas de conversão podem representar duas coisas muito importantes:

01 – Redução dos custos com marketing
02 – Atração do Público-alvo perfeito

Caso as páginas não cumpram seu papel elas podem gerar dois grandes problemas:

01 – Alto custo por lead
02 – Baixa conversão de vendas (Público errado)

Eu vou te ensinar agora um checklist detalhado para você nunca mais errar na construção da sua página de captura, combinado?

Essa aula faz parte do meu curso “Como criar um Plano de aquisição de Clientes”, que faz parte do nosso acervo de cursos do Portal de Membros VIP.

Terceiro Passo: Você precisa de um Imã que realmente chame atenção e qualifique

Ok, agora que você entendeu a importância de uma pesquisa de marketing e de páginas de captura com alta conversão, preciso alertar para algo que tem passado despercebido por muitas empresas, que são os imãs digitais.

É muito comum que, durante nossa consultoria com novos clientes, uma das primeiras mudanças que sugerimos seja a do imã digital, ou seja, o conteúdo gratuito que as empresas oferecem em troca do email.

Em sua maioria, as empresas têm escolhido imãs digitais genéricos em promessa e extensos em conteúdo desorganizado.

O seu imã digital precisa ser o pedaço de uma solução específica para resolver um problema específico. Não adianta reunir 10 dicas sobre “A,B,C” se esse conteúdo não gerar o valor de uma solução específica.

Você precisa que o seu público salte da cadeira e comemore “Meu Deus! Esse material foi INCRÍVEL! Não acredito que eu recebi isso de graça”.

Infelizmente, a maioria dos “conteúdos gratuitos” disponíveis na internet não passam de “embromation” dos grandes. E é por isso que estamos vivendo um MOMENTO ÚNICO.

Enquanto os concorrentes estão simplesmente entregando um conteúdo pobre ou então conteúdos que simplesmente são pura enrolação, que só informam mas não transformam, você pode criar algo realmente útil e lucrar muito enquanto ajuda as pessoas.

Eu vou te ensinar agora um método para construção de Imãs Digitais atraentes.

Resumo:

Para gerar mais tráfego e leads para a sua empresa, você PRECISA de um Blog. Ponto final

Não é difícil criar um blog, canal no Youtube ou página no Facebook e começar a compartilhar conteúdo.
Tanto que muitas pessoas têm feito isso. A parte difícil é como atrair um público leal e como fazer com que essas pessoas possam ter uma ótima experiência com o seu conteúdo ANTES de comprar o seu produto/serviço.

Até você entender isso, você irá ficar “patinando” nas suas estratégias. O segredo, não somente para gerar mais tráfego e leads, mas principalmente para aumentar o retorno financeiro das suas campanhas, consiste em AJUDAR as pessoas ANTES de vender qualquer coisa.

Essa é a melhor estratégia de todas, porém, não é a mais fácil e dá muito trabalho. Mas, vale a pena.
Você prefere trabalhar duro em algo que irá trazer retorno ou ficar trabalhando “mais ou menos” em várias coisas que não dão certo?

A escolha é sua, e as consequências também. 😉

Se você quer participar da nossa comunidade VIP no Facebook e ser acompanhado por mim e pela minha equipe, além de receber toda semana novos cursos sobre tráfego, engajamento e vendas, te convido a conhecer o nosso portal de Membros VIP Marketing Com Digital.

Grande abraço e até a próxima.
Não esquece de deixar o seu comentário. 😉