Por que alguns anúncios no Facebook não convertem e 4 coisas que você precisa saber para evitar que suas campanhas fracassem

Escolha uma boa imagem, tenha uma headline chamativa, escreva um texto persuasivo e crie uma página de vendas mostrando os benefícios do seu produto de uma forma irresistível.

Aparentemente é simples criar anúncios que convertem, não é mesmo?

Essas dicas são extremamente genéricas, a grande razão para anúncios não converterem no Facebook está  na falta do olhar cirúrgico nos processos.

É óbvio que você precisa ter uma boa imagem, headline, copy e carta de vendas, mas por que mesmo tendo tudo isso em mãos muitas empresas sofrem com as dívidas no Facebook que deveriam ser investimento?

Existem alguns “elementos não escritos nas regras do Facebook” que determinam o sucesso de uma campanha, e são essas regras que eu vou apresentar ao longo desse artigo.

Você vem comigo?

 

Uma das coisas que eu mais costumo ouvir das pessoas que estão criando anúncios é:

“Mas eu não sou criativo como você”

Sendo bem sincero eu não me considero criativo, pelo contrário, me lembro que para estudar na escola eu precisava reescrever toda a matéria, ou então quando eu tinha que apresentar algum trabalho,  eu sempre ensaiava com um script na mão porque tinha dificuldade de improvisar…

Felizmente, depois de um tempo eu não precisava mais dos scripts, porém eu nunca fui o aluno que só escutava o que o professor falava e já aprendia tudo…

Hoje, quando navego pelo Facebook ou analiso as campanhas de alunos que não estão dando certo, a maior parte dos anúncios são apenas um déjà vu, sempre tenho a sensação que já vi aquela imagem ou li aquelas palavras  da mesma forma como foram escritas rs.

Eu acredito que a criatividade para ser alcançada em sua melhor forma precisa ser estimulada.

Um excelente pintor não nasce fazendo bons quadros, ele primeiro se permite tentar, busca conhecer as ferramentas que possui e só assim ele consegue criar algo.

Dentro do meu processo criativo, uma das coisas que gosto de fazer é assistir séries que já sei que irão me estimular a criar novos anúncios ou modelos de campanhas.

 

Um bom exemplo é a série Mad Men, o protagonista é o Don Draper, um publicitário da década de 60 extremamente bem sucedido que trabalha em uma das agências mais conceituadas do país.

Em um dos primeiros episódios da série, Don precisa desenvolver uma nova campanha para um cliente que vende cigarros. Nessa época os cigarros estavam em decadência porque o ministério da saúde tinha recém descoberto os malefícios do cigarro.

Ele não podia simplesmente mentir e continuar dizendo que cigarros faziam bem, no entanto, a marca tinha alguns diferenciais que amenizavam os danos de saúde e a imagem que a mídia estava construindo a respeito dos cigarros.

Mas o quê realmente definiu o sucesso da campanha foi a maneira que Don olhou para o consumidor dos cigarros.

Ao invés de vender um produto “menos nocivo” ele vendeu o que as pessoas buscavam, no caso do cigarro eram: Sucesso, boa aparência, elegância e status.

Isso é tão forte que as propagandas de cigarro e cerveja são as mesmas até hoje.

Don não tentou arranjar um “jeitinho” para conseguir vender o que ele queria, ele criou um novo posicionamento e ofereceu exatamente o que as pessoas procuravam.

Vou mostrar um exemplo de como nós fazemos isso em nossas campanhas no Facebook Ad.

Esse é um exemplo de um anúncio para aquisição de novos leads:

O anúncio leva para essa página aqui:

Se você quer entender melhor essa estratégia de construção de lista de e-mails, sugiro que depois você leia o artigo Tráfego Pago: Aprenda a comprar tráfego no Facebook com Inteligência.

Como você pode ver na nossa página de captura de e-mails o ebook gratuito que oferecemos tem como promessa ensinar a como cobrar por uma consultoria de marketing digital.

Esse nome por si só já é muito bom, pois chama a atenção dos novos consultores e nos traz um público mais qualificado, porém diversificar os anúncios é extremamente importante para que você consiga ter escalabilidade.

(Eu falo sobre escalar campanhas no Facebook Ads nesse artigo aqui: Manual de Como Criar um Plano no Facebook Ads do ZERO)

Nesse ebook, além de ensinar a como cobrar, o Natanael também ensina a como encontrar clientes de consultoria, muitas outras coisas são ensinadas no montante quando a gente pega os bônus também.

Observe que na headline do anúncio a oferta é:

  • Como fechar o primeiro contrato
  • Como conseguir um cliente mesmo não sendo conhecido
  • Um plano tangível de como alcançar isso, porque se trata de um mapa

Quando você estiver criando um anúncio no Facebook, pense com quem você está falando e lembre-se de todos os desejos não explícitos.

Nós só descobrimos que as pessoas achavam que era preciso ser conhecido no mercado para fechar contratos quando fomos buscar colher informações com os nossos alunos.

4 coisas que você precisa saber para evitar que suas campanhas fracassem

 

1º – Não copie e cole o quê os outros estão fazendo, Seja criativo!

Ao longo do texto eu mostrei que para ser criativo não é preciso ser um gênio ou receber uma intervenção divina, mas é necessário estar atento aos detalhes.

Grande parte dos anúncios no Facebook não convertem porque eles não chamam a atenção, passam batidos pelas pessoas por conta da imagem, headline ou texto.(Mais para frente eu vou mostrar a sequência de atenção perfeita)

Copiar e colar modelos prontos de anúncio é o mesmo que partir do pressuposto que as pessoas são um robô.

O modelo de anúncio com uma foto de capa de ebook com a headline “Ebook Gratuito: XYZ” e a copy “Ebook gratuito de 5 etapas ensina a como ganhar dinheiro” não funciona mais.

Não espere ter bons resultados com uma copy superficial e algumas vezes com uma solução milagrosa…

Diversifique a sua copy e entenda quais são as necessidades e desejos que o seu cliente ideal não diz para você.

Sugiro que depois você leia este outro artigo, nele eu mostro como eu faço para criar uma copy para anúncio: Como Criar Copy Para Anúncios Que Vendem Todos os Dias

2º – Chamar atenção não é o mesmo que fazer vendas

Você já entendeu que muitos anúncios no Facebook não convertem porque não chamam atenção das pessoas, mas isso não significa que você deva fazer de tudo para estar no radar das pessoas.

Um grande erro que as empresas tem cometido é de não criar um bom posicionamento, isso faz com que elas acabem falando de tudo um pouco, por essa razão que as pessoas não lembram dessas empresas.

Vou dar um exemplo, o posicionamento da Marketing Com Digital é:

“Especialistas em Vender Todos os Dias”

Quando criamos esse posicionamento estamos dizendo que o quê  devem esperar de nós é uma equipe de pessoas que entendem profundamente o método para vender todos os dias.

Se o empresário nos acompanha no blog ou faz parte da nossa lista de e-mails, sempre que ele terminar o dia e ver que não fez uma venda, ele vai lembrar que ele precisa da ajuda de “Especialistas em Vender Todos os Dias”.

Para que você consiga criar bons anúncios que chamem a atenção das pessoas é indispensável ter um posicionamento bem definido e que grude na mente das pessoas.

3º – Seja congruente no que você está falando

Outro grande erro que vejo nos anúncios é oferecer banana e entregar maçã.

Lembre-se do exemplo que eu mostrei, quando diversificamos a copy dos anúncios oferecemos o quê já era entregue.

Para criar os anúncios sempre me baseio na página de destino, seja uma carta de vendas seja uma página de captura, não é preciso inventar a roda.

4º – Essa é a Sequência de Atenção Perfeita de um anúncio

De tudo o que eu falei até agora, talvez essa seja a parte mais importante que você precisa saber para não fracassar em suas campanhas no Facebook.

Lembra que lá no início do texto eu falei que alguns anúncios no Facebook não convertem porque não basta ter uma boa imagem, uma headline chamativa, um texto persuasivo e uma página de vendas com uma oferta irresistível?

Se cada um desses elementos não seguir uma ordem, talvez os seus anúncios não irão gerar o que é mais importante, vendas.

“The attention-value of an advertisement is approximetely twice as important as the actual convincingness of the test itself” – Daniel Starch

Tradução: O valor de chamar a atenção através de um anúncio é aproximadamente duas vezes tão importante quanto a conveniência real do próprio teste.

O autor Victor O. Schwab defini essa citação de uma outra forma: Um anúncio não pode gerar vendas se ele não é lido; ele não consegue ser lido se não é visto; e ele não será visto a menos que ele consiga chamar atenção.

Portanto, a sequência de um anúncio que gera vendas é:

  • Imagem
  • Headline
  • Copy(texto)
  • Descrição

Sempre que estou criando um novo anúncio, me lembro dessa sequência, me coloco no lugar de quem está vendo o anúncio para saber se eu clicaria e compraria.

Quer entender melhor os nossos processos de Tráfego Pago e Campanhas de Aquisição de Novos Clientes?

Eu tenho um Manual de 7 Passos Para Criar Uma Campanha de Aquisição onde ensino do ZERO absoluto como começar a investir HOJE no Facebook Ads, construir a sua lista de email e fazer as suas primeiras vendas durante os primeiros 30 dias.

Esse é exatamente o MESMO processo que nós utilizamos aqui na Marketing Com Digital para nossos clientes de consultoria e também para vender os nossos produtos e treinamentos.

Esse é um processo que apesar de ser muito poderoso para qualquer tipo de negócio é extremamente SIMPLES de ser implementado… e você poderá fazer isso sem precisar de horas e horas de trabalho.

Não se preocupe com termos técnicos ou conceitos difíceis de entender, nós separamos apenas a parte mais importante e prática que você precisa conhecer para começar a investir hoje no Facebook e sentir os primeiros resultados nos primeiros 30 dias.

Sério. Se você não quer perder tempo ou colocar seu investimento financeiro em risco, nunca mais comece uma nova campanha no Facebook sem usar os conceitos desse manual.

Clique aqui para aproveitar os R$200 OFF do Manual de 7 Passos Para Criar Uma Campanha de Aquisição.

 

Agora tire um tempo para me dizer como tem sido o desempenho das suas campanhas no Facebook. Quais desafios você está enfrentando? Por favor, não deixe de compartilhar, me conte um pouco mais sobre a sua maior dificuldade com tráfego pago, pois eu quero te ajudar.

Um forte abraço e fique com Deus! 😉

Gustavo Scomparim
Gestor de Aquisição de Novos Clientes e Analista de Métricas e Monetização, responsável por diversos treinamentos do Portal de Membros VIP, Manual de 7 Passos Para Criar Uma Campanha de Aquisição e Certificação de Tráfego Pago

Comentários

  1. Olá Gustavo, Gostei demais do Conteúdo!

    Estou no EVO porem mesmo assim estou sempre lendo alguns artigos aqui.

    Parabens pelo post. Muito simples e direto ao ponto. 😉 😀

    Grande abraço e Rumo ao Topo!

    Responder

    1. Gustavo Scomparim

      Fala Guilherme, muito obrigado pelo feedback positivo… 😉

      É isso aí, rumo ao topo! o/

      Responder

  2. Ainda não adquiri os cursos mais somente com os videos e os conteúdos estou montando a estrutura aqui e fechando o primeiro contrato vou entrar para o time com certeza, sem duvida os melhores métodos de vendas online do mercado estão aqui, meus parabéns e sucesso.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *