Os 3 Primeiros Passos de Toda Estratégia de Marketing de Conteúdo

Os 3 Primeiros Passos de Toda Estratégia de Marketing de Conteúdo

Compartilhar
inbound marketing conteudo

Ter presença na internet geralmente não é algo muito eficaz quando você não investe no tão falado Inbound Marketing. Mas e então, o que é preciso para começar de vez com uma estratégia de produção de conteúdo? É sobre isso que vamos conversar agora.

Quem já fez pesquisas sobre o tema deve ter percebido que não adianta produzir conteúdos sem algum tipo de planejamento. Fazer isso deixa a sua “estratégia” dependente da sorte, e com certeza esse não é o tipo de coisa que você deseja para o seu projeto.

O que vou te mostrar aqui nada mais é do que uma ordem lógica que vai facilitar a criação da sua linha editorial, ou seja, é algo que vai te ajudar a definir quais assuntos devem ser abordados em seus conteúdos e, em alguns casos, como eles devem ser abordados.

Preparado? Então vamos lá!

1- Conhecer bem a empresa e seus produtos/serviços

inbound marketing conteudo

Há dois pontos que devem ser levados em consideração logo no início da elaboração da sua estratégia de conteúdo:

– Os produtos e serviços disponibilizados pelo seu negócio, ou seja, o que será entregue aos clientes
– Qual é o perfil de cliente que o negócio já possui ou deseja

Essa é a definição do item 1, e pode ter certeza de que isso é algo muito importante. Olha esse exemplo…

Eu já escrevi textos para um site de um corretor de imóveis, e é claro que eu e você sabemos que este profissional trabalha com venda de IMÓVEIS.

A grande questão aqui é: que tipo de imóveis ele vendia? Eram apartamentos de luxo? Casas? Casas em um Condomínio? Apartamentos populares?

Todos os assuntos dos conteúdos eram escolhidos de acordo com o catálogo de imóveis à disposição daquele corretor, levando principalmente em consideração aqueles que o corretor sabia que gerariam mais vendas.

Se eu queria aumentar as vendas de um condomínio de casas, por exemplo, fazia um texto de “X Vantagens de Morar em um Condomínio de Casas”

Além disso, também usávamos o conhecimento de mercado do corretor e fazíamos pesquisas para atingir com facilidade um determinado tipo de público-alvo. Um exemplo disso foi um texto focado apenas no “melhor tipo de imóvel para idosos”.

É essencial que você saiba quais são os objetivos da empresas e o que ela pode oferecer para o cliente. Não ter o total conhecimento desses dois pontos fará com que você possivelmente perca tempo na elaboração e pesquisa de conteúdos que não vão gerar bons resultados.

2- Pesquisar o Público-Alvo

inbound marketing conteudo

Por mais que você tenha um bom conhecimento sobre o seu público, é melhor fazer pesquisas para confirmar as suas hipóteses e até mesmo descobrir algumas coisas que você nem imaginava.

O objetivo aqui é descobrir pequenos detalhes que serão grandes diferenciais dentro dos seus conteúdos ou até mesmo de seus produtos e serviços.

Leia comentários em fóruns, análises de produtos, veja entrevistas em que o seu público fala sobre quais são as maiores dificuldades e dúvidas…

Tudo isso vai te ajudar a direcionar a produção dos seus conteúdos e até mesmo te dar dicas de melhorias que podem ser aplicadas em seus produtos ou serviços.

Muitos textos do nosso blog, por exemplo, foram criados a partir de dúvidas postadas em redes sociais, assim como alguns dos treinamentos ao vivo realizados pelo Natanael Oliveira, fundador do Marketing com Digital, foram planejados de acordo com as maiores dúvidas e problemas do nosso público.

Pode ter certeza de que há mais informações do que você acredita que conhece, e elas farão a diferença.

3- Conhecer os Competidores

inbound marketing conteudo

Há dois tipos de competidores, os diretos e os indiretos, e você deve ficar de olho nos dois. A ideia aqui não é copiar ninguém. Tudo que você precisa fazer é prestar atenção aos erros e aos acertos dos seus competidores.

Um de seus competidores está fazendo sucesso com um canal no Youtube? Isso é um indício de que aquela plataforma pode ser boa para os seus negócios, ou seja, é bom considerar fazer conteúdos para o Youtube…

Você deve analisar toda a presença online dos seus competidores. Em quais plataformas eles atuam, como fazem contato com os fãs nas redes sociais, entre outras coisas.

A partir disso será muito mais fácil definir por onde você deve começar, já que agora é possível ter uma ideia do que realmente funciona para o seu segmento dentro da internet.

Agora, é preciso ter cuidado. Só porque um competidor não trabalha com uma plataforma X não quer dizer que ela é ruim. Talvez nenhum deles tenha explorado essa plataforma ainda e você pode ser o pioneiro nisso… Viu aí a oportunidade?

Recapitulando

1- Conhecer bem a empresa e seus produtos/serviços
2- Pesquisar o Público-Alvo
3- Conhecer os Competidores

Você acabou de ver que estes são os 3 primeiros passos para a elaboração da sua estratégia de conteúdo relevante na internet.

Se quiser, posso te ajudar a dar outro passo. Vou te mostrar em detalhes como você trabalha com os tópicos que eu te mostrei para criar uma linha editorial. É só clicar aqui.

Te espero no texto mencionado acima.