Como usar o Gráfico de Conhecimento do Google para Aumentar as Vendas da Sua Empresa

Nos últimos 5 anos realizei diversas palestras falando sobre SEO e Google. Antes mesmo de falar sobre estratégias de otimização de sites e geração de tráfego, citei, por diversas vezes, a missão do Google, que é “Organizar as informações do mundo e torná-las mundialmente acessíveis e úteis.”

O prazo estimado foi de 200 anos, mas a boa notícia, e ao mesmo tempo estranha, pelo menos para esse que vos escreve, é que esse dia parece que está quase chegando. As últimas atualizações do Google trouxeram avanços tão incríveis que nos fazem sentir como se esses 200 anos previstos, já tivessem se passado.

No entanto, a grande maioria da população mundial sequer notou o que está acontecendo nos bastidores. Isso é semelhante aos pais que estão diariamente olhando para os seus filhos e sequer conseguem notar o quanto eles estão crescendo, porém, quando alguém de fora encontra a criança, logo percebe a grande mudança.

Eu sei que esse não foi o melhor exemplo de todos, mas é o que temos para hoje. rsrs.

A grande verdade é que somente nos últimos 5 anos o motor de busca do Google passou por transformações tão significativas que é possível dizer que se trata de um Novo Google, completamente renovado desde o seu lançamento em 4 de setembro de 1998. Mas, como foi dito no começo deste artigo, quase ninguém percebeu isso.

Talvez você esteja se perguntando: “E por que as pessoas deveriam se importar com isso?” Que diferença isso faz na minha vida? “Eu só uso o Google para tirar minhas dúvidas mesmo”.

Para te explicar o como isso é importante para TODOS, e como você pode usar essa nova lógica de organização de informações para aumentar as vendas da sua empresa, eu preciso falar sobre o nosso “DNA” digital e como as novas tecnologias estão moldando o nosso caráter e nos influenciando diretamente em TODAS as nossas decisões diárias.

Então vamos lá.

Muito mais que um Mecanismo de Busca

Em primeiro lugar, é preciso quebrar um MITO que faz com que muitos profissionais de marketing se limitem a olhar para o Google apenas como uma simples fonte de tráfego.

Sim, o Google é uma empresa especializada em busca, publicidade contextual, porém, ele é MUITO, muito mais do que isso. Com um olhar um pouco mais atento você perceberá que Google é o maior acervo de informações do mundo e que ele cresce a cada segundo… e não para de crescer.

Comece a olhar para o Google como uma incrível plataforma que todos os dias coleta milhões de informações em todo o mundo sobre os mais diversos tipos de assuntos possíveis e imagináveis. Essa incrível plataforma está armazenando, categorizando e deixando acessível informações sobre qualquer assunto.

Todos os dias essa plataforma se concentra em entregar melhores resultados, ou seja, dar uma resposta precisa para qualquer pergunta feita sobre qualquer assunto. No entanto, ainda existem diversos desafios a serem vencidos para que as respostas sejam realmente precisas.

Sem dúvida, esses são obstáculos temporários e que serão superados.

 

O Gráfico de Conhecimento do Google

No vídeo acima a primeira frase dita é: “Não seria incrível se o Google conseguisse entender o real significado das palavras enquanto você faz uma busca?”

É aqui que o gráfico do conhecimento chega como uma das maiores revoluções em termos de organização de informação que a humanidade já presenciou. E muitas pessoas sequer notaram isso.

Imagine que todos os assuntos começam a ser organizados e estruturados como um grande gráfico, simples de ser entendido?

grafico-de-conhecimento-leonardo-da-vinci

grafico-de-conhecimento-02
Se você observar a maneira como os resultados que envolvem o gráfico de conhecimento do Google, existe uma lógica muito clara na organização dessas informações.

Vou tentar deixar isso mais claro através  do exemplo dado pelo próprio Google.
grafico-conhecimento-renascimento
Observe o tema central da imagem “Renascimento”. E ao redor você terá os principais pontos de conexão com o tema central.

É possível que durante a primeira leitura deste texto a “ficha” não caia de primeira. Sugiro que você leia este texto mais de uma vez.

Ok. Vamos continuar.

Essa nova lógica de organização de informações é a grande mudança na maneira que o Google organiza todas as informações que ele coleta diariamente, com o propósito de entregar a melhor experiência para os usuários, isto é, responder exatamente a pergunta que foi feita durante o momento de uma busca.

Como usar essa lógica para aumentar suas vendas?

Eu já escrevi um artigo sobre a habilidade número 01 de um consultor de sucesso. essa leitura vai te ajudar a entender a importância da coleta de dados e análise para a construção de estratégias para o seu negócio.

Mas o grande ponto aqui está em usar a lógica do gráfico do conhecimento para construir sua estratégia de produção de conteúdo e promoção do seu produto/serviço.  É muito comum as empresas publicarem informações soltas e desorganizadas que podem até entregar um pedaço de algo relevante para o seu público, no entanto, as peças ficam faltando e a mensagem não cumpre o seu papel.

Quando você cria um gráfico de conhecimento para educar o seu público, falando sobre os aspectos mais importantes e fundamentais para que ele, de fato, receba os fatos mais importantes para sua tomada de decisão, você está usando a maneira como nós aprendemos as coisas e como o ser humano vem buscando absorver todas as informações desde que o mundo é mundo.

Desde quando nascemos, nossa maneira de aprender é através da associação, ou seja, algo que nós já sabíamos nos ajuda a aprender coisas novas. O acúmulo de informações antigas e novas é o responsável pela fixação do nosso conhecimento.

Esse método tem sido responsável pelos grandes avanços da humanidade. Todos os grandes inventos foram baseados em informações descobertas anteriormente, informações que ficaram soltas, esperando que alguém juntasse os pontos.

 

A nova Virada do Conhecimento

Eu acredito fortemente que estamos vivendo nos dias de hoje este mesmo momento, uma total ruptura que irá impactar todas as futuras gerações. A maneira como estamos aprendendo, compartilhando, comprando, pesquisando, está moldando completamente todas as áreas de atuação em todas as partes do mundo.

Infelizmente, no Brasil nós estamos bem atrasados com relação a todos esses assuntos. No Brasil não existe essa cultura de competitividade Global no mesmo nível que países como EUA e China estão vivendo.

A China e os EUA estão vivendo uma disputa de inteligência do mais alto nível, onde a “guerra” é de conhecimento. Quem consegue ter mais avanços, descobertas, patentes…. No Brasil nós temos diversas iniciativas que devem ser respeitadas e incentivadas, no entanto, estamos muito atrás nessa corrida.

Felizmente, essa não é uma corrida de quem chega primeiro, e também não é uma competição de um único vencedor. Isso significa que podemos aproveitar todas as descobertas já feitas por estes países, e podemos tirar proveito para nossa vida e negócios.

Porém, é preciso um novo despertar para questões que são realmente importantes. É um momento de parar de se limitar a assuntos “da moda” e se concentrar em uma missão, assim como a do Google, uma grande missão.

“Organizar as informações do mundo e torná-las mundialmente acessíveis e úteis.”

 

O Futuro da Busca e o da sua empresa

Não estou dizendo que agora você precisa criar um buscador, não é isso…

Mas é preciso um novo olhar na construção de uma estratégia de presença online para qualquer negócio que queira durar pelas próximas décadas.

Você precisa ter um desenho claro acerca dos assuntos relacionados ao tema principal da sua empresa, no caso, o seu produto ou serviço. Experimente criar um mapa mental acerca dos assuntos mais importantes que estão relacionados com aquilo que você oferece para o seu mercado.

Vou dar o exemplo de mapa mental que você pode criar e que irá te ajudar na sua criação de estratégia de produção de conteúdo e promoção do seu produto/serviço.

mapa-conteudo

Você pode usar o mapa mental não somente para entregar conteúdo, algo que eu faço com muita frequência. Mas essa ferramenta pode ser extremamente útil para criar uma linha editorial perfeita para o seu negócio.

Em outras palavras, uma linha editorial que irá chamar atenção do seu público, entregar informação útil e direcionar para uma ação específica.

 

Otimização para humanos e não para a busca

O grande mudança gerada pelo SEO Moderno está no entendimento de como nós buscamos por informações e como tiramos nossas dúvidas e tomamos nossas decisões diárias. A cada dia mais e mais pessoas criam o hábito de realizar uma busca antes de fazer praticamente TUDO.

01 – Comprar um carro novo
02 – Escolher a cor do carro
03 – Escolher o melhor financiamento para o veículo
04 – Quais os melhores acessórios para comprar
05 – Como escolher o melhor seguro
06 – Quais os cuidados para o veículo novo

buscas-relacionadas

O mais importante nesse novo contexto é olhar para as listas de buscas mais comuns não somente como “termos mais buscados” e “existe busca sobre esse assunto”. Mas colocar um tema central e buscar criar um “Gráfico do conhecimento”.

Existe um outro conceito que chega no nosso dia a dia como algo que antes parecia somente uma cena de filme de ficção científica, porém, isso é algo que o Google e outras empresas de tecnologia estão dedicando esforço contínuo, essa é a chamada Inteligência Artificial.

Não quero entrar em detalhes sobre esse assunto, pois isso vale um artigo completo, mas vou usar esse conceito para explicar como nós podemos usar essa premissa para as nossas estratégias de presença online.

Em resumo, a inteligência artificial consiste em tentar reproduzir a mesma decisão, através de máquinas, que um ser humano também tomaria e isso pudesse ser considerado como uma escolha inteligente.

Ou seja, é quase que um clone nosso em softwares. Um exemplo de coleta de dados e sugestões em tempo real para melhores decisões é o Waze. (Aplicativo que surgiu como uma evolução do GPS).

waze
Se você prestar atenção no Waze ele faz um ótimo resumo do que estamos conversando sobre informação + tomada de decisões.

01 – Ele coleta informações em tempo real do trânsito
02 – Ele faz sugestões de rotas que facilitem a meta, que é chegar a um destino específico.

Cada vez que novos dados são adicionados pelos usuários “Acidente reportado”, “Policia reportada”, “Trânsito intenso”, essa informação é coletada e novas orientações são dadas a partir dessas informações.

Agora vamos fazer uma analogia com a estratégia de produção de conteúdo, com base no gráfico de conhecimento e uma meta de gerar vendas para sua empresa ao mesmo tempo que você ajuda seu público em uma meta específica.

 

Como usar o Gráfico de Conhecimento na Prática

Imagine que o seu cliente está em busca de um resultado específico, ou seja, ele tem um destino em mente.

Assim como o Waze serve como um guia para que ele consiga chegar até o seu destino final, você precisa servir de referência para que o seu cliente tome as MELHORES decisões. Agora, imagine que o Waze não entregasse o mapa COMPLETO, apenas a primeira parte do caminho, o que aconteceria com você?

Você ficaria parado, perdido e sem saber o que fazer…

É exatamente isso o que acontece com o seu público quando você entrega apenas uma parte da informação, somente uma peça do quebra-cabeça. Muitas pessoas vão falar algo como “Se eu entregar muito conteúdo gratuito ninguém irá comprar meu produto”.

Esse é o pensamento que precisa ser eliminado completamente do seu negócio. Você não vende informação, você vende a “confiança” na validade da informação.

Qualquer pessoa pode comprar um mapa de papel e traçar o seu próprio caminho, porém, com um GPS é mais fácil, com o Waze sendo atualizado em tempo real é muito mais seguro. Consegue perceber a diferença?

Existe milhares de informações livres na internet, porém, COMPLETAMENTE desorganizadas e incompletas na maioria das vezes. E na falta de informação, seu público muitas vezes fica totalmente paralizado.

A boa notícia é que se você entender isso e começar a usar isso ao seu favor, além de construir autoridade com o seu público, por verdadeiramente ajudar com as informações completas, suas chances de atrair novos clientes e alcançar a fidelização são muito maiores.

Eu preciso te alertar que esse não é o caminho mais fácil. Não é à toa que a maioria das empresas não estão nem perto de trabalhar dessa maneira, e a razão é bem simples: Dá muito trabalho.

Mas posso afirmar que valerá a pena.
Preparado para começar?

Se você tem interesse em aprender mais sobre o assunto e dominar as principais estratégias de pesquisa de palavras-chave e produção de conteúdo e geração de leads e vendas, esse é um dos cursos que nós temos disponíveis no nosso portal de membros VIP Marketing Com Digital.

anuncio-seja-membro-vip

Natanael Oliveira
Natanael Oliveira é publicitário, Criador do Programa de Formação Expert em Vendas Online, Co - fundador do portal Marketing Com Digital Cursos e autor do livro Seja o Empresário da Sua Ideia.

Comentários

  1. Parabéns pelo artigo Natanael!!

    Sou aluno EVO e o trecho: “Você não vende informação, você vende a “confiança” na validade da informação.”, realmente é uma mudanca de paradigma !! É uma verdade bem simples, mas tem uma forca estupenda!!

    Parabens!!!

    Responder

  2. Artigo espetacular Natanael. Eu já vinha notando nos últimos dias uma mudança no google. Hoje mesmo eu pesquisei sobre um ator e veio junto os filmes que ele fez e os atores que contracenaram com ele em cada filme. Claro, é apenas um exemplo, mas sintetiza bem o que você escreveu no artigo. Obrigado por compartilhar esta informação conosco.
    Abraços e sucesso.

    Responder

  3. meusnegocioonline.esy.es/ ainda está em construção, mais falta muito para finalizar porque estou conhecendo o teu trabalho e estou aprendendo muito com o Kit de autoridadeonline e vou fazer um muito melhor.

    O brigado pelo presente do artigo é verdadeira riqueza

    Responder

  4. Parabéns Grande Mestre Natanael! Artigo muito inspirador, sou aluno EVO e uma das coisas que estava me paralisando em avançar é justamente produção de conteúdo, duvidas como, que conteúdo produzir, como produzir, estava me paralisando. Este artigo me gerou muitos insights. Obrigado!

    Responder

  5. Simplesmente sensacional esse artigo. Um dia ainda irei escrever assim, com clareza e entrega de muito conteúdo relevante. Parabéns Natanael pelo excelente artigo. E obrigado por investir o seu tempo na criação desse conteúdo para nos entregar.

    Abraços

    José

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *