ideia criatividade bom título criar

Eureka! Você não precisa de criatividade para criar um bom título

O que é mais difícil: quebrar a cabeça para criar um título ou escrever o primeiro parágrafo? Eu diria que escrever o primeiro parágrafo é mais difícil, mas só se você não tiver muito carinho pelo título…

Tudo muda de figura quando falamos de um título que atraia o leitor, um título que muitos chamam de “matador”.

Você escreve bons títulos? É isso que vamos descobrir.

MCD-banner-horizontal

Adeus, Criatividade!

criatividade bom título marketing digital

Não, não diga isso. Você não pode se despedir de algo tão importante. O que você precisa saber é: bons títulos não dependem de criatividade.

Sim, eles podem ser criados com ou sem a ajuda dela.

Para criar bons títulos é necessário entender os fundamentos que estão por trás das técnicas aplicadas pelos mais eficientes produtores de conteúdo, e algumas pessoas fazem isso até mesmo sem querer.

A seguir, vamos explorar 3 conceitos básicos que são bastante utilizados na criação de bons títulos.

1- Títulos com Promessa

“Como emagrecer e secar a barriga em 8 semanas”

Esse título é um exemplo básico de promessa e, por mais que pareça meio sensacionalista, funciona. Se você pensou “Não funciona comigo”, significa uma coisa: você não estava pensando no público-alvo.

Só para você ter ideia, frases como “simpatia para emagrecer” e “como emagrecer dormindo” são muito pesquisadas. Você se assustará se fizer uma pesquisa sobre termos de busca relacionados a emagrecimento.

Aí você pode me perguntar: Mateus, quer dizer que eu tenho que mentir? Terei que dizer que conheço um método para emagrecer dormindo ou uma simpatia?

Não, de forma alguma. Em momento algum você deve mentir no seu título. Esses exemplos estão aqui só para mostrar o quanto as pessoas estão dispostas a pesquisar para obter informações úteis sobre emagrecimento, e isso se estende para vários nichos.

No entanto, nada impede que exista um método de emagrecimento que funcione bem e em pouco tempo. E se funciona, por que não aplicar o princípio da promessa para divulgá-lo?

Eu utilizei como exemplo o Queima de 48 Horas, um treinamento de Vinícius Possebon, um personal trainer muito conhecido no marketing digital, e que você pode facilmente atestar a eficácia.

Para usar a promessa é simples: procure um problema, veja se você sabe como resolvê-lo e aplique uma estimativa de tempo, ou uma lista de promessas.

Note a diferença:

– Como emagrecer e perder peso
– Como emagrecer e perder peso em 8 semanas

A segunda consegue passar uma ideia de comprometimento

2- Títulos com especificidade

Eles servem para delimitar um tema, fazendo com que o leitor preste mais atenção.

Nesse caso, veja alguns exemplos:

– Como gravar vlogs com seu smartphone sem tremer a câmera (não precisa de tripé)

Além de delimitar muito bem o assunto, o título dá uma dica especial, algo que pode ser muito útil para várias pessoas.

Agora, um exemplo sem especificidade:

– Facebook como ferramenta de marketing

Este título não nos diz quais pontos do serão abordados no conteúdo/palestra. A abordagem é bem geral e vaga.

E como eu poderia melhorar esse título?

– Facebook como ferramenta de marketing: como gerar leads e aumentar a receita de sua empresa

Agora eu sei que o conteúdo vai explorar a utilização do Facebook como uma plataforma de captação de leads e com o foco no aumento das vendas de um produto com a ajuda da rede social.

Os títulos com especificidade servem para nos mostrar o valor da informação que está contida naquele conteúdo. É quase como se você olhasse diretamente nos olhos da pessoa e dissesse:

Ei, quero falar com você sobre algo que te interessa!

3- Títulos únicos

Quem é que não gosta de saber algo único, exclusivo, diferente?

O leitor terá sua atenção captada com algo que pareça absurdo, sem noção, ou muito curioso.

Por exemplo:

Email é coisa do passado? Saiba como aumentar as vendas de seu e-commerce enviando cartas

Em um conteúdo desses eu não diria que email é coisa do passado, mas que a forma como muitas pessoas trabalham com ele é algo que deveria ser repensada. E sim, há empreendedores que conseguem um alto faturamento com mala direta por correio.

Outro título que usa esse conceito é o deste texto.

Você não precisa de criatividade para criar um bom título

É algo que contraria o senso comum, pois muitos acreditam que escrever é uma questão de criatividade.

Eles não estão errados, mas técnica também é muito importante, e acredito que você já percebeu que é sim possível criar um bom título mesmo sem criatividade.

Desde que você possa provar o que foi dito pelo seu título, fique à vontade para aplicar esse modelo de antítese.

Recapitulando

– Não é preciso ter criatividade para criar bons títulos (Mas ela ajuda)
– Fazer promessas em títulos é algo bem efetivo, mas você tem que cumprir!
– Seja específico. Um título que passa bem a ideia fundamental do conteúdo é capaz de atrair muitas pessoas
– Trabalhe com algo único. Ser diferente, exclusivo e útil é algo que atrai muita atenção. Aproveite os seus conhecimentos e molde um título com base nisso

Em conteúdos futuros veremos mais estratégias e exemplos de títulos. Não se esqueça de pôr em prática os conceitos vistos neste texto.

Ahh, tem uma técnica muito boa para a criação de introduções de texto. Pode ter certeza de que escrever o primeiro parágrafo nunca foi tão fácil!

 

MCD-banner-horizontal

 

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *