Copy 5 Estrelas na Prática: Como Treinar um Copywriter do ZERO ou Como Começar a Escrever Copy

Se todos os empresários investissem uma fração maior de tempo, todos os dias, para melhorar a sua copy, o último dos seus problemas seria vendas.

O fato de você estar lendo esse texto demonstra que você provavelmente já sabe a importância e principalmente, o GRANDE potencial que existe em uma Copy 5 Estrelas.

Por isso, quero reservar esse parágrafo somente para parabenizar você que tomou essa decisão e passo em estar aprimorando a sua copy para o seu negócio.

Parabéns caro leitor.

Agora a primeira coisa que eu preciso que você entenda é que existem 5 passos essenciais para construir uma Copy 5 Estrelas.

Talvez você tenha acabado de se fazer essa pergunta: “Então cada passo refere-se a 1 estrela?”

Sim, exatamente.

O seu nível de domínio sobre cada um desses passos determinará se você é um Copywriter 5 Estrelas ou não.

Mas antes de aprofundar em cada um dos 5 passos, eu preciso te explicar algo muito importante.

Esse material foi preparado para as pessoas que tanto estão procurando desenvolver a habilidade de escrita para vendas, quanto as pessoas que querem treinar um membro da equipe para escreverem as suas Copys.

O método que você verá a seguir foi responsável por treinar não somente a nossa equipe Marketing Com Digital, como também centenas de empresários e membros de equipes que acompanhamos de perto em nossos grupos de negócios e Mastermind.

Por esse motivo que esses 5 passos se aplicam para quem quer escrever a sua primeira copy 5 estrelas, assim como para quem quer treinar um Copywriter 5 Estrelas do zero.

Nunca Mais Escreva ou Fale Uma Copy Sem Usar Esses 5 Passos

Para que você possa começar a usar esses 5 passos, é importante que você entenda melhor a visão geral do mercado dos Copywriters e possa tomar melhores decisões

Atualmente o grande problema das pessoas que decidem e começam a estudar Copywriting é que elas iniciam estudando:

– Novos processo de copy
– Baixam templates
– Modelos
– Checklists

E com esses materiais em mãos eles simplesmente começam a escrever.

Mas o que essas pessoas estão se esquecendo são de 3 elementos essenciais para desenvolver essa habilidade sem ficar refém de um template, e ter a segurança e confiança para escrever qualquer tipo de copy e ter resultados.

Esses 3 elementos são:

– Habilidade de escrita
– Característica de escrita
– Contexto da Copy

Deixa eu exemplificar para que você possa visualizar como isso acontece…

Hoje nós temos diversos eventos presenciais, desde grupos de negócios e Mastermind, até workshops para ajudar os nossos alunos a se tornarem CopyWriters.

Durante os nossos eventos presenciais é muito comum o Natanael realizar um exercício que é muito simples, mas que revela muita coisa sobre como você escreve e qual nível de copy você está.

O exercício funciona assim. O Natanael pede que as pessoas se apresentem para o grupo e compartilhe quais são os objetivos, qual a empresa e expectativas para o treinamento.

Não importa muito a quantidade de pessoas, pois o que o Natanael está analisando aqui é a maneira que a pessoa se apresenta, ou seja, como ela está construindo o discurso dela.

Existem alguns exemplos de respostas que as pessoas normalmente dão, são elas:

“Oi turma, o meu nome é João e a minha empresa é ABC, e nós estamos com um problema de X, Y e Z.

E nós queremos fazer 1, 2, 3, 4 e eu vim aqui porque eu gosto do Natanael, já acompanho o trabalho dele há um tempo e estou aqui porque preciso de ajuda nessa área.”

“Gente, em primeiro lugar gostaria de dizer que estou muito feliz em estar aqui, porque vocês são pessoas muito bacanas e eu sempre quis estar aqui.

Deixa só eu contar um pouquinho da minha história para vocês.”

“Na minha empresa X eu tenho tantos alunos, estamos fazendo ABC e já conquistamos 1, 2,3 e 4.”

E o ponto onde eu quero chegar é que cada pessoa terá um jeito diferente de se apresentar, comunicar e expressar.

E aqui vai uma das coisas mais importantes que você precisa entender quando o assunto é Copy….

A sua Maneira de falar e a sua Característica de se comunicar pode e provavelmente será o seu GRANDE trampolim para você se tornar um excelente CopyWriter.

Ou como gostamos de dizer, um CopyWriter 5 Estrelas.

O principal exercício que o Natanael e equipe pratica hoje quando o assunto é copy é: Nós prestamos atenção no que as pessoas falam, como elas constroem argumentos e como elas explicam o que elas fazem.

Porque são exatamente nesses 3 pontos que 99% das vezes conseguimos enxergar um ponto cego e ajudar as pessoas a:

– Definir um Posicionamento Único
– Criar um Novo Gancho para uma Copy
– Ajustar uma Copy que parou de funcionar

Deixa eu dar mais um exemplo prático, pois já aproveito para mostrar uma nova visão para você.

O Natanael, no passado, tinha um padrão da forma como ele se comunicava. Era bastante comum ele falar de trás para frente. Exemplo:

“Oi gente, aqui é Natanael Oliveira e deixa eu falar um pouquinho sobre os meus objetivos com esse treinamento.

Eu preciso de 1, 2 e 3 e quero a, b e c. Ah, eu esqueci de falar… eu também quero x, y e z.”

O padrão na fala do Natanael era de sempre esquecer algo importante e acrescentar isso ao final. Essa era o discurso normal dele.

E o Natanael só percebeu isso quando ele parou para analisar os próprios textos, áudios, vídeos e entrevistas.

O que faltava ele construir eram padrões de comunicação que mais para frente já se tornaram um hábito.

Agora vamos a maneira que essa apresentação ficaria utilizando justamente essas estruturas:

“Oi gente, aqui é o Natanael Oliveira e olha só…. Nesse vídeo eu vou te explicar como é que você treina um CopyWriter para a sua empresa.

Mas ANTES de falar exatamente sobre todos os pilares para você realmente treinar um CopyWriter e ter bons resultados, deixa eu falar um pouquinho sobre o Grande problema que muitas pessoas enfrentam.”

Então o padrão ficaria assim:

  • Promessas
  • Problema
  • Causa
  • Solução

Essa é a maneira que nós construímos a maior parte das nossas cartas de vendas. É muito raro você ver uma carta que fuja desse padrão.

E dentro dessa estrutura, existem dezenas, talvez centenas, de maneiras de você desenvolver uma Copy.

E então o grande ponto é que dependendo do seu discurso, da sua maneira de falar e se comunicar, existem linhas de Copywriting que se encaixam melhor, já outras nem tanto.

É por esse motivo que Às vezes você lê uma carta de vendas e você sente que está um pouco mecânico. E em outros casos você lê a carta como se estivesse lendo um romance e quando menos percebeu já está no momento da oferta.

#01 – Preste Atenção na Maneira Como Você Se Comunica

Existem 3 grandes cenários que você precisa ficar extremamente atento.

Muitas pessoas perdem vendas simplesmente porque não sabem que em determinadas situações, existe um padrão de comportamento de comunicação que é mais eficaz quando o propósito é ser mais Interessante, Atrativo e Persuasivo.

#01 – O primeiro deles são as Apresentações Oficiais.

#02 – O segundo é um momento onde você está respondendo Perguntas.

#03 – E por último, como você Conversa no dia a dia.

Então vamos lá…

Quando você chega em algum lugar e vai fazer uma apresentação em público, por exemplo, você possui um padrão de comunicação.

O mesmo acontece quando você está respondendo perguntas e conversando.

Para algumas pessoas a maneira de se comunicar muda tanto que parece que é outra pessoa falando.

E agora vem a pergunta chave: quando você começa a se tornar um CopyWriter 5 Estrelas?

Quando você em uma conversa informal, ou um discurso mais natural, você consegue inserir elementos de copy.

Nesse momento o público consegue sentir que faz parte de uma conversa íntima, porém essa é uma conversa totalmente estruturada.

E agora vamos para a segunda parte, pois com o contexto certo você precisa ter os argumentos corretos também

#02 – Escolha Como Você Vai Construir Argumentos

Mais uma vez existem 3 formas de você atingir o ponto máximo como CopyWriter na sua argumentação.

Há pessoas que irão buscar argumentar utilizando recursos do passado, outras irão utilizar elementos do presente. E por último, mas não menos importante, existem pessoas que vão buscar argumentos no imaginário.

Vamos a alguns exemplos:

1º Passado – “Olha, deixa eu comentar uma coisa que aconteceu comigo…”


2º Presente – “Olha, deixa eu pegar o seu exemplo e te explicar agora isso que estou falando…”


3º Imaginário – “Certo, vamos imaginar que se você estivesse em situação X, provavelmente A, B e C aconteceriam…”

Quando você começar a prestar atenção nesses elementos, você verá que existem padrões de falas, respostas, pensamentos e argumentos.

Um CopyWriter 5 Estrelas consegue facilmente transitar entre esses 3 tipos de argumentação e escolhê-las quando perceber que melhor se encaixam.

O problema é que muitas vezes o CopyWriter está sempre utilizando os mesmos recursos de argumentação para tentar vender o mesmo produto.

O segredo das campanhas semanais não está somente na consistência de campanhas. Está principalmente na mudança de argumentação que você utiliza.

#03 – Habilidade de Escrever Como Fala

Há pessoas que confundem Argumentação com Abordagem. De certo modo são coisas semelhantes.

Mas o que de fato difere entre cada uma delas é você ter a consciência de quando e PORQUE você está usando determinado tipo de argumentação.

Existem pessoas que falam melhor do que escrevem. E existem pessoas que escrevem melhor do que falam.

Mas o mundo perfeito para o CopyWriter é quando ele consegue escrever da maneira como ele se comunica, utilizando a seu favor elementos e estruturas de copy, com argumentos escolhidos a dedo.

Até você conseguir chegar nesse ponto onde as pessoas conseguem ouvir a sua voz quando lêem os seus textos, demanda muita técnica e prática.

E quando falamos de escrever como falamos, não é escrever com gírias ou de forma extremamente coloquial.

Lembre-se disso…

Uma excelente Copy trás intimidade para a conversa através de uma estrutura de copy e escolha de comunicação.

Agora vamos para a habilidade #04.

#04 – Habilidade de Criar Conexões

Se eu fosse apontar a habilidade mais difícil de se desenvolver, com certeza diria ser esta.

Por muitos anos eu, Gustavo, fui muito direto na minha comunicação.

E foi estudando copy, fazendo as formações internas da Marketing Com Digital que eu descobri 2 coisas:

1 – A minha forma de comunicar era mais direta e não tem nada de errado nisso. Mas o que eu precisava começar a trabalhar era justamente o que apresentei no tópico #02.

Eu comecei a ser menos direto em determinadas situações, já em outras eu mantive a minha característica natural.

Chegou um ponto onde naturalmente a minha comunicação extremamente direta começou a se tornar menos direta.

Não é que eu mudei completamente a minha característica. Pelo contrário, foi quando eu identifiquei qual era, mais facilmente eu consegui controlar a minha forma de falar e expressar.

2 – A GRANDE chave que me ajudou a encaixar melhor as estruturas de copy que eu já conhecia, mas que deixava a minha comunicação mecanizada foram as conexões.

O contraponto da comunicação direta é você pegar e contar um história, contextualizar uma situação, ou exemplificar com um case.

No momento que eu comecei a criar mais conexões e me esforçar para encontrar as melhores conexões foi que eu consegui levar a minha copy para outro nível.

O exemplo do Natanael talvez seja até melhor do que o meu. Se você ler as cartas de vendas dele, uma das melhores habilidades que possui é de criar conexões.

As conexões são responsáveis por você começar a ler um texto e quando menos perceber, você já o terminou.

Essa é a técnica que os livros de romances usam.

Que as grandes séries também utilizam.

Eles criam personagens onde você irá se conectar para te manter entretido e assistir até o final.

O problema é que existem pessoas que ou não contam histórias, ou criam conexões fracas, ou pior ainda, que inventam as suas histórias, o que pode gerar uma desconexão com o público.

Uma das melhores maneiras de criar conexões é utilizando provas.

Sim, apenas mostre o que você está querendo dizer.

Por exemplo: “Antes de eu te explicar X, Y e Z, deixa eu te mostrar o que aconteceu com um aluno meu recentemente”

As provas você pode dividi-las de 3 formas:

1 – Algo que você consiga mostrar
2 – Situações que aconteceram com você ou outra pessoa
3 – Método/Caminho Passo a Passo
(Esse material é um exemplo disso, você já sabe o que esperar pela frente)

#05 – Templates, Modelos e Técnica

A aceleração das suas habilidades irá acontecer a partir do momento que você dominar as técnicas de análise.

Vamos pegar exemplos de grandes empresas que possuem vários copywriters, em alguns casos dezenas.

Se você pesquisar, as agências mais tracionais do século passado faziam exatamente isso. Elas tinham dezenas de CopyWriters, sabe por que?

Elas tinham pelo simples fato de que elas queriam acelerar os seus resultados.

Deixa eu te explicar melhor…

Como eles tinham diversos CopyWriters, além do óbvio onde cada CopyWriter escrevi a sua própria Copy, eles faziam uma dinâmica de análise de Copy.

Funcionava mais ou menos assim. Algumas pessoas escreviam a Copy para um determinado produto, todos os CopyWriters imprimiam a Copy, analisavam e eles se reuniam para criticar a Copy.

Mas não era apenas um debate onde cada um apontava os erros e fazia as sugestões.

Esse modelo funcionava e funciona muito bem porque esses CopyWriters tinham Técnica. Em outras palavras, eles já dominavam as 5 habilidades e conseguiam enxergar os pontos fracos e cegos de cada Copy.

Quem escreveu a Copy que estava sendo criticada, podia melhorar o seu desempenho ainda mais.

Por isso que chamamos de Aceleração de Copy. Somente o olhar de um especialista e CopyWriter 5 Estrelas poderia contribuir com tanto.

Se qualquer pessoa criticasse, ou até mesmo o público, as sugestões seriam meros achismos.

Infelizmente muitos negócios estão sobrevivendo de achismos.

Alguns empresários até contratam um CopyWriter, mas como ele não possui Técnica, Método e Referências, as cartas de vendas que eles desenvolvem continuam baseadas em achismos.

Um dos principais problemas é que existem empresários que estão invertendo a ordem, priorizando os templates e checklists ao invés do CopyWriter.

O que eu quero dizer com isso?

Antes do Copywriting vem o CopyWriter.

As pessoas estão esquecendo que antes da técnica vem o escritor.

Só para exemplificar mais uma vez, deixa eu compartilhar um bastidor do Natanael…

Antes de escrever uma Copy o Natanael aplica determinados exercícios que irão permitir que ele “aqueça a mente” e entre em uma Frequência Mental diferente.

Ele se prepara para escrever.

Tem gente que sai de casa, vai para o trabalho, pega transito, se atrasa, pega chuva, e precisa enviar email. Mas percebe que o email já está atrasado também.

Então essa pessoa pega o email do dia seguinte, duplica, pega o título do email da semana passada e envia.

Agora você leitor, me responda se esse email terá o melhor resultado que ele poderia ter….

Claro que não!

Antes de enviar um e-mail, escrever uma carta de vendas e gravar um vídeo uma preparação é necessária.

E eu falo isso com propriedade de causa rs. Eu também já fiz isso, escrevi uma copy somente porque tinha que escrever e o resultado não foi bom. Se eu tivesse tirado 10 minutos para me concentrar e utilizar o conhecimento que eu tenho, teria vendido o dobro, ou o triplo.

Como Você Pode Treinar Um Bom CopyWriter

Entenda que por trás de um CopyWriter existe uma pessoa com muitas habilidades que podem ser aproveitadas.

Não coloque essa pessoa cheia de ideias, criatividade e um estilo próprio dentro de uma caixinha e limite essa pessoa.

Primeiro olhe para essa pessoa e identifique as suas habilidades.

Talvez você descubra que essa pessoa pode escrever uma Copy muito melhor que a sua.

Agora eu quero te fazer um convite muito ESPECIAL.

Se você quiser a ajuda pessoal do Natanael para formar o seu CopyWriter, ou até mesmo formar VOCÊ. Ler as suas cartas de vendas, te acompanhar no desenvolvimento dessas 5 habilidades até você se tornar um CopyWriter 5 Estrelas, eu vou te mostrar como isso pode acontecer.

Hoje nós temos um Programa de Formação Para CopyWriters. Esse é um programa onde você ou membro da sua equipe será formado pelo Natanael e seu método de Copywriting.

Nesse momento para algumas empresas, uma única carta de vendas é o que separa entre uma empresa que está sobrevivendo de uma empresa que está crescendo ano após ano.

No atual instante que escrevo esse material nós estamos com um SUPER Bônus presencial. Você adquirindo a sua vaga para a Formação de CopyWriters você poderá participar de uma Imersão aqui na nossa Sede da Marketing Com Digital em São Caetano do Sul – São Paulo.

Essa formação está INCRÍVEL! Eu estou fazendo e por isso recomendo fortemente que você também faça.

Foi através dessa formação que finalmente eu comecei a desenvolver a minha frequência mental para copy.

Clique aqui para ver mais detalhes sobre a Formação de Copywriters e garantir o seu bônus enquanto ainda dá tempo.

Ps: Temos limitação física para o Workshop, por isso vamos liberar pouquíssimas cadeiras bônus.

Agora, aproveite para deixar o seu comentário se você gostou desse material, compartilhe um pouco sobre as suas metas e desafios, queremos conhecer você e o seu negócio.

Um forte abraço, boas vendas e que deus te abençoe!

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.