Escrever o primeiro parágrafo nunca foi tão fácil

Escrever o primeiro parágrafo nunca foi tão fácil

Compartilhar

Escrever o primeiro parágrafo de um texto é difícil? Acredite, você não é o único que sofre com esse problema. No entanto, já imaginou quantas horas você continuará perdendo se simplesmente ficar encarando uma folha em branco no editor de texto?

Você pode esperar pela geração espontânea, que segundo evidências históricas não é algo recomendável, ou pode aprender uma técnica prática e funcional que ajuda produtores de conteúdo no mundo inteiro.

Escolheu a segunda opção? Ótimo, pois a gente precisa conversar…

MCD-banner-horizontal

Uma guia para construir bons conteúdos

A técnica que mencionei é conhecida como PAS, e visa identificar problemas, mostrar o quanto eles podem atrapalhar alguém, e como resolvê-los.

Até onde se sabe, ela foi desenvolvida por Dan Kennedy, um empreendedor multimilionário e consultor de marketing norte-americano.

A técnica, por tanto, é dividida em 3 partes:

Problem (Problema)
Agitate (Agitar)
Solution (Solução)

Vamos analisar a estrutura do parágrafo inicial deste texto:

1 – Problema

técnica escrever texto marketing digital

“Escrever o primeiro parágrafo de um texto é difícil?”

Aqui, explicitei o problema em forma de uma pergunta. Se a pessoa está interessada em produção de conteúdo, é muito provável que ela continue a ler o que vem logo depois dessa frase.

É justamente nisso que você deve focar nesse momento: no interesse da pessoa.

Veja a frase abaixo:

“Você gosta de ligar para várias corretoras de imóvel toda semana?”

Bem, ela não tem nada a ver com produção de conteúdo, e a não ser que você também esteja procurando por um imóvel, ela não será atraente para você.

Por isso, a primeira lição é: delimite o assunto, pois é isso que vai fazer com que seu público-alvo olhe para você.

Por que preciso começar com perguntas?

Perguntas chamam bastante atenção. Elas fazem com que a pessoa pare para analisar se vão dizer sim, não e porque estão respondendo aquilo.

Se o assunto é um problema e elas responderem sim, só pode significar duas coisas: elas precisam de uma solução, ou elas já passaram por esse problema.

É aqui que você já captou a atenção do primeiro grupo, que talvez não saiba que tem um problema que pode ser resolvido…

“Acredite, você não é o único que sofre com esse problema”

Essa parte é bem simples, mas interessante. Você simplesmente disse que a situação dele não é única, e isso pode gerar um conforto, já que a pessoa tende a se sentir menos injustiçada, e isso será muito importante para a segunda parte da técnica…

2- Agitar

técnica produção conteúdo marketing digital

“No entanto, já imaginou quantas horas você continuará perdendo se simplesmente ficar encarando uma folha em branco no editor de texto?”

Todo mundo sabe que ter dificuldades para escrever o primeiro parágrafo – ou qualquer outra parte do texto – faz com que você demore mais para terminar o conteúdo. Contudo, mostrar um ou mais lados ruins do problema serve para “cutucar a ferida”.

E por que isso funciona?

Lembra que fizemos a pessoa se sentir menos injustiçada na etapa anterior? Agora, estamos mostrando para ela que o simples fato de outras pessoas também passarem por isso não anula as complicações que esse problema causa.

Depois disso é hora da cutucada final, em conjunto com uma solução.

3- Solução

produção conteúdo solução marketing digital

“Você pode esperar pela geração espontânea, que segundo evidências históricas não é algo recomendável…”

Essa foi a cutucada final. Fiz uma comparação com algo de conhecimento geral, como a geração espontânea, para dizer que nada vai mudar se a pessoa não agir.

Em seguida, uso o que chamamos de call to action, uma frase que estimula alguém a tomar uma decisão, acompanhada da solução para o problema

“…ou pode aprender uma técnica prática e funcional que ajuda produtores de conteúdo no mundo inteiro”

Mas isso só funciona para parágrafos mais encorpados?

Criando mensagens de impacto nas redes sociais

Uma boa imagem chama a atenção, e uma boa frase gera um clique. No entanto, ninguém gosta de ler grandes parágrafos em redes sociais. O que eu faço no Facebook, Google + e, principalmente, no Twitter?

Simples, você só precisa reorganizar as ideias da mensagem:

Não sabe como começar um texto? Continue esperando as palavras surgirem do nada, ou aprenda uma técnica para escrever parágrafos facilmente. Saiba como: [INSIRA AQUI UM LINK COM A SOLUÇÃO]

“Não sabe como começar um texto?”
Passa a ideia de dificuldade no primeiro parágrafo

“Continue esperando as palavras surgirem do nada”
É o mesmo conceito do papo sobre geração espontânea

“…ou aprenda uma técnica para escrever parágrafos facilmente. Saiba como:”
Call to action + link para a solução

Se você jogar essa mensagem no Twitter, verá que ainda sobrou espaço para inserir o link, desde que ele tenha sido encurtado por sites como o Bitly.

Recapitulando

A técnica do PAS pode ser usada na internet, seja em textos ou pequenas mensagens em redes sociais, mas não está restrita ao meio digital. Você pode utilizá-la em livros, ou até mesmo em uma conversa.

Você não pode esquecer:

– Uma frase inicial que atinja seu público-alvo com um medo que ele possui

– Uma forma de agitar esse medo: cutuque a ferida e mostre que ele está passando dificuldades por conta dela

– Ele não é o único, mas isso não justifica a falta de ação. Mostre que a solução está ao alcance dele.

Sabendo disso, será bem mais fácil atrair a atenção do seu público e aumentar a conversão do seu site.

 

Se você quer aprender como transformar seu nome em uma autoridade na sua área de atuação, este é o seu próximo passo ideal.