youtube analytics

5 Opções do Youtube Analytics Que Você Deve Usar

Tem um canal no Youtube? Pois fique sabendo que dentro dele há um recurso gratuito e MUITO BOM que, provavelmente, está sendo ignorado por você. O nome dele é Youtube Analytics.

Para que serve o Youtube Analytics?

O Youtube Analytics é uma ferramenta de acompanhamento de métricas que todo canal possui, ou seja, é ela que vai te dizer se o seu canal está indo bem ou não, se está crescendo rápido ou devagar.

Para você ter ideia, com o Youtube Analytics é possível saber:

– Quais vídeos mais fizeram com que as pessoas se inscrevessem no seu canal
– Como as pessoas chegaram até o seu vídeo (redes sociais, pesquisas no Youtube, vídeos relacionados…)
– Em que aparelho as pessoas estão assistindo aos seus vídeos (computador, smartphone, TV…)

Estes são apenas alguns exemplos de tudo que pode ser medido e avaliado com a ajuda do Youtube Analytics, e se você não tem conhecimento algum sobre marketing, vou te dar uma dica: esses dados são bem valiosos…

Para que você não fique perdido, confira algumas das funções mais úteis do Youtube Analytics e veja algumas dicas de como utilizá-las para aplicar melhorias em seu canal.

1- Visualizações em tempo real

Youtube Analytics Em Tempo Real

Quer saber se vale a pena postar em um determinado horário? Recomendo que use a opção “Em Tempo Real”.

Ela mostrará o desempenho de visualizações dos seus vídeos nas últimas 48h através de um gráfico que mostra o número de visualizações por hora.

Ao selecionar a opção, apenas os vídeos mais recentes aparecerão, mas há uma barra de pesquisa no topo da página que pode ser utilizada para que você analise qualquer um dos vídeos do seu canal.

Essa é uma boa forma de medir o impacto dos seus vídeos e de descobrir quais são os horários mais populares entre o seu público.

Foi assim que eu descobri, por exemplo, que para ter muitas visualizações em pouco tempo os melhores horários para postar vídeos no meu canal são entre 13h e 14h ou entre 19h e 20h.

No entanto, fique atento. Dias de semana, finais de semana e feriados possuem estatísticas diferentes e precisam de testes separados.

2- Inscritos e Não Inscritos

inscrito e nao inscrito youtube analytics

Talvez você nunca tenha notado, mas há uma opção que permite você selecionar como os dados serão exibidos:

1- Exibir dados apenas de inscritos
2- Exibir dados apenas de NÃO inscritos
3- Exibir dados de ambos

A opção 3 é exibida automaticamente, mas eu realmente aconselho que você tire um tempo para também avaliar os dados separados. Vou te dizer o motivo…

Ao fazer isso descobri quais quadros e vídeos do meu canal mais chamavam a atenção dos inscritos e quais eram mais populares entre os não inscritos, e essa informação é praticamente uma mina de ouro, veja só.

Com isso, posso personalizar mensagens de anotação para cada tipo de vídeo. Uma mensagem para os inscritos, por exemplo, seria diferente de uma mensagem para os não inscritos, assim como as minhas indicações de vídeos.

Assim é possível fazer uma melhor divulgação e construir uma comunicação personalizada de acordo com o público-alvo de cada vídeo.

Além disso, essas informações também me ajudam na definição de pautas e montagem do cronograma do canal.

3- Dispositivos

As anotações costumam marcar muita presença nos seus vídeos? Então é bom dar uma olhada nos tipos de dispositivos que o seu público mais usa para ter acesso aos vídeos do seu canal, pois elas não aparecem em smartphones.

No meu caso, 39% do público que viu meus vídeos no mês de outubro estava usando um smartphone, como você pode ver na imagem abaixo.

dispositivos youtube analytics

Consultando outros períodos, vi que a média de público que acessa os vídeos através dos smartphones sempre é superior a 30%.

Dependendo da porcentagem que for apresentada em seu canal, considere usar mais Youtube Cards e até mesmo usar “anotações” inseridas na própria edição do seu vídeo.

Se você não prestar atenção nestes dados e apenas continuar a usar as anotações, a eficácia delas não será tão alta…

4- Origens de Tráfego

origens de trafego youtube analytics

Sinceramente, esta é uma das melhores opções do Analytics, pelo menos na minha opinião.

Ela permite que você saiba como as pessoas chegaram até o seu canal. Foi através de uma pesquisa no Youtube? Vídeo Relacionado? Uma fonte externa?

A partir dos dados observados é possível saber se o seu canal está bem otimizado ou não, e quais são os termos que mais geram visualizações para você, ou seja, quais são os vídeos que você produziu cujo assunto é mais procurado pelo público.

Com essa informação em mãos, você pode planejar a criação de uma série de vídeos que aborde o tema mais procurado pelo seu público, por exemplo, ou fazer a mesma coisa com o vídeo que mais gerou visualizações através dos “vídeos sugeridos”.

Outra dica interessante é procurar um padrão de TAGs nos vídeos que mais geraram visualizações como sugeridos.

5- Retenção de Público

Você pode ter milhares de visualizações, mas isso não adianta muito quando a retenção de público do seu canal é baixa.

A retenção representa o tempo médio que as pessoas passam nos seus vídeos. Será que elas assistem apenas aos primeiros segundos ou ficam alguns minutos?

Analisar a retenção é muito importante, seja individualmente, consultando vídeos específicos, ou de modo geral, analisando a retenção do canal como um todo.

A partir disso você pode fazer alterações importantes, como mudar o tempo médio de duração dos seus vídeos ou dar um aviso em uma parte do vídeo que tende a ter uma maior retenção para poder alcançar mais pessoas.

Pelo que notei com meu tempo de experiência no Youtube, a retenção também influencia outros fatores, como os ganhos com Google Adsense e até mesmo no posicionamento orgânico dos seus vídeos.

Isso significa que investir em soluções para aumentar a retenção é algo crucial para qualquer canal, e por isso você deve ficar de olho nesta opção.

Bônus: Recursos Combinados

O grande poder no analytics, e de qualquer outra ferramenta de análise de métricas, está em você saber combinar as opções para encontrar os dados mais importantes para o crescimento do seu projeto.

No dia 11 de outubro percebi que o número de visualizações do meu canal havia praticamente dobrado em relação às visualizações médias. É claro que isso não é normal…

Eu não havia feito nenhuma campanha paga e nem algum tipo de divulgação especial nas redes sociais.

Para saber o que aconteceu, fiz o seguinte:

Primeiro, vi todos os dados do dia 11 de outubro. De cara notei que um vídeo estava com MUITAS visualizações acima do normal.

Depois disso, isolei o período de análise para o dia 11 de outubro, ou seja, todos os dados que o anlytics me mostraria em suas opções seriam referentes ao dia do pico.

Fui até a opção de origens de tráfego e notei que um novo resultado de pesquisa estava em primeiro lugar entre os mais pesquisados.

Para confirmar, selecionei a pesquisa para mostrar resultados apenas para o vídeo que tinha exibido um aumento nas visualizações e pronto, não deu outra. Ele realmente estava sendo encontrado por conta do “novo termo”.

Abri uma aba anônima, inseri o termo na barra de pesquisas do Youtube e constatei que meu vídeo estava em primeiro lugar para aquela palavra-chave.

O pico de visualização e inscritos no meu canal aconteceu porque meu vídeo ranqueou com mais uma palavra-chave (ele estava ranqueado em segundo lugar com outra).

Agora que sei disso, estou fazendo adições de temas nas minhas pautas para ranquear mais vídeos 😀

Esta é apenas uma das formas de utilizar as múltiplas funções do Youtube Analytics ao seu favor.

Se você tem um canal no Youtube e não faz uso da ferramenta, saiba que está atrasando o crescimento do seu canal.

Gostou das dicas? Então não deixa de conferir os conteúdos exclusivos do nosso portal de membros. Lá você encontrará vários minicursos sobre marketing digital e até mesmo sobre produção de vídeos.

Um abraço e até o próximo texto!

Webwriter do portal Marketing com Digital e colunista na revista oficial da Nintendo no Brasil. Também trabalha, desde 2006, com a produção de eventos de cultura pop voltados para jovens.

Comentários

  1. Carambaaaa, que artigo FANTÁSTICO. Li diversas vezes. Não conhecia essa área Analytic do Youtube direito, outro dia, eu vi, mais sem muitos detalhes. Com este artigo vou reestruturar um dos nossos canais do Youtube de Visagismo.

    Obrigadão

    Excelente semana!! 😀

    Abraços,
    Cabral Cid

    Responder

  2. Olá Mateus, tudo bem?

    Meus parabéns pelo artigo, adorei a sua forma de escrever e conclusão de raciocínio, é muito objetivo. Estas dicas são uma verdadeira mina de ouro.

    Jan Carle

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *