redes sociais aumentar vendas marketing

A sua empresa sabe mesmo usar as redes sociais?

Não tem erro! Você cria um blog, uma página no Facebook, uma conta no Twitter e outra no Instagram.

Pronto! Agora todo mundo vai saber que sua empresa oferece ótimos produtos/serviços e assim as suas vendas aumentarão.

Bem, não é assim que funciona. A internet pode sim fazer negócios decolarem, mas dificilmente você conseguirá fazer isso sem aplicar alguma das estratégias que negócios de sucesso do mundo inteiro utilizam.

Sabia que negócios de sucesso na internet usam as redes sociais de uma forma diferente?

Continue lendo e veja por que não adianta apenas ter milhares de fãs ou seguidores em suas redes sociais.

Fonte de tráfego online

Todas as suas plataformas online, sejam blogs ou redes sociais, possuem um grande objetivo em comum: ser um ponto de encontro para você e o seu público-alvo.

No entanto, muitas empresas acham que o que importa é o número de pessoas que comparecem ao ponto de encontro, ou seja, os seguidores e curtidores da sua página ou perfil.

Vou te dizer uma coisa…

Isso não vale QUASE nada!

OBS: só usei o “quase” porque esses números podem servir como prova social, algo que é útil, mas que não faz a diferença se não estiver atrelado a uma estratégia.

Para que uma rede social seja vantajosa para o seu negócio, duas coisas são necessárias:

1- O público-alvo precisa utilizar essa rede social
2- O público-alvo deve gostar de interagir com o formato do seu conteúdo na rede social

Ahh, mas todo mundo está no Facebook e gosta de interagir por lá.

Não é bem assim…

Adeus, Facebook!

redes sociais empresas facebook marketing

Em outubro de 2014 o Copyblogger, um dos maiores blogs de marketing de conteúdo do mundo, deletou a sua página no Facebook.

O motivo? Resumindo a história, a culpa foi do baixo engajamento que a página gerava.

Eles tentavam, tentavam, tentavam, mas o engajamento no Facebook era horrível, ou até mesmo inexistente em alguns casos. Ahh, não posso deixar de mencionar que eles tinham mais de 38 mil fãs.

Isso só prova que o número de fãs serve apenas como uma prova social.

Por algum motivo os fãs do site só interagiam no Google +. Foi então que o Copyblogger disse:

“Nosso trabalho não é dizer para a audiência aonde nós moramos. Nosso trabalho é construir comunidades onde eles moram”.

O que você acha que faz mais sentido?

A – Construir um grande shopping no meio do nada
B – Construir um grande shopping ao redor de uma grande área residencial

Eu e o Copyblogger ficamos com a opção B. Infelizmente muitos negócios não percebem isso e ficam presos na opção A, sem saber o que está dando errado na sua estratégia.

Eles se iludem com o grande número de seguidores e curtidores, mas no final do mês esses números não aparecem nas vendas…

E como é que você pode descobrir qual rede social funcionará como uma grande área residencial para o seu shopping (sua empresa)?

Qual é a melhor opção?

– Facebook
– Youtube
– Twitter
– Instagram (5 Dicas para usar o Instagram ao favor da sua empresa)
– Pinterest
– Google +

Essas são as mais conhecidas, mas nem por isso você deve fazer uma conta em todas elas.

Há duas formas de descobrir quais sãos as melhores redes sociais para gerar engajamento com o seu público:

– Pesquisas/Questionários (que podem ser feitos com ajuda de uma lista de email)
– Tentativa e erro

Consultar pesquisas sobre as redes sociais e conversar com o seu público é uma ótima maneira, e a primeira opção tem exatamente isso como base.

Com as pesquisas você saberá qual é o maior público de uma rede social (homens ou mulheres), assim como a faixa de idade majoritária a na rede e quanto tempo em média os usuários passam online por dia.

Tudo isso é muito útil para a criação de uma persona, auxiliando bastante a construção do seu plano de ação.

Junto com as pesquisas você terá os questionários, que serão respondidos pelos seus prospectos, pessoas que já se interessaram no seu produto/serviço e que forneceram o contato delas para você.

Para captar prospectos é necessário que você tenha um blog e, consequentemente, uma lista de email. É através dessa lista que você conseguirá boas respostas para o seu questionário.

Ter um blog é uma forma de reforçar a eficácia da sua lista, pois isso permite que você crie um relacionamento com o público, aumentando o índice de respostas do seu questionário.

Aconselho que você leia o texto do Natanael sobre como fazer uma lista de email gastando pouco.

Quem optar pela tentativa e erro deve tomar cuidado com uma coisa:

Você precisa saber identificar o que não está funcionando por conta do seu erro e o que não está funcionando por conta da rede social.

Ahh, mas como eu vou saber diferenciar?

O que fazer para elaborar uma estratégia de social media

estratégia rede social empresa  marketing

A dica é bem simples:

Faça uma pesquisa e escolha de 5 a 10 empresas que estão gerando bastante engajamento na rede social que você escolheu.

Acompanhe por 1 mês como funciona o trabalho de social media dessas empresas na rede escolhida e compare o estilo de atuação de cada uma delas.

Certamente você encontrará alguns pontos em comum, e estes servirão como uma boa base para que você possa atuar de maneira eficaz dentro da rede social escolhida.

Vale lembrar que ter uma boa estratégia de engajamento nas redes sociais não é tudo. Você precisa de um sistema que transforme as redes em máquinas de venda.

É por isso que antes de planejar a sua atuação nas redes sociais você precisa entender o Sistema de Otimização do Valor do Cliente e os Ímãs Digitais.

Recapitulando

– Redes sociais são fontes de tráfego: você precisa encontrar a fonte correta
– O número de curtidores/seguidores serve apenas como prova social. Engajamento é o que importa
– Para criar uma estratégia de sucesso em uma rede social, acompanhe os perfis de empresas que estão se saindo bem nisso
– Não termine no engajamento. Faça com que seu fã se transforme em cliente. Para isso você precisa entender o conceito de Otimização do Valor do Cliente e deve usar os Ímãs Digitais.

Dica bônus

Em outro texto eu falei que você não pode confiar todas as suas fichas nas redes sociais, pois as políticas delas podem mudar a qualquer momento e isso é um risco grande demais para qualquer negócio.

Não acredita? Pois veja como o Google simplesmente desistiu de um recurso que ajudava vários negócios.

Se você não quer correr esse risco, e se deseja ter uma boa base para construir a sua lista de email e iniciar um bom relacionamento com o seu público, dá uma olhada no treinamento do Natanael para Blogs de Sucesso.

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Comentários

  1. Bom dia Pessoal,
    Gostaria como vocês medem o engajamento nas redes sociais?
    Vocês o google analytics só ou tem outra ferramenta para fazer isso?
    Agradeço muito se vocês me responderem isso…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *