canal youtube inscritos dicas

5 Dicas Especiais Para Turbinar O Seu Canal no Youtube

Muitos canais de sucesso no Youtube levaram meses para aprender, por meio da tentativa e erro, técnicas capazes de aumentar o número de visualizações e inscritos. Já pensou como seria bom aprender isso em alguns minutos? Pois é isso que você vai encontrar neste texto.

Técnicas Para Aumentar Visualizações e Inscritos no Youtube

Boa parte das dicas que você vê por aí são bem batidas, pois são óbvias como:

– Capriche na qualidade dos seus vídeos (Imagem e áudio)
– Determine uma periodicidade

É claro que elas são importantes e devem ser seguidas, mas existem certas dicas que muita gente não divulga.

Na lista a seguir vamos ver algumas dessas “dicas secretas”. Está preparado(a)? Pois vamos começar!

1- Nome do Arquivo

Este é, provavelmente, o erro mais cometido pelos iniciantes e até mesmo por alguns veteranos na produção de vídeos para o Youtube.

Quando você faz o upload do seu vídeo, qual é o nome do arquivo?

Se você já tem um canal no Youtube, peço que vá até o gerenciador de vídeos, escolha um vídeo qualquer e clique em editar. Do lado direito há uma coluna que diz “Informações do Vídeo”. O item “arquivo raw” vai te mostrar o nome completo, ou parcial, do arquivo que você enviou para o Youtube.

Você errou feio se:

– O nome do arquivo for o mesmo de quando ele estava na câmera

Agora mesmo eu abri a minha câmera e vi que o nome de um dos vídeos que eu gravei é 20150705194704. Esse é o arquivo bruto que está apenas na minha câmera.

– O nome do arquivo não tem nada a ver com o assunto do vídeo

Se você tem um blog que dá dicas de beleza focadas em maquiagem, por exemplo, e faz um vídeo de apresentação do seu vlog no Youtube, o nome do arquivo não pode ser simplesmente “apresentação”.

Isso provavelmente nunca passou pela sua cabeça, mas o nome do arquivo original enviado para o Youtube é importante para o posicionamento dos seus vídeos dentro da plataforma.

É só pensar assim: o Youtube não faz ideia que o vídeo 20150705194704 que eu enviei para o meu canal fala sobre maquiagem, mas quando uso os termos relacionados ao assunto do meu vídeo dentro do nome do arquivo ele passa a entender que o vídeo é daquele assunto, servindo como uma maneira de reforçar a relevância das famosas tags.

O vídeo de apresentação do site de beleza, por exemplo, deveria ser renomeado mais ou menos assim: dicas maquiagem beleza [insira aqui outros termos relacionados ao assunto].

Renomear com umas 5 palavras-chave já está de bom tamanho.

2- Sempre Preencha a Descrição

O espaço de descrição nos vídeos não serve somente para exibir os links das suas redes sociais e dar avisos. Ele também pode – e deve – ser usado para expandir o alcance dos seus vídeos nas buscas.

Há uma maneira específica de fazer isso:

1- Copie e cole o título do seu vídeo (não é o nome do arquivo, é o título mesmo) logo no início da descrição.

2- Abaixo do título, copie e cole a URL do próprio vídeo.

3- Escreva uma sinopse do seu vídeo, mas não se esqueça de utilizar as palavras-chave dentro da sinopse.

4- Adicione os links necessários dentro do vídeo: redes sociais, link para um artigo em seu blog…

5- No final, copie e cole mais uma vez o link do seu vídeo no Youtube.

Ao preencher a descrição desta maneira você estará ajudando os robôs do Youtube a classificar o seu vídeo como parte do assunto das suas palavras-chave.

3- Não Esqueça das Tags. NUNCA!

As tags são, literalmente, etiquetas que o Youtube pede que você cole em seus vídeos para que ele saiba sobre quais assuntos você está falando.

Isso significa que quem não usa tags está dificultando o processo de classificação do Youtube e, consequentemente, perdendo uma boa oportunidade de ser encontrado pelo seu público quando ele faz uma pesquisa na plataforma, ou até mesmo no Google.

No entanto, se não usar as tags é ruim, entupir o seu vídeo com tags também não é legal. Tente utilizar apenas 10 tags, e certifique-se de que você escolheu as palavras-chaves mais relevantes para o seu vídeo.
Além disso, há dois segredos para trabalhar com tags:

O primeiro é que você deve criar uma tag exclusiva para o seu canal, que será utilizada em todos os seus vídeos.

EX: Se o seu canal dá dicas de saúde, uma boa tag exclusiva seria #DicasSaudeNomeDoSeuCanal

E por que fazer isso?

Já reparou que o Youtube mostra vídeos relacionados em uma coluna do lado direito da tela? Ele faz isso para que os usuários possam ver outros vídeos sobre assuntos semelhantes ao seu.

A partir do momento que você cria uma tag como a que está no exemplo, você tem uma tag única, e assim o Youtube mostrará um número maior de vídeos do seu canal dentro da coluna de vídeos relacionados.

Essa é uma boa forma de fazer com que o usuário não saia do seu canal.

A segunda dica secreta, e super poderosa, de como trabalhar com tags pode ser vista no nosso artigo: Youtube Para Negócios.

4- Arte do Canal

Arte do canal é muito útil para que você informe ao seu público a periodicidade dos seus vídeos. Mesmo que você sempre lance os vídeos em dia, novos visitantes não sair olhando a data de publicação de cada vídeo para entender a periodicidade do seu canal.

Basta detalhar a programação de forma simples na arte do canal e pronto, todos saberão quais os dias e horários em que os vídeos são lançados.

Isso aumenta a expectativa do seu público ao mesmo tempo em que diminui a frustração, já que ele não terá o problema de olhar diariamente para o seu canal e não encontrar um vídeo.

5- Adicionar uma Descrição Para o Canal

É bem simples, mas muito importante. Você não pode esquecer de preencher a área “sobre” do seu canal. Apesar de muitas pessoas nem sequer olharem essa aba, os robôs do Youtube olham, e isso lhe ajudará um pouquinho em relação ao posicionamento.

Recapitulando

– Sempre renomeie os seus arquivos antes de enviá-los ao Youtube usando palavras-chave referentes ao assunto do vídeo.

– Preencha a descrição seguindo o nosso passo a passo para ajudar ainda mais o posicionamento do seu vídeo nos resultados do Youtube.

– Use 10 tags para etiquetar o seu vídeo e não esqueça de criar uma tag própria para que os seus vídeos apareçam com mais frequência na lista de vídeos relacionados.

– Exiba a periodicidade dos vídeos na arte do canal.

– Preencha o sobre do seu canal e não se esqueça de adicionar as palavras-chave

Quer mais dicas de como trabalhar no Youtube? Temos vários artigos sobre isso para te ajudar! Confira o nosso artigo Como Aumentar o Número de Inscritos no Youtube: 3 Estratégias Simples e Eficientes

E, se você quiser usar o Youtube para turbinar os seus negócios, não deixe de conferir as dicas especiais da nossa área de membros.

Um abraço e até o próximo artigo!

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *