lista email marketing aumentar vendas

O seu negócio perde dinheiro quando você não usa uma lista de email

O que é que o Twitter, Youtube e Facebook têm em comum? A resposta é: eles são plataformas de terceiros.

Se essas empresas acabarem ou mudarem suas políticas, todo o contato que você tem com o seu público pode ir para o espaço, causando um grande desfalque no seu negócio.

Mais vale ter um pássaro na mão, do que dois voando. E nenhum pássaro vai voar se você tiver uma lista de email.

O potencial do Email Marketing

Antes de qualquer coisa, preciso te dar um aviso: sabe aquelas mensagens que você vê no seu email e chama de spam, ou pelo menos pensa que são um porre?

O conceito que eu vou te apresentar é completamente diferente disso.

Imagine que você descobriu uma mina de ouro. O que você faria?

A- Nada
B- Começaria a extrair o ouro o mais rápido possível
C- Procuraria uma equipe profissional em extração e, só então, iniciaria o processo

Infelizmente muitas empresas adotam a postura A ou B, enquanto poucas adotam a C, que, claramente, consegue extrair o ouro de uma maneira mais eficaz.

Agora, deixa eu te explicar…

A mina de ouro é a sua lista de email
O ouro são as conversões, as vendas que você consegue gerar através dessa lista

Sim, é possível gerar MUITAS vendas através de emails.

A diferença entre o jeito “B” e o “C”

 lista email marketing aumentar vendas

Há quem ache que quanto mais bonito for o email, maior a conversão. Errado.

Isso até pode funcionar para grandes lojas de e-commerce, como Extra, Walmart, Submarino, mas empreendedores de muito sucesso do mundo inteiro dizem que o mais efetivo é passar uma mensagem limpa e simples. Apenas texto.

Resumidamente, há 3 diferenças básicas entre o modelo B e o modelo C. Veja o que faz com que o modelo C seja o campeão de conversão

– Formatação do email (apenas texto)
– Texto em tom pessoal (de pessoa para pessoa, não de empresa para pessoa)
– planejamento estratégico na elaboração e envio do email, assim como no conteúdo do mesmo.

E como é que isso funciona exatamente?

Por que o modelo C é melhor para aumentar as conversões do seu email

Em qual das duas situações você se sente mais à vontade?

– Quando um amigo que sempre fala com você te pede um favor?
– Quando alguém que nunca fala com você chega só para pedir um favor?

Eu prefiro a primeira opção. Eu gosto de ajudar os meus amigos, mas quando alguém que nem fala comigo vem me pedir um favor… digamos que eu não tenho muita vontade de ajudar, e é bem provável que isso também aconteça com você.

Uma das principais características dos emails que seguem o modelo B é: empurrar produtos para ver se gera uma venda, normalmente falando que é a oferta.

Os emails do modelo B nunca conversam com você. Eles simplesmente só aparecem todos os dias para pedir favores.

Não é assim que funciona com o modelo C

Os fundamentos de uma estratégia de email marketing de sucesso

Lembra de que eu disse que os emails do modelo C seguem 3 conceitos básicos?

– Formatação do email (apenas texto)

Eu não conheço nenhum amigo que me manda um email parecido com esses que eu recebo de e-commerces, cheios de imagem.

O email com apenas o texto puro faz com que a pessoa que recebe aceite melhor a ideia de que é um email enviado por um ser humano, alguém que quer se comunicar.

– Texto em tom pessoal (de pessoa para pessoa, não de empresa para pessoa)

Serve para reforçar a comunicação. É uma pessoa que está entrando em contato com você. Ela está iniciando uma conversa com você. As pessoas tendem a ser mais abertas para este tipo de contato.

– Planejamento estratégico na elaboração e envio do email, assim como no conteúdo do mesmo

O email não é mandado apenas para empurrar um produto. Ele normalmente contém dicas ou informações relevantes para a pessoa que o recebeu, fazendo com que ela sinta que está recebendo algo de valor.

Além disso, a periodicidade, os emails enviados em sequência, o título, primeira linha e conteúdo são planejados para aumentar as chances de abertura e conversão do email.

Uma das formas de fazer isso é utilizando gatilhos mentais.

Percebe a diferença? O modelo B é como atirar no escuro, enquanto o modelo C é como usar uma arma com uma ótima mira. Suas chances de acertar são bem maiores.

Conclusão

O email marketing que você conhece pode até funcionar, mas não aproveita todo o potencial de um email.

Você pode sim criar um bom relacionamento com seus prospectos através de emails, e consequentemente fazer muitas vendas.

Sei que você deve ter ficado com muitas dúvidas, como:

– O que é preciso para montar uma lista de email?
– Como eu consigo emails para a minha lista?
– Como é que faço esse contato pessoal com as pessoas da minha lista?

Essas e várias outras perguntas serão respondidas em artigos futuros.

Por enquanto, que tal ler o texto do Natanel Oliveira sobre comunicação persuasiva?

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *