público-alvo segmentação marketing digital
Mais Vendas

Você realmente conhece o seu público-alvo?

Posted on in Mais Vendas

Sabe quando você cria um conteúdo (vídeo, texto, áudio, imagem…) tão bom que, na sua cabeça, é impossível que ele não seja compartilhado, curtido e comentado?

Afinal de contas, você se esforçou bastante para criá-lo. Fez pesquisas, edição e revisão, e sabe que o conteúdo está maravilhoso. Aí, chega o momento da verdade: a publicação. Passa uma hora, duas, três, 1 dia, e apenas duas notificações de comentário aparecem no seu perfil.

“Por que meu conteúdo não está rendendo? Ele não está bom? O que fiz de errado?”

Você pode ter errado de audiência, e isso pode ser bastante grave. No entanto, há uma solução.

Quem é o seu público-alvo

público-alvo definir segmentar marketing

O conceito de público-alvo, também conhecido como avatar, é muito difundido no marketing digital. Basicamente, o público-alvo é formado pelas pessoas que vão ter a melhor relação entre prospecto e produtor.

EX:

Qual seria o público-alvo de uma loja de acessórios esportivos como skate e pranchas de surf? A idade da audiência seria, provavelmente, de 15 a 30 anos, ou pelo menos é isso que o senso comum nos faz imaginar.

No entanto, é aí que está o problema: não podemos deixar que o senso comum defina as características do nosso público-alvo. É preciso pesquisar e levantar dados.

Por enquanto, vamos supor que os dados acima estão corretos, e que o nosso público-alvo é composto, em sua maioria, por homens de 15-30 anos.

Você acha que a mesma abordagem de um conteúdo produzido para os esportitas que são clientes da loja citada acima seria eficaz se aplicada para um grupo de empresários de 45-50 anos?

Eu tenho certeza que não.

No entanto, não adianta definir apenas características como sexo e idade para segmentar o seu público-alvo. Outros pontos, como poder aquisitivo, problemas e necessidades devem ser analisados.

Mas o que isso tem a ver com a produção de conteúdo? A resposta é: tudo

Um conteúdo não é bom se não for entendido

conteúdo marketing digital público-alvo

Recentemente eu estava fazendo uma pesquisa sobre os Promoted Tweets (tráfego pago do Twitter), e me deparei com o seguinte texto:

“Por exemplo, várias pessoas que seguem contas relacionadas a jogos também seguem @xbox. Se um usuário segue contas relacionadas a jogos, mas não segue @xbox, o Twitter poderá recomendar @xbox para este usuário.”

Para mim, este exemplo ficou claro, mas vale ressaltar que eu gosto bastante de vídeo games. Não que não dê para entender caso você não conheça, mas não seria melhor o Twitter ter utilizado algo mais genérico, como um portal de notícia, um esporte, ou uma empresa de tecnologia?

A essência da segmentação é essa: mostrar ao seu público um conteúdo com o qual ele possa se identificar.

Vamos ver, a seguir, como a segmentação de público interfere na produçaõ de conteúdo.

Idade

Na maioria dos casos a idade representa dois pontos: poder aquisitivo e vocabulário.

Digamos que eu esteja produzindo um vídeo para uma agência de intercâmbio.

Ele precisa ser atrativo para o jovem, despertando nele o interesse pela viagem, mas também deve conter mensagens para o público adulto, já que um jovem de 15 anos dificilmente terá como pagar as despesas por conta própria.

Dessa forma, as informações são organizadas para que ambos, adulto e adolescente, possam compreendê-la sem problemas.

Sexo

Homens e mulheres, muitas vezes, podem ter objetivos diferentes. Até mesmo quando buscam a mesma coisa, como dicas de emagrecimento, os objetivos são diferentes.

Isso significa que os seus argumentos também terão que ser diferentes mesmo oferecendo um produto igual para os dois.

Problema

Há algum tempo fiz um texto falando sobre uma técnica para que você crie, sem dificuldades, o primeiro parágrafo de um texto.

Nela, um dos pontos abordados é o problema do seu público. Pessoas fazem pesquisas porque precisam resolver um problema.

Se você quer comprar uma passagem aérea e pesquisa os preços em várias companhias, significa que o seu problema é não querer pagar um preço elevado sabendo que pode comprar uma passagem mais barata.

Ou seja, todo mundo busca soluções para um problema, indendente do que está sendo pesquisado.
Entender qual é o problema do seu público é importante justamente por isso, pois é assim que você chamará a atenção dele.

Solução

Sabe aquelas pessoas que reclamam, reclamam, reclamam, e não fazem nada para mudar a situação? Essa será a aparência de seu conteúdo se ele não trouxer uma solução. Você precisa mostrar que o problema pode ser resolvido.

Mais importante que isso: é você que tem a solução.

Tem uma técnica que é muito efetiva? Pois trate de passá-la com clareza, pois uma mera pincelada não será o suficiente.

Conclusão

Entendeu a função do público-alvo? Sem definí-lo, e muito improvável que você consiga saber qual é o problema e, por conta disso, também errará na hora de apresentar a solução.

Além disso, você também poderá enfrentar dificuldades caso não adeque sua mensagem ao sexo e idade do seu público.

Resumindo: você pode ter um conteúdo muito útil, mas a mensagem talvez não tenha sido passada da forma mais clara possível para o seu público.

Em breve, analisaremos todos os aspectos da identificação do público-alvo em detalhes.

O Natanael Oliveira escreveu um ótimo artigo sobre comunicação persuasiva, algo muito importante para você aplicar durante a produção de conteúdo.

[sc:NativeAdsLED ]

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Article published by

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *